A BRUXA ITALIANA DANÇA CONTRA O COVID

Viriato Porto
11 mins

Uma bruxa italiana dança na praça principal de Salento (Itália) durante a quarentena para afastar e exorcizar as forças maléficas do coronavírus

A dançarina é chamada de a “Strega Pizzica” (Bruxa Dançarina) e queria banir o mal do Covid-19 de sua terra com a sua dança, sua arte.

No dia 17 de abril por volta das 19:00 na Piazza Sant’Oronzo, veio uma esplêndida melodia de Salento que de repente quebrou um silêncio surreal. Na praça uma cena fantástica, uma dançarina vestida de preto dançou a pizzica bem no mosaico da famosa “Lupa di Lecce”, símbolo da cidade. Talvez este seja o símbolo de Pizzica, exorcizando esse período triste com a dança, dançando freneticamente ao pôr do sol na praça central de Sant ‘Oronzo, acreditando que amanhã tudo acabará e que voltaremos a abraçar todos nós novamente, com o calor que distingue o povo Salentino.

Pizzica é uma dança folclórica italiana popular , originária da península de Salento na Apúlia e depois se espalhou por todo o resto da Apúlia e pelas regiões da Calábria e da Basilicata oriental.
A Pizzica é uma dança capaz de falar sobre sentimentos vida e esperanças antigas. Ele está relacionado à Pizzica o fenómeno da “tarantismo”, entendida como exageros de opressão, ansiedade e medo. O tarantismo, como ritual, tem raízes nos antigos mitos gregos. Alegadamente, as vítimas que desmaiavam ou estavam em convulsão começavam a dançar com a música apropriada e eram revividas como se uma tarântula as tivesse mordido. A música usada para tratar a mania da dança parece ser semelhante à usada no caso do tarantismo, embora pouco se saiba sobre eles.

Um relato sobre a tarantela (dança típica italiana) que provém a Pizzica:
“Uma convulsão enfureceu a estrutura humana […]. Comunidades inteiras de pessoas se uniam, dançavam, pulavam, gritavam e tremiam por horas […]. A música parecia ser o único meio de combater a estranha epidemia […] animada e estridente, tocada em trompetes e quinze, animando os dançarinos; harmonias suaves e calmas, graduadas de rápida a lenta, de alta a baixa, provam ser eficazes para a cura.”

Esta dançarina está sendo chamada de a “Strega Pizzica” (Bruxa Dançarina) para banir o mal do Covid-19 de sua terra com a sua dança, sua arte. E no dia 17 de…

Esta dançarina está sendo chamada de a “Strega Pizzica” (Bruxa Dançarina) para banir o mal do Covid-19 de sua terra com a sua dança, sua arte. E no dia 17 de…
Please follow and like us: