AÇORES, BYE BYE BISPO

May be an image of 1 person, standing and outdoors
D. João Lavrador é o novo bispo de Viana do Castelo
O bispo eleito é actualmente bispo de Angra e presidente da Comissão Episcopal da Cultura, dos Bens Culturais e das Comunicações Sociais.
D. João Lavrador foi esta terça-feira nomeado bispo de Viana do Castelo. O actual bispo da Diocese de Angra, nos Açores, vai ocupar o lugar que a morte de D. Anacleto Oliveira deixou vago há um ano.
D. João Evangelista Pimentel Lavrador nasceu a 18 de Fevereiro de 1956. Natural de Seixo, Mira, foi ordenado sacerdote em Coimbra, a 14 de Junho de 1981, e colocado de seguida como vice-pároco na paróquia de Pombal, onde se dedicou especialmente à pastoral juvenil.
Trabalhou no Secretariado Diocesano da Pastoral Juvenil e integrou, em 1986, o Conselho Presbiteral, sendo escolhido para secretário. Dois anos mais tarde, desloca-se para Salamanca, onde obteve a licenciatura em Teologia Dogmática. Terminou o doutoramento em 1993.
Em Setembro de 1991 foi nomeado reitor do Seminário de Coimbra. Entre esse ano e 2008 foi professor de teologia dogmática no Instituto Superior de Estudos Teológicos de Coimbra.
Também em Setembro, mas de 1997, passou a exercer o cargo de pró-vigário geral da Diocese, designado membro do Conselho Episcopal e secretário desse órgão. Em Outubro de 1998 foi nomeado director do Instituto Universitário Justiça e Paz e coordenador da Pastoral Universitária de Coimbra.
Em Agosto de 1999, o agora bispo eleito de Viana do Castelo foi nomeado cónego do Capítulo da Catedral e Capelão do Carmelo de Coimbra e, posteriormente, designado secretário da Comissão Episcopal da Cultura, dos Bens Culturais e das Comunicações Sociais pela Conferência Episcopal Portuguesa. Passou a ser presidente da mesma comissão em 2017.
A 7 de Maio de 2008 foi nomeado bispo auxiliar do Porto (e titular de Luperciana). Alguns anos mais tarde, em Setembro de 2015, foi designado bispo de Angra. Tem como lema episcopal “Tu Segue-Me” (Jo 21,22).
D. Anacleto Oliveira, o anterior bispo da Diocese de Viana do Castelo, faleceu no dia 18 de Setembro de 2020, aos 74 anos de idade, na sequência de um despiste de automóvel.
A diocese vianense foi criada a 3 de Novembro de 1977, quando o Papa Paulo VI separou da Arquidiocese de Braga o território correspondente ao distrito de Viana. D. Júlio Tavares Rebimbas, o primeiro bispo da diocese, teve a entrada solene e tomada de posse a 8 de Janeiro de 1978.
Like

Comment
0 comments

Publicado por

lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL