RAMOS HORTA PEDE TRÉGUAS

Antonio Sampaio

is with

José Ramos-Horta

.

36 m
Timor-Leste/Cheias: José Ramos-Horta pede tréguas políticas para responder a desastre natural
Díli, 06 abr 2021 (Lusa) – O ex-Presidente da República timorense José Ramos-Horta pediu hoje “tréguas” políticas, para que todos concentrem os seus esforços no apoio às populações e na resposta aos efeitos do mau tempo, que causaram pelo menos 34 mortos no país.
“Peço aos apoiantes partidários para observarem tréguas, engavetem as suas críticas por algum tempo. A pandemia e este desastre natural deveriam convidar todos para juntos fazermos face a este flagelo gémeo”, escreveu numa mensagem na sua página no Facebook.
“Quem governa que se concentre na governação. Quem não tem responsabilidades governativas que apoie a sua maneira ou procure apoiar, complementar as ações do Governo”, frisou.
José Ramos-Horta explicou que ele próprio tem andado a comprar bens alimentares em lojas locais para entregar em vários pontos da cidade, aleatoriamente, notando as muitas carências que se vivem.
“Depois do primeiro dia da catástrofe não partilhei mais fotos e comentários. Decidi fazer coisas pequenas com os meios limitados e pessoais que disponho. Conduzindo o jeep Willys acompanhado apenas de uma pessoa fui visitando algumas ordens religiosas, ao acaso, sem aviso prévio, levando as sacas de comidas que comprei nas lojas locais”, explica.
“Visitei inúmeros locais. Sempre de máscara. Mas máscaras não são muito visíveis estes dias. Não fiz fotos. Vi com meus olhos as condições em que vivem muitos jovens estudantes. Outros o terão feito”, refere.
O mau tempo e as cheias que assolaram Timor-Leste, especialmente no domingo, causaram pelo menos 34 mortos, segundo um balanço provisório, com milhares de deslocados e sérios danos materiais ainda por contabilizar.
ASP // SB
Lusa/Fim
May be an image of one or more people, people standing and body of water
You, Rosa Horta Carrascalao, Ana Tilman and 47 others
8 shares
Like

Comment
Share
0 comments

é preciso ajudar timor

May be an image of ocean, beach, tree and sky
Timor-Leste/Cheias: CPLP apela à ajuda da comunidade internacional
Redação, 06 abr 2021 (Lusa) – A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), da qual Timor-Leste é Estado-membro, apelou hoje à comunidade internacional para que ajude o país no atual momento de calamidade causado pelas inundações, que já fizeram 27 mortos e milhares de desalojados.
Numa carta dirigida à ministra dos Negócios Estrangeiros de Timor-Leste, Adaljiza Magno, a que a Lusa teve acesso, o secretário- executivo da organização escreve que “a CPLP manifesta a sua solidariedade para com as famílias enlutadas, apela ao apoio da comunidade internacional e saúda os esforços de resgate e assistência já em curso” no país.
No documento, Francisco Ribeiro Telles apresenta condolências às autoridades e ao povo de Timor-Leste, “pelas trágicas cheias que afetaram o país ontem [domingo], dia 04 do corrente, e que resultaram já em mais de duas dezenas de vítimas, milhares de desalojados e avultados prejuízos materiais”.
Mas, salienta: “Estamos confiantes de que a resiliência e determinação características do povo timorense permitirão superar esta calamidade”.
As cheias que assolaram Timor-Leste no fim de semana causaram pelo menos 27 mortos em todo o país e mais de sete mil desalojados na capital, Díli, segundo o balanço mais recente das autoridades timorenses.
De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), as cheias afetaram pelo menos 10 mil pessoas em oito municipalidades, sendo Díli a mais afetada.
A CPLP integra os seguintes Estados-membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.
A União Europeia (UE) disse hoje “apoiar plenamente” o “Governo e o povo de Timor-Leste” e disponibilizou-se para prestar “mais assistência”, enquanto o chefe da diplomacia portuguesa, Augusto Santos Silva, ofereceu a solidariedade e o apoio de Portugal a Timor-Leste.
ATR // JH
Lusa/Fim
Like

Comment
0 comments

cheias 34 mortos em timor

Timor-Leste/Cheias: Número de mortos aumenta para 34, maioria em Díli e Manatuto
Díli, 06 abr 2021 (Lusa) – O número de mortos devido ao mau tempo em Timor-Leste aumentou de 28 para 34, segundo um balanço ainda provisório, com 13 na capital e 12 na zona de Manatuto, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.
A mesma fonte assinalou que há várias pessoas dadas como desaparecidas, pelo que o balanço final ainda não está completo.
No caso de Díli, os dados preliminares referem que se registaram seis mortos em Comoro – uma das zonas mais afetadas devido à subida significativa do rio -, três em Beduku, três em Hera, no limite oriental da cidade, e um em Bebora.
No resto do país, e além dos 12 mortos em Manaturo registaram-se sete mortos em Ainaro, um em Baucau (Baguia) e outro em Aileu.
As cheias em vários pontos do país provocaram milhares de deslocados, com muitas casas destruídas, danos avultados em infraestruturas – com pontes e estradas destruídas.
Houve ainda danos significativos em várias escolas e outros edifícios públicos, com equipas no terreno a avaliar os estragos.
Só em Díli há já mais de 3.500 pessoas alojadas temporariamente em 11 locais, para onde estão a ser canalizadas ajudas públicas, mas também o apoio de muitas empresas e cidadãos privados, com uma extensa onda de solidariedade que continua a ampliar-se.
Estão em curso várias campanhas de recolha de fundos no exterior para adquirir produtos em Timor-Leste e distribuir pelas famílias mais afetadas.
Falta comida, água, outros bens essenciais e também material para que as pessoas possam começar a reconstruir as casas.
Muitos residentes portugueses em Díli, como noutros locais do país, estão envolvidos no apoio humanitário, participando voluntariamente a preparar alimentos quentes e a entrega de víveres em vários locais.
Hoje o Ministério da Agricultura vai fazer uma distribuição aidicional de comida, a juntar-se aos esforços já em curso desde domingo por parte do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, de várias embaixadas, do Ministério da Solidariedade Social e ainda do Ministério da Administração Estatal.
O primeiro-ministro, Taur Matan Ruak, acompanhado do vice-primeiro ministro, José Reis, e do ministro das Obras Públicas, Salvador Soares, visitaram hoje vários locais em Díli, onde as infraestruturas foram significativamente afetadas.
Há danos graves em estradas, derrocadas de terra e lama em vários pontos da capital, a queda de diques de ribeiras e ainda muita água em várias zonas da cidade, incluindo edifícios públicos.
O serviço de eletricidade tem sido intermitente em vários locais e há zonas da cidade que estão há mais de 24 horas sem luz, apesar de um esforço significativo da Eletricidade de Timor-Leste (EDTL) para se recuperar progressivamente o serviço.
O lixo acumula-se por toda a cidade, apesar de já ter sido efetuada alguma limpeza, com montes de terra e lama em vários locais, incluindo a Ponte de Santa Ana, a estrada ao lado da Ribeira Halilaran, o Largo de Lecidere e a zona de Taibessi.
São considerados locais de intervenção urgente várias pontes, incluindo a que liga à zona do Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV) e as que cruzam a ribeira de Maloa, o Palácio Presidencial, e toda a zona ribeira do rio de Comoro, entre outros.
A Ribeira de Hudilaran, por exemplo, está praticamente tapada de terra, com danos na ponte do seminário menor de N.ª Senhora de Fátima, que está em risco de cair.
ASP // JMC
Lusa/Fim
Inacio Moura, Rosa Horta Carrascalao and 212 others
5 comments
186 shares
Like

Comment
Share
5 comments
Most relevant

  • O meu pensamento, a minha solidariedade e o meu apertado abraço para todas as famílias que perderam os seus entes queridos nesta tragédia tão grande que abateu sobre Timor-Leste. Descansem em paz
    1
    • Like

    • Reply
    • 1 h

danos na nova estrada do Subão, (Manatuto, Timor)

KONDISAUN ESTRADA IHA PARTE SUBAUN NORMÁL
MANATUTO, 05 ABRIL 2021: Kondisaun eatrada parte Leste liuliu área Subaun boot no Subaun kiik munisípiu Manatuto kondisaun normál.
Iha área balun mak estrada monu maibé kompañia kontratór ba konstrusaun estrada nasionál Hera-Manatuto normaliza kedas tanba ne’e parte Subaun la’o normál.
2
Like

Comment

sobe para 27 o nº de mortos em Díli

Antonio Sampaio

is with

Taur Matan Ruak

and

2 others

.

Última Hora – Timor-Leste/Cheias: Número de mortos cresce para 27, mais de sete mil desalojados em Díli
Díli, 05 abr 2021 (Lusa) – As cheias que assolaram Timor-Leste no fim de semana causaram pelo menos 27 mortos em todo o país e mais de sete mil desalojados em Díli, informou hoje o Governo.
O anterior balanço apontava para 21 mortos.
“Até agora os dados de vítimas mortais em todo o país é de 27. Além destas pessoas que perderam a vida, há ainda oito casos de pessoas cuja situação não é ainda conhecida”, disse o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fidelis Magalhães.
“Em Díli confirma-se até ao momento um total de 13 mortos e mais de sete mil desalojados, que estão de momento abrigados em 12 espaços localizados em vários pontos da cidade”, disse.
Fidelis Magalhães falava aos jornalistas depois de uma reunião liderada pelo primeiro-ministro, Taur Matan Ruak, da Comissão Interministerial para a Proteção Civil e Desastres Naturais, para coordenação da resposta ao impacto das inundações.
A Secretaria de Estado da Proteção Civil irá funcionar como centro operacional de recolha de apoio humanitário e o vice-primeiro-ministro e o ministro das Obras Públicas apelaram também ao contributo de entidades do setor privado que possuam máquinas para apoiar nas ações de limpeza.
“As autoridades durante o dia de ontem mobilizaram esforços para providenciar abrigo e apoio alimentar aos desalojados e iniciaram as intervenções nas infraestruturas com o objetivo de restabelecer a mobilidade viária e o fornecimento de energia elétrica com segurança e garantir a reparação de sistemas de abastecimento de água danificados, e, efetuar os trabalhos urgentes de limpeza de drenagens, normalização e desassoreamento de ribeiras”, explica uma nota do executivo.
O governante explicou que entre as várias medidas acordadas hoje, a comissão deliberou permitir a abertura das lojas de material de construção – fechadas com base nas regras de confinamento obrigatório – para que as famílias afetadas pelas cheias possam recuperar as suas casas.
Durante a reunião, o primeiro-ministro agradeceu o contributo que tem sido dado pelos envolvidos na resposta às inundações, incluindo as organizações religiosas, parceiros de desenvolvimento, organizações da sociedade civil e cidadãos em geral.
Por outro lado, orientou os membros da Comissão Interministerial para a Proteção Civil e Desastres Naturais “para que impulsionem as medidas de apoio às populações afetadas e as ações de limpeza e de levantamento dos danos nas infraestruturas com vista a rápida normalização da mobilidade viária e dos sistemas de abastecimento de energia elétrica, água e saneamento”.
ASP // JMC
Lusa/Fim
May be an image of one or more people and indoor
Susana Vieira, Rosely Forganes and 181 others
4 comments
89 shares
Like

Comment
Share
4 comments
Most relevant

imagens de destruição em díli, timor

 

Rogério Mimoso Correia and 5 others
1 comment
Like

 

Comment
1 comment
May be an image of outdoors
Atualidade!
Inundasaun Capital Dili – Rai kotu
Rogério Mimoso Correia and 3 others
Like

 

Comment

ocodilo Voador

páscoa inundada em díli timor

May be an image of outdoors
Atualidade!
Inundasaun Capital Dili – Rai kotu
Alberto Borges, Maria João Moniz Barreto and 69 others
9 comments
6 shares
Like

Comment
Share
9 comments
View 5 more comments
Díli está inundada e não pára de chover…
Família e amigos, para já estamos bem. As redes de telecomunicações estão péssimas e estamos sem eletricidade desde ontem à noite.
Rosa Horta Carrascalao, Rosely Forganes and 85 others
26 comments
16 shares
Like

Comment
Share
26 comments
  • Active
    Para irem acompanhando a situação, podem seguir as publicações do

    Antonio Sampaio

    , da LUSA, que apesar de também ter a casa inundada, continua a informar, e do

    Jose Lius Alves

    , que trabalha com a proteção civil.

    5
    • Like

    • Reply
    • 5 h
error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

RSS
Follow by Email
Twitter
YouTube
LinkedIn
%d bloggers like this: