DIPLOMATA RUSSO DEMITE-SE

diplomata russo sai com estrondo
Boris Bondarev, diplomata russo com 20 anos de carreira e desde há três em serviço na missão da Rússia junto da ONU em Genebra, demitiu-se por se opor à guerra desencadeada na Ucrânia pelo seu país, do qual se “envergonha”. A declaração que escreveu é contundente.
No photo description available.
2
Like

Comment
Share
0 comments

“A situação claramente vai piorar para nós”: a rara admissão de um coronel russo na televisão estatal – CNN Portugal

Em raras críticas públicas à condução da operação militar da Rússia na Ucrânia, um antigo oficial russo alertou na televisão estatal que a situação vai piorar: “O mundo inteiro está contra nós”

Source: “A situação claramente vai piorar para nós”: a rara admissão de um coronel russo na televisão estatal – CNN Portugal

Movimento de Objetores de Consciência na Rússia

Movimento de Objetores de Consciência na Rússia
Quando a guerra com a Ucrânia começou, a ideia de recusar o serviço militar na Rússia tornou-se especialmente atual. Antes da guerra, a maioria dos conscritos e seus parentes não associavam o serviço militar como conscritos à guerra real. O recrutamento parecia ser algo parecido com um acampamento esportivo com elementos de treinamento militar.
Independentemente de suas visões políticas, o sentimento saudável de medo de participar de uma guerra no território de um país estrangeiro força as pessoas a apresentarem apelos por serviço civil alternativo e a protegerem seu direito de não servir no exército por outros meios.
Para alguns dos opositores ao serviço militar, a chance de especificar em seu pedido que se opõe à guerra da Rússia na Ucrânia é importante. Esta é uma forma legal de expressar o desacordo diretamente aos representantes das autoridades estatais – uma questão de significado moral.
Ao longo dos meses de guerra, testemunhamos um fenômeno totalmente novo: casos em que soldados profissionais se recusam a participar da operação especial[*] e exigem a rescisão de seus contratos. Queremos expressar nossa gratidão especial aos soldados e policiais que tiveram a coragem de se recusar a matar e morrer em uma terra estrangeira, que se recusaram a participar da operação especial.
Hoje, quando muitas pessoas receiam a introdução da mobilização parcial [militar] total na Rússia, é precisamente o direito à objeção de consciência ao serviço militar que lhes oferece apoio.
O Movimento dos Opositores de Consciência na Rússia expressa sua solidariedade com todos aqueles que se opõem à guerra, com todos os que se opõem ao ato de agressão. Desejamos e rezamos, com todas as nossas forças, para que a Ucrânia sobreviva ao ataque e mantenha sua independência.
[* “A operação especial” é o ataque contínuo da Rússia à Ucrânia; formalmente, não é uma guerra, mas uma “operação especial”, e está sendo referida como tal em contextos oficiais na Rússia]
May be an image of 1 person, standing, outdoors and text that says ""The Movement of Conscientious Objectors in Russia expresses its solidarity with all those who oppose war, with everyone who stands against the act of aggression We wish and pray, with all our might, for Ukraine to survive the assault and retain its independence." The M”t Conscientious Objectorsin Russia myжyH4a HEAG. юHapmиR BoeHHble c6opbl HapyweHиe npaB KoHpeHuииcpe"
Like

Comment
Share
0 comments

~vivenda russa na quinta do lago vende-se

Foi congelado um imóvel de Roman Abramovich, na Quinta do Lago, avaliado em dez milhões de euros. A notícia é avançada pelo jornal Público. O jornal revela que o oligarca russo tentou vender a propriedade no Algarve 15 dias antes da invasão da Ucrânia. https://www.rtp.pt/…/roman-abramovich-congelado-imovel…
Roman Abramovich. Congelado imóvel na Quinta do Lago
RTP.PT
Roman Abramovich. Congelado imóvel na Quinta do Lago
Foi congelado um imóvel de Roman Abramovich, na Quinta do Lago, avaliado em dez milhões de euros. A notícia é avançada hoje pelo jornal Público. O jornal revela que o oligarca russo tentou vender a propriedade no Algarve 15 dias antes da invasão da Ucrânia.
85
3 shares
Like

Comment
Share

rússia UMA ESTAÇÃO DE GASOLINA ENORME

【A CAUSA DAS COISAS】
(2) O REI PUTINHEIRO VAI NÚ
Não há nada mais tolo, do que gritar sobre a grandeza do seu império desfilando todo nú!!!.
Ouvindo as cabeças falantes em Moscovo, pode-se pensar que eles ainda governam uma das potências geopolíticas do mundo. Eles ameaçam com armas nucleares e fazem exigências pomposas. Mas olhando para as próprias estatísticas da Rússia , observamos um fracasso dramático e absurdo da sociedade e do governo.
Podemos, se quisermos ser imparciais e objectivos, que cerca de 35 milhões de russos não têm saneamento público… num país que ganhou 90,8 trilhões de rublos de 2006 a 2021 vendendo gás e petróleo, as pessoas ainda vivem em condições medievais, miseráveis. Está aí a explicação para a frustração que os levou a destruir o modo de vida moderno que constataram na Ucrânia. Ou a saquearem toda a espécie de utilidades, das mais básicas às maquinas de lavar roupa. O verdadeiro lugar da Rússia nunca esteve entre os países de sucesso do mundo. O Kremlin transformou o país em uma casinha própria.
O império russo colonizou a tundra oriental congelada para conquistar seu povo nativo. A URSS acertou com criminosos e dissidentes políticos por trabalho forçado para explorar o petróleo, ouro e diamantes. A Rússia moderna simplesmente deixou essas cidades apodrecendo, cheias de uma população perdida, raivosa e empobrecida. Fora do tempo e da civilização. ‘grandeza’ russa em ação.
A única contribuição moderna real da Rússia para a economia mundial é o gás e o petróleo. Os recursos brutos representam 60% das suas exportações e 40% do seu orçamento de Estado. John McCain estava essencialmente correto quando disse : “A Rússia é agora um posto de gasolina disfarçado de país”. Outros estados com antecedentes petrolíferos semelhantes (como os Emirados Árabes Unidos) estão tentando diversificar sua economia investindo em tecnologia e turismo. Mas a Rússia ainda está determinada a continuar sendo uma bomba de gasolina em um mundo que está se movendo em direção à energia renovável.
As elites da Rússia fingem que podem competir com o mundo ocidental. Mas o PIB da Rússia é menor que o da Califórnia. Ou Texas. Ou Nova York. A capitalização de mercado da Apple é maior do que os resultados de fabricação da Rússia por um ano inteiro. Mais de 30 anos após a dissolução da URSS, a Rússia não conseguiu quase nada na área de inovação tecnológica. O tão discutido “smartphone nacional russo” vendeu um total de 370… não mil ou milhões. 370 telefones individuais. Outros gadgets inteligentes e “descobertas” foram usados ​​como projetos de relações públicas do governo, mas todos foram posteriormente expostos como fraudes com peças chinesas e software ocidental.
O projeto da ‘Internet Soberana’, inicialmente apresentado pelo governo russo como sua própria “contraparte nacional da web propagandista do Ocidente”, também acabou sendo uma farsa .
O país não tinha tecnologia para apoiá-lo e a lei aprovada pelo parlamento simplesmente obrigava os provedores de internet a espionar seus próprios cidadãos, fornecer informações ao FSB e proibir o acesso à net gratuita. Ainda usando tecnologia ocidental.
A ‘internet soberana’ instantaneamente se tornou um meme. Surgiram piadas sobre como a tecnologia seria alimentada pelo cristianismo ortodoxo medieval, stalinismo e paranóia sobre o Ocidente. A imagem inclui inscrições “Senhor nos salve”, “Obama é uma merda” e uma representação de Stalin como um santo ortodoxo.
A ciência, o motor da inovação tecnológica, também está em um estado lamentável. Correm muitas afirmações de que os pesquisadores russos são 7º no mundo pelo número de artigos científicos publicados. Mas, como sempre, há um porém. Acontece que há um incentivo perverso: os cientistas são simplesmente pagos com base no número de publicações. Isso acabou sendo uma decisão imprudente, pois apenas levou a uma enorme onda de plágio. A própria investigação da Rússia descobriu pesquisas plagiadas em 541 revistas científicas. O Global Innovation Index classifica a Rússia em 45º lugar, abaixo da Malásia, Bulgária e Chipre.
A indústria aeroespacial costumava ser um ponto de orgulho soviético. No entanto, mesmo esta área caiu sob a corrupção do governo russo e se transformou em uma triste zombaria de seu antigo eu. Enquanto Putin continua animando multidões com histórias de Gagarin, a verdade é que ele está simplesmente parasitando o passado. No presente, os foguetes russos modernos caem ou falham devido ao hardware ruim e à incompetência dos engenheiros (em um caso – os sensores de velocidade foram instalados de cabeça para baixo , em outro – a decolagem aconteceuantes que os motores estivessem totalmente prontos). Os astronautas são enviados ao espaço em antigas naves soviéticas ‘Soyuz’, construídas em 1967. Eles são quatro anos mais velhos que Elon Musk. Não seus foguetes SpaceX, o próprio homem. No lugar do avanço tecnológico e reparos competentes, a Rússia opta por usar padres ortodoxos para abençoar seus foguetes “por segurança”.
Artur Arêde and 3 others
Like

Comment
Share
0 comments

cabeça a prémio

May be an image of 2 people, people standing, stripes and indoor
Apresento-vos o senhor Igor Girkin, também conhecido pelo nome Igor Strelkov, ultranacionalista russo e antigo agente do FSB e da GRU, que desempenhou um papel fundamental na encenação da “insurreição separatista” no Donbass e na subsequente gulaguização da região. Os Países Baixos emitiram um mandado de captura contra ele pela sua participação no ataque com um míssil BUK ao voo MH17 da Malaysian Airlines que vitimou cerca de 280 pessoas.
Chique.
Like

Comment
Share

“Todos dizem que é o iate de Putin, mas ninguém sabe a quem pertence”. Scheherazade, um mistério ancorado na Toscana – Observador

Ancorado na costa da Toscana desde setembro, ninguém sabe a quem pertence o luxuoso Scheherazade. Com tripulação russa, o super iate de 140 metros está a ser investigado pelas autoridades italianas.

Source: “Todos dizem que é o iate de Putin, mas ninguém sabe a quem pertence”. Scheherazade, um mistério ancorado na Toscana – Observador