covid a debilitar mais o ensino

“Um ensaio com uma perspectiva comparada acerca do que está em causa e quais são as opções para o próximo ano lectivo. Com 5 pontos-chave a fixar:

1: os alunos portugueses estão entre aqueles que mais têm a recuperar em Setembro, porque Portugal foi dos poucos países europeus onde o ensino básico ficou integralmente sem ensino presencial, desde o encerramento das escolas em Março.

2: a pandemia atacou o ponto fraco do sistema educativo português — as desigualdades sociais. Portugal já tinha um registo preocupante nas desigualdades sociais em contexto educativo e o desafio ficou ainda maior.

3: a opção de utilizar parte de Julho ou Agosto para actividades de recuperação da aprendizagem (dentro ou fora das escolas) não foi sequer considerada em Portugal, quando houve países onde medidas desse tipo fizeram parte da estratégia desde o primeiro minuto.

4: o próximo ano lectivo terá, por toda a Europa, medidas de distanciamento social muito mais suaves e flexíveis — e Portugal apanhou essa onda. Por todo o lado, as regras de distanciamento social serão muito menos exigentes, numa espécie de regresso da normalidade às escolas.

5: as medidas de recuperação da aprendizagem demonstram as preocupações certas, mas também limitações orçamentais que, possivelmente, amputarão a sua eficácia. É mesmo uma preocupação, porque isto não se resolve com pensos rápidos.”

Alexandre Homem Cristo

Setembro será exigente para Portugal, que parte em desvantagem face a parceiros europeus. Sem mais investimento, não haverá milagres na recuperação da…

OBSERVADOR.PT
Setembro será exigente para Portugal, que parte em desvantagem face a parceiros europeus. Sem mais investimento, não haverá milagres na recuperação da…
Please follow and like us:

educação, com ministros destes não há inteligência que aguente

Sabemos que a maioria do contágio é por partículas exaladas na respiração e fala, pelo que as máscaras são essenciais e a distância também; sabemos que há imenso contacto entre crianças pequenas e avós; sabemos que há um período de 4 a 6 dias onde os infetados contagiam, sem contudo apresentarem quaisquer sintomas.
Sabemos isto tudo e sabemos que o ministro da educação disse isto. O que nos diz dele não me é possível escrever publicamente.

No photo description available.
António José Lourenço Ramos

Com ministros destes, já não tenho medo. Tenho certezas.

Please follow and like us:

Professores gastaram mais horas no ensino à distância do que com aulas presenciais – JN

Os professores dos ensinos básicos e secundário dizem ter despendido mais tempo com o ensino à distância em comparação com os horários com aulas presenciais e assumem que o apoio para ultrapassar as dificuldades veio, sobretudo, por parte dos pares, em vez das equipas de apoio que as escolas criaram para o efeito.

Source: Professores gastaram mais horas no ensino à distância do que com aulas presenciais – JN

Please follow and like us:

este ministro precisa de medicamentos urgentemente…Novas regras no próximo ano letivo. Menos férias, aulas presenciais e à distância e computadores para todos – ZAP

Source: Novas regras no próximo ano letivo. Menos férias, aulas presenciais e à distância e computadores para todos – ZAP

 

os cortes nas férias começam assim provisoriamente de pois ficam…e o resto também…

Please follow and like us:

este home precisa de medicamentação urgente

Trabalhar para a imunidade de grupo..
Este senhor .. precisa trabalhar..que tristeza!!!

Visivelmente cansado, depois de quase nove horas de um intenso Conselho de Ministros onde se discutiu uma solução para a TAP, a nacionalização surpresa da Efacec e as regras para o próximo ano letivo, o ministro da Educação falou quinta-feira à noite com o Expresso sobre o que foi o período…

VOZPROF.COM
Visivelmente cansado, depois de quase nove horas de um intenso Conselho de Ministros onde se discutiu uma solução para a TAP, a nacionalização surpresa da Efacec e as regras para o próximo ano letivo, o ministro da Educação falou quinta-feira à noite com o Expresso sobre o que foi o período…
Visivelmente cansado, depois de quase nove horas de um intenso Conselho de Ministros onde se discutiu uma solução para a TAP, a nacionalização surpresa da Efacec e as regras para o próximo ano letivo, o ministro da Educação falou quinta-feira à noite com o Expresso sobre o que foi o período…
Comments
Please follow and like us:

começa assim e depois nem férias terão

Qual a lógica desta ideia ?
Que grandes estafermos
Coitados dos miúdos e dos professores.

Comments
  • Chrys Chrystello começam assim e quando derem conta os profes nem férias terão
Please follow and like us:

ESCOLAS RANKING AÇORIANO

7 escolas com média positiva (+ 9.5) em 16 açorianas..

– Escola Secundária Antero de Quental a melhor açoriana (121º no país) com média de 11,7 valores
– Escola Secundária Manuel de Arriaga (Faial) com média negativa (9.26 valores) e em 541º no país

Ranking escolar 2019. Uma fotografia dos Açores.

https://sicnoticias.pt/ranking-das-escolas-2019

No photo description available.

Hugo Almeida

Ensino Secundário por cá

Please follow and like us: