PONTA DELGADA CIDADE FANTASMA E DESERTA

Lúcia Duarte

shared a post.

May be an image of street
Ponta Delgada, 29 de Abril, 13h00.
[sem filtro, sem photoshop, sem manipulação]
Lúcia Duarte, Mena Cabral and 29 others
16 comments
Like

Comment

16 comments

All comments

  • As pessoas não andam na rua por causa dos confinamentos e os confinamentos são por as pessoas andarem na rua. Explique melhor Sr. Tato. 🤔
    1
    • Like

    • Reply
    • 3 h
  • Sem gente…
    1
    • Like

    • Reply
    • 3 h
  • Pois tatu não há é dinheiro
    1
    • Like

    • Reply
    • 3 h
  • Coitado de quem tem negócio na baixa
    2
    • Like

    • Reply
    • 3 h
  • Parece mesmo uma cidade fantasma!
    1
    • Like

    • Reply
    • 2 h
    • Active
      Author
      +1
      António Pavão Nunes

      infelizmente sim!

      1
      • Like

      • Reply
      • 2 h
  • Cuidado com o senhor tato 🤪
    2
    • Like

    • Reply
    • 2 h
  • Active
    Author
    +1
    No photo description available.
    • Like

    • Reply
    • 2 h
  • Active
    Author
    +1
    Este é o artigo que causa tanto incómodo ao gabinete de combate ao vírus. Um artigo que espelha bem a situação da cidade de Ponta Delgada. É uma constatação de um facto. É a realidade. Aceitem que dói menos! Porque a nós Micaelenses está a causar sofrimento e angústia. A resposta ao Dr. Tato do director do Açoriano Oriental Paulo Simões é clara e precisa. Agora culpamos a comunicação social dos erros políticos?!? Se não querem ser alvos de críticas não cometam erros.
    Luna Telles Ribeiro
    5
    • Like

    • Reply
    • 2 h
  • Propício a assaltos 🤦‍♀️🤦‍♀️
    1
    • Like

Sobre CHRYS CHRYSTELLO

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção da AICL
Esta entrada foi publicada em lusofonia diversos, aicl, sociedade consumidor. ligação permanente.