ANTES DE OS PARAREM JÁ DESTRUÍRAM OS JARDINS…

Carissimos, o jardim do Museu Carlos Machado já foi destruído, à força e rápidamente, para não haver recuos e votações… .. Assim, a solução para este estado de autoritarismo , para estas situações impostas e abusivas, está agora na capacidade e reflexão profunda de cada um de nós e na capacidade que as Comunidades têm de analisar os factos e procurar as soluções mais convenientes, mesmo que seja a curto, médio ou longo prazo. Haja inteligência, clareza de espírito e visão de futuro, para uma organização social mais digna com a vontade dos cidadãos. A Comunidade quer participar nas decisões e não apenas “ver o circo passar”… Esperemos dias bem melhores para os nossos filhos e netos. Este é o meu sincero desejo. Construir uma sociedade sem ser utópica mas respeitadora e atenta à opinião dos cidadãos, ouvindo e colaborando, abertamente, sem partidarismos anquilosantes e verdadeiramente Democrática. Mesmo em casos específicos como este, que tem gerado tanta contestação,tem de se ouvir a opinião pública. O possível silêncio de muitos não é sinal de aprovação mas sim o FERMENTO, para um movimento mais, alargado, sem “capelinhas”… Continuemos a trabalhar, mesmo que na retaguarda, para a construção de uma sociedade mais livre e participativa, denunciando sempre abusos de poder autoritário e impositivo. Enquanto cá estiver vou pensar assim e tenho a certeza que muitos de vós também pensam o mesmo… Sempre em em frente…

Please follow and like us:

não à destruição no Museu Carlos Machado

https://www.facebook.com/groups/187254895885276/

 

 

não haverá quem os meta em tribunal por destruírem património?????

Estão cheios de pressa. Não vá a obra parar….. Desfazem sem parar

Image may contain: tree, plant, house, sky, table and outdoor
Image may contain: sky, house and outdoor
Please follow and like us:

o abandono destruidor de Santa Iria S Miguel Açores

Uma autêntica vergonha… Parte-me o coração só de ver!!! A História desse porto merecia bem mais cuidado e atenção… Estamos completamente deixados ao abandono… Haja decência, seriedade e coragem desprendida por parte das entidades competentes!!! Será que é por ser na Freguesia da Ribeirinha concelho da Ribeira Grande?

Image may contain: outdoor, nature and water
Image may contain: mountain, sky, outdoor and nature
Comments
View previous comments

4 of 17

Please follow and like us:

o atentado cultural no museu…Ponta Delgada (Tomás Quental)

Tomás Quental
2 hrs ·
Desisto!

Depois de ver hoje fotografias do grande atentado agora iniciado contra os jardins do Museu Carlos Machado, em Ponta Delgada, só posso dizer uma coisa: desisto!
Já não bastava o que fizeram na Calheta de Pêro de Teive. Já não bastava o que fizeram na Estação Termal das Furnas. Já não bastava o que fizeram numa ponte centenária na Povoação. Entre outros casos. Voltam a repetir nova ação contra o património da nossa terra, dentro da lógica do “quero, posso e mando”, levada a cabo por PS e PSD, consoante as situações, protegendo-se mutuamente por vezes e colaborando também às vezes. Se isso é que é a Autonomia político-administrativa regional, eu digo já, com toda a convicção, que a minha concepção de Autonomia político-administrativa regional é muito diferente, para melhor, não tenham dúvidas.
Os atentados aos valores patrimoniais e naturais açorianos acontecem perante a passividade da população, que por vezes contesta mas não age. Os intelectuais, os escritores, os historiadores, os poetas, os artistas e outros têm enormes responsabilidades colectivas, mas estão muito calados: é muito estranho, é muito negativo e é muito lamentável.
Como disse, desisto: amargurado, desiludido e triste. Vejo que a beleza dos Açores em vários domínios está à mercê, em muitos casos, de interesses, irresponsabilidades e politiquices. Não era esse o ideal pelo qual muitos açorianos lutaram e alimentaram. Agora não podem dizer que são decisões tomadas pelo poder central. Não, não podem! São decisões tomadas em gabinetes governamentais e autárquicos açorianos, por vezes em silêncio, às escondidas, colocando o povo perante factos consumados, sem possibilidade de reverter os males praticados.
Os Açores e os açorianos não mereciam ser tão mal servidos por políticos que não garantem a defesa e a preservação dos valores da nossa terra.

38You, Fátima Silva, Maria Das Neves Baptista and 35 others
13 comments
17 shares
Angry
Comment
Share
Comments
View 5 more comments
5 of 13
Fátima SilvaActive now
Fátima Silva Tomás Quental não aceito essa tua atitude. Que te sintas revoltado, intrigado e atônito perante tantos criminosos do património açoriano, aceito. Mas, desistir não é próprio de ti. Anteontem, falamos de tantos e nenhum se salvava ou nos poderia/poderá salvar, porque, realmente, estamos rodeados de acéfalos, mas a luta tem de continuar…
4
Hide or report this
Like
· Reply · 1h · Edited
Luis Monteiro
Luis Monteiro Caríssimo: Falta de qualidades de uma democracia que tende a desvalorizar a participação.
O diálogo em democracia afirma a autoridade e expressa maturidade.
Incompreensível a incapacidade para valorizar o incentivo da capacidade crítica dos cidadãos, como uma imensa mais-valia…
3
Hide or report this
Like
· Reply · 1h · Edited
Paula Cabral
Paula Cabral Tomás, partilho contigo este desânimo que já perdura em mim há muito tempo. Em vários sectores da sociedade açoriana, é assim que se procede. Não culpo só os governantes. Os cidadãos reagem com indiferença a muitas situações e só quando lhes toca de pe…See more
4
Hide or report this
Like
· Reply · 1h
Paulo Bettencourt
Paulo Bettencourt Partilho, com amargura uma democracia hipócrita em que neste momento os principais partidos comungam dos mesmos interesses desta forma só com uma nova revolução…
2
Hide or report this
Like
· Reply · 41m · Edited
Chrys Chrystello
Chrys Chrystello Tomás, além de mim há mais intelectuais e escritores que se têm manifestado com a sua opinião, divulgando e condenando….claro que nada disto chega, mas é preciso haver gente com $$$ para meter injunções a estas obras..
Edit or delete this
Like
· Reply · 1m
View 3 more comments
Chrys Chrystello
Write a comment…

Lilia Almeida likes Kaspersky.

Kaspersky
Sponsored ·
As Windows 7 is now no longer supported by Microsoft, it has become a hot target for ransomware. Don’t be a victim, protect your Windows 7 with KART.
Get Free Kaspersky Anti-Ransomware Tool. It’s a lightweight tool to scan and block ransomware and crypto-malware immediately! And because it’s GDPR ready, you can trust that your data is processed and protected responsibly.

KASPERSKY.COM
Kaspersky Anti-Ransomware Tool
Download
Get Free Kaspersky Anti-Ransomware Tool. It’s a lightweight tool to scan and block ransomware and crypto-malware immediately! And because it’s GDPR ready, you can trust that your data is processed and protected responsibly.
104104
35 comments
22 shares

Chrys Chrystello
Like
Comment
Share

‎Lúcia Vasconcelos Franco‎ to Liberta a expressão
48 mins ·

Tomás Quental
2 hrs
Desisto!

Depois de ver hoje fotografias do grande atentado agora iniciado contra os jardins do Museu Carlos Machado, em Ponta Delgada, só posso dizer uma coisa: desisto!
Já não bastava o que fizeram na Calheta de Pêro de Teive. Já não bastava o que fizeram na Estação Termal das Furnas. Já não bastava o que fizeram numa ponte centenária na Povoação. Entre outros casos. Voltam a repetir nova ação contra o património da nossa terra, dentro da lógica do “quero, posso e mando”, levada a cabo por PS e PSD, consoante as situações, protegendo-se mutuamente por vezes e colaborando também às vezes. Se isso é que é a Autonomia político-administrativa regional, eu digo já, com toda a convicção, que a minha concepção de Autonomia político-administrativa regional é muito diferente, para melhor, não tenham dúvidas.
Os atentados aos valores patrimoniais e naturais açorianos acontecem perante a passividade da população, que por vezes contesta mas não age. Os intelectuais, os escritores, os historiadores, os poetas, os artistas e outros têm enormes responsabilidades colectivas, mas estão muito calados: é muito estranho, é muito negativo e é muito lamentável.
Como disse, desisto: amargurado, desiludido e triste. Vejo que a beleza dos Açores em vários domínios está à mercê, em muitos casos, de interesses, irresponsabilidades e politiquices. Não era esse o ideal pelo qual muitos açorianos lutaram e alimentaram. Agora não podem dizer que são decisões tomadas pelo poder central. Não, não podem! São decisões tomadas em gabinetes governamentais e autárquicos açorianos, por vezes em silêncio, às escondidas, colocando o povo perante factos consumados, sem possibilidade de reverter os males praticados.
Os Açores e os açorianos não mereciam ser tão mal servidos por políticos que não garantem a defesa e a preservação dos valores da nossa terra.

Please follow and like us:

A DESTRUIÇÃO DO JARDIM DO MUSEU E OUTROS DESMANDOS EM PONTA DELGADA

Join Group

Melito Bento

Coisas de arqueólogos panfletários que dão para rir que não para pensar.
Acabei de ler um artigo assinado por Diogo Teixeira Dias no Correio dos Açores sobre a obra que o Governo dos Açores apadrinha no Museu Carlos Machado, em Ponta Delgada, São Miguel-Açores. Identifico Ponta Delgada-São Miguel para não haver confusão com a Cidade Património Mundial… Quer dizer, estas “coisas” de que direi mais adiante são coisas de micaelenses. Por exemplo, nasci numa Ponta Delgada que agora é outra. Avenidas que destruíram traçados e cais antigos é coisa que já vem desde o período do Estado Novo. Que disse o senhor arqueólogo que me levou a procurar refúgio nas almas sensíveis a quem a cultura faz com que não percamos a nossa identidade, História e princípios?
Diogo Teixeira Dias no final do seu “imparcial e técnico” escrito:
“Para a frente com a obra. O tempo de levantar barreiras já passou. Ganha o Museu, ganha Ponta Delgada, ganha a ilha , ganham os Açores, ganha o Património Cultural que tem de deixar de ser uma coutada de interesses pouco claros e arena de antagonismos pessoais.” Deve ganhar mais alguém, só não sei quem…Ora bem, todos têm direito a expressar o seu pensamento. Não é isso que está em causa. O que está em causa é que o senhor arqueólogo Diogo Teixeira Dias é nem mais nem menos do que Técnico Superior na Área de Arqueologia e História, exercendo funções públicas em Vila Franca do Campo que emite para o Diário da República a seguinte redação: Diário da República nº. 228/2019 – Série II de 2019-11-27. O senhor arqueólogo obteve a nota de 16 valores em Vila Franca do Campo. Também pelo Aviso 4316/2018 publicado no Diário da República, 2ª série, nº.64 de 2 de abril de 2018, foi celebrado contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado… com os trabalhadores : Diogo José Teixeira Dias…5ª posição do nível 27 da Tabela de Remuneração Única. Perante tanta apreensão e responsabilidade a favor do Património Cultural de Ponta Delgada e não de Angra do Heroísmo – convém distinguir o que os terceirenses entendem por Património Cultural versus micaelenses, – fica-nos a dúvida de como é que um arqueólogo de São Miguel encara a Arqueologia e a História. Estará numa de construtor civil a sua Arqueologia e História? Não cabe aos arqueólogos e diplomados em História preservarem o que pertence á área do património Cultural? Pertence o senhor historiador e arqueólogo aos tabelados do novo-riquismo que por cima da História a embrulham com betão? Não sei. O que sei é que o senhor ao acusar os moradores de interesses pouco claros tombou para um campo que lhe pode sair caro, Que interesses, senhor arqueólogo? Não contente com este aleive ainda se atreve a dizer que aquela zona é uma arena de antagonismos pessoais. Porquê, alguém quer montar um carrinho de castanha assada e não obteve a respetiva licença? Aquele Largo de Santo André dá para tudo… Eh pá, se o senhor como arqueólogo está à espera que as futuras escavações a realizarem-se naquele espaço classificado e de valor patrimonial tragam vestígios da Atlântida, eu já me calo. Até contribuiria com algum para uma estátua sua que ficasse ao lado do seu ilustre conterrâneo Padre Ernesto Ferreira ali para os lados dos Franciscanos.
PS: não convém partidarizar a questão,” senão ainda teremos de importar bastante sabão…

Please follow and like us:

UMA UNIVERSIDADE ABANDONADA EM SINTRA

-4:44

54,559 Views
Saloia TV

21 hrs

SINTRA TEM UNIVERSIDADE ABANDONADA
Sabia que existe em Sintra uma Universidade, com Residência Universitária e Campus, em completo abandono?
Neste video, MARCO ALMEIDA, vereador da oposição, fala das promessas não cumpridas de Basílio Horta e desta Universidade ao abandono.

Please follow and like us:

Oito casas devolutas dos bairros do aeroporto em Santa Maria vão ser recuperadas – Açoriano Oriental

O Governo Regional dos Açores vai recuperar oito habitações devolutas nos bairros do aeroporto de Santa Maria e lançar, na próxima semana, concurso para 75 lotes para habitação em Santa Maria, São Miguel, São Jorge e Terceira, foi hoje anunciado.

Source: Oito casas devolutas dos bairros do aeroporto em Santa Maria vão ser recuperadas – Açoriano Oriental

Please follow and like us:

PATRIMONIO ANTIGO DOS AÇORES

PATRIMONIO ANTIGO DOS AÇORES

Mario Jorge Costa shared a memory.
10 hrs

Fantástico!
Antigo sistema de receber águas das chuvas.
No incio rebocado com pozolana, tufo, areia fina e Cal.
Tem as marcas de vários períodos século XVIII? Tem um aplicador de ferro fundido de bombear a água do século XIX.No século XX as casas e estábulos de cavalos levaram telhas em canudo e as águas das telhas foram canalizadas para o interior deste circulo que tem um grande tanque bem fundo. A arquitetura Rural era engenhosa e funcional.
Foi uma grande surpresa para mim encontrar este belíssimo sistema .

Image may contain: sky and outdoor
Image may contain: outdoor
Image may contain: plant and outdoor
Please follow and like us: