O MUNDO A ARDER 2

O problema será mesmo irreversível se não se atuar muito rapidamente. Todos os cidadãos têm de ser chamados a por cobro a esta tragédia. Se, por um lado, os governos têm de atuar, impondo medidas draconianas, mesmo que impopulares, a responsabilidade individual não pode ser descartada. As pessoas têm de perceber que não podem continuar a consumir desenfreadamente como se os recursos naturais fossem infindáveis ou como se o planeta fosse algo inerte que consegue aguentar todos os excessos. Não se pode continuar a mudar de automóvel, de eletrodomésticos ou de telemóvel a cada 2 anos. As roupas não podem ser usadas apenas durante uma temporada. As pessoas têm de abdicar definitivamente das viagens de cruzeiro, têm de deixar de consumir carne. Os grandes acontecimentos desportivos, sejam desportos motorizados ou não, têm de acabar definitivamente, por serem extremamente poluentes, a sobrepesca tem de acabar, a aquacultura tem de acabar, a desflorestação tem de acabar, os grandes acontecimentos falsamente chamados culturais (festivais e concertos) têm de acabar.
"As sirenes de alerta são ensurdecedoras". Aquecimento global está a acelerar de forma inevitável e irreversível, com consequências "sem precedentes"
24.SAPO.PT
“As sirenes de alerta são ensurdecedoras”. Aquecimento global está a acelerar de forma inevitável e irreversível, com consequências “sem precedentes”
O aquecimento global está a ocorrer de forma pior e mais rápida do que se temia. Em 2030, dez anos antes do que se estimava, poderá ser alcançado o …
1
1 comment
Like

Comment
Share