Açores com 82 águas balneares identificadas este ano, mais sete do que em 2020 – Açoriano Oriental

Os Açores têm 82 águas balneares aprovadas para este ano, mais sete do que em 2020, uma “distinção” que visa assegurar a sua qualidade.

Source: Açores com 82 águas balneares identificadas este ano, mais sete do que em 2020 – Açoriano Oriental

Novo hotel nos Açores oferece banhos quentes numa estufa de ananases – Boa Cama Boa Mesa

[Fotogaleria] O Senhora da Rosa, Tradition & Nature Hotel abre a 16 de abril, numa quinta secular de São Miguel e em simbiose com a vegetação. Tem um spa no jardim, um restaurante e 35 quartos e suítes, incluindo dois lodges de madeira ao lado das bananeiras

Source: Novo hotel nos Açores oferece banhos quentes numa estufa de ananases – Boa Cama Boa Mesa

Grutas De Alvados

Nelson Ferreira

shared a post.

Admin
+4

tSp1onmsosrgegd

May be an image of nature
FOTOS by Daniel Jorge

is at

Grutas De Alvados

.

Detalhes… No encanto da Serras de Aire e Candeeiros.… a magia da mãe Natureza – Grutas dos Alvados…
“Algumas coisas são explicadas pela ciência, outras pela fé. A Páscoa ou Pessach é mais do que uma data, é mais do que ciência, é mais que fé, páscoa é amor. “ – Albert Einstein
Aproveito esta publicação para desejar a todos em particular os Fãs e Seguidores desta página, uma Feliz Pascoa
A Gruta de Alvados mantém uma singularidade que as diferencia das restantes grutas da região, a sua apresentação, é a mais natural e harmoniosa, mostra nos galerias ricas e lagos naturais de beleza única. O seu percurso em forma de corredor e os contínuos “algares” de altura invulgar que a compõem, que levam os especialistas, e o público em geral, a considerar esta gruta como uma das mais características da península ibérica.
As grutas (Pois são várias) têm um comprimento visitável de 350 metros, a sua largura máxima entre salas é de cerca de 40 metros, com uma altura interior que chega aos 95 metros.
Como em qualquer outra gruta de características similares, a sua ventilação natural mantém, durante todo o ano, o interior da gruta a uma temperatura estável entre os 16 e os 18 graus centígrados.
As Grutas de Alvados são constituídas por duas partes, tradicionalmente denominadas por “gruta velha” e “gruta nova”. A “gruta velha” é conhecida há cerca de quatrocentos anos e era frequentemente utilizada pelos pastores locais que aí se abrigavam das intempéries. A “grutas nova”, que constitui as Grutas de Alvados propriamente ditas, foram descobertas em 1964 por um grupo de trabalhadores das pedreiras da Serra dos Candeeiros. A descoberta deu-se por acaso, quando o grupo de trabalhadores se interrogou ao ouvir o cair das pedras num algar que lhes pareceu, desde logo, ser profundo. Neste sentido, preparou-se uma primeira descida às grutas com cordas e lanternas. Deslumbrados com o que encontraram, rapidamente se espalhou a notícia da descoberta.
Nos dois anos que se seguiram foram abertos túneis e construídas escadas que permitiram conhecer e explorar mais facilmente a gruta.
Com mais de 50 000 anos, as Grutas de Alvados destacam-se pelos contínuos corredores que se abrem inesperadamente em pequenas salas desniveladas de estalagmites e estalactites, e vários lagos naturais, para além dos seus inúmeros túneis interrompidos por profundos algares característicos na região.
Mais tarde, em 1973 no sentido de dar a conhecer a todos aqueles que quisessem ver a singularidade deste monumento natural, as grutas abriram ao público.
(Informação obtida na Página da Camara Municipal de Porto de Mós e na Página das Grutas dos Alvados)
(39°32’21.89″N 8°45’7.70″W) Grutas dos Alvados – Serra dos Candeeiros – Arrimal – Porto de Mós – Leiria – Região Centro – Portugal
1
Like

Comment
Share