Ateneu de Lisboa perde exemplar raro d’Os Lusíadas avaliado em 100 mil euros – Observador

Source: Ateneu de Lisboa perde exemplar raro d’Os Lusíadas avaliado em 100 mil euros – Observador

Please follow and like us:
error

PSD/Açores exige “intervenções no imediato” na escola Antero Quental – Açoriano Oriental

O PSD/Açores exigiu “intervenções no imediato” para solucionar o “estado de degradação” em que se encontra a Escola Secundária Antero de Quental, em Ponta Delgada, afirmando que “está em causa a segurança” e a “salvaguarda de património”.

Source: PSD/Açores exige “intervenções no imediato” na escola Antero Quental – Açoriano Oriental

Please follow and like us:
error

património perdido dos açores Santa Maria

Image may contain: sky, ocean, cloud, mountain, plant, outdoor, nature and water
Image may contain: one or more people, sky, ocean, tree, mountain, outdoor and nature
Image may contain: cloud, sky and outdoor
Image may contain: cloud, sky, outdoor and nature
+6
Ilha de Santa Maria Açores

Forte São João Batista localizado na praia formosa, Santa Maria Açores! (Castelo)
Para quem não sabe, o forte apresentava péssimas condições de segurança e, por isso, as portas foram fechadas com blocos de cimento (sim, com blocos de cimento) e as zonas que estavam em vias de ruir foram reforçadas com blocos. As fracas condições de segurança passaram, assim, para condições de segurança aceitáveis! No entanto, não havia nenhum aviso de perigo ou de proibição de entrada.
Um grupo de jovens de Santa Maria decidiu fazer uma limpeza no local, uma vez que continuava a ser frequentado por todos os surfistas da zona e até por turistas. Nessa limpeza foram retiradas seringas, preservativos, garrafas de bebida, sacos do lixo cheios, entre outras coisas… estava uma verdadeira vergonha!
O mesmo grupo de jovens decidiu fazer um telheiro para desfrutar de uma sombra e para se poderem apreciar as ondas. Fizeram uns bancos em paletas para que as pessoas se pudessem sentar (vejam as fotos), sempre numa perspetiva muito ecológica, reutilizando material do mar e preservando o espaço sem destruir absolutamente nada! Toda a população (ou quase toda) sabia da existência do espaço que os jovens tinham feito e as opiniões que se fizeram ouvir eram muito positivas!
Na perspetiva do grupo, as autoridades deviam era agradecer o trabalho destes jovens, pois tiveram a ideia de dar uma nova vida ao espaço e concretizaram-na. Acontece, no entanto, que a polícia marítima obrigou a desfazer tudo pois não tínhamos qualquer autorização. Tentamos fazer de tudo para conseguir uma autorização mas nada foi feito. Pelo que foi dito, o castelo é de todos mas, ao mesmo tempo, não é de ninguém. Parece-nos triste abandonar um espaço com tanta história…
A ideia dos jovens passou por criar um espaço no qual se pudesse apreciar a paisagem e relaxar. O objectivo das pequenas e boas alterações do espaço foi, sobretudo, o desfrutar de uma bela surfada, para quem quiser apreciar as ondas. Foi feito para que todos possam usufruir!
Esta publicação está a ser feita para que a população se junte e dê uma nova vida ao castelo. Pedimos só que seja feito um parque de merendas com uns bancos e umas churrasqueiras… Deixem lá a reconstrução do castelo, se fosse para ser feita já devia ter sido feita há muito mais tempo!

QUEREMOS O CASTELO DE VOLTA O CASTELO FAZ PARTE DA HISTÓRIA DE SANTA MARIA!
POR FAVOR PARTILHEMMMMMMMM!!!!

Please follow and like us:
error

AÇORES PATRIMÓNIO ABANDONADO, E

 

 

 

Portão do século XVIII?
Em razoável estado de conservação.
Está nos Quatro Caminhos antes do Estadio de São Miguel Açores. Curiosidades: Tudo indica que a estrutura foi uma pequena ermida.Perguntei nas redondezas mas ninguém sabe o nome. Patrimônio abandonado há muitos anos. Temos pena.

Image may contain: plant, tree, flower, outdoor and nature
Image may contain: plant, sky and outdoor
Image may contain: plant, outdoor and nature
Image may contain: plant, tree and outdoor

A Arte de Forjador.
O Ferreiro trabalhava com estas peças.
Vou mostrar na publicação a seguir um Portão feito numa Forja nesta ilha de São Miguel Açores. O melhor que já vi. Foi batido incandescente com marreta e malho levando parafusos feitos na forja e a rosca tem aqui a peça que abria as roscas.Vejam as fotos uma de cada vez.

Image may contain: outdoor
Image may contain: indoor
No photo description available.
Please follow and like us:
error

demolição de património açoriano

Freguesia de Rosto de Cão.
Casa demolida para parque de estacionamento!
O crime maior foi terem a destruído com máquina sem aproveitamento algum para ninguém.Eu segui o camião de 22 toneladas todas as viagem até Candelária foi tudo enterrado como entulho! Podiam numerar as pedras e tirar fotos enterrar as pedras com localização para o futuro que num ano de 3.000 voltar a ser edificada em local nobre. Curiosidades: Na Freguesia de Lomba da Maia numa das foto tem uma casa com aproveitamento fantástico! No minimo era o que devia ter sido feito o mesmo com esta de São Roque. Câmara Municipal de Ponta Delgada e Junta de Freguesia de São Roque não estiveram no seu melhor pois foram os seus carrascos demolindo uma casa de boa arquitetura com cantaria do melhor.Temos pena de haver pessoas sem sensibilidade o que é velho é para destruir ponto final! Espero ver alguma mudança daqui para o futuro.

Image may contain: house, sky, cloud and outdoor
Image may contain: Mario Jorge Costa, standing and outdoor
Image may contain: sky, house and outdoor
Please follow and like us:
error

PATRIMÓNIO – MIRANTES NOS AÇORES

S.O.S. Açores shared a memory.
14 hrs

Mirante de multifunções.

OS MIRANTES

AS SUAS FUNÇÕES NOS AÇORES.

Nem todos são do tempo da época de laranja
uns bons anos antes muitos foram construídos
para vigiar piratas outros para os seus donos verem
os seus trabalhadores se davam o litro e se fosse na apanha das uvas mandavam assobiar (para não comerem muitas ou morangos)na Na época os trabalhadores muitos iam de barriga a dar horas. Será motivo da marcha do assobio? que se canta e dança nos ranchos tradicionais de São Miguel- Açores.

Este mirante tinha na época uma grande autonomia por ter um grande dimensão na cobertura é toda de lages de grande porte onde recolhe as águas de chuva tem lateralmente uma grande cisterna de cerca de 30 mil litros de água e na parte debaixo oficina de fazer os caixotes de laranjas é bem espaçoso vale apena visitar este belo exemplar. Á volta dele está bem aproveitado de cultivo de milho castanheiros outros primores.Curiosidade na frente Rua da Maiorca á Lapinha ainda é visível a porta e um janelão com duas argolas de basalto que serviam para amarrar os animais de carroça e o janelão para sair as caixas para as carroças tudo muito bem pensado para funcionar bem. Freguesia Livramento São Miguel Açores.
.

Image may contain: sky, cloud, plant, tree, grass, house, outdoor and nature
No photo description available.
Image may contain: plant, grass, outdoor and nature
Image may contain: plant, tree, sky, outdoor and nature
Image may contain: plant, sky, tree, cloud, outdoor and nature
+2

Continuar a ler PATRIMÓNIO – MIRANTES NOS AÇORES

Please follow and like us:
error

património açoriano a morrer em santa maria

Image may contain: mountain, sky, outdoor and nature
Ângela Loura to Pela Recuperação e Preservação do Forte de S. João Baptista em Santa Maria

Forte de São João Baptista, comummente conhecido como “Castelo” – breve cronologia recente de um património a morrer
· 2011: registo do Forte de São Baptista no site Fortalezas.org, autoria do historiador Carlos Cruz [https://drive.google.com/open?id=1Nx4ep9Fa3Kx1o9W3YZQy5HbiuN-grVX4].
· 2011: O mau tempo que atingiu as ilhas do Grupo Oriental entre 27 e 28 de Setembro levou à derrocada de parte da antiga estrutura, no lado voltado para a ribeira. Desde então, a população tem assistido à sua degradação cada vez mais acelerada.
· 2012: Escavações arqueológicas “envelhecem” mais de 100 anos o Castelo de São João Batista. [https://www.rtp.pt/noticias/cultura/escavacoes-arqueologicas-envelhecem-mais-de-100-anos-o-castelo-de-sao-joao-batista_n578012]
· 2014: o arqueólogo Élvio Sousa publica um artigo no jornal O Baluarte, defendo que o “Castelo” será a edificação militar mais antiga dos Açores [http://tiny.cc/tsd8bz].
· 2016: Governo Regional solicita ao LNEC uma avaliação do estado de conservação do imóvel.
· 2016: Conselho de Ilha de Santa Maria quer “intervenção urgente” no Forte de São João Batista. [https://www.asasdoatlantico.pt/?sec=3&op=d&idnoticia=6669]
· 2016: durante o mês de Novembro o CADEP defendeu na comunicação social e das redes sociais a recuperação urgente do Forte de São João Baptista, sob pena de não resistir ao inverno. [http://www.rtp.pt/acores/cultura/santa-maria-forte-de-sao-joao-baptista-em-risco-de-desaparecer-no-inverno-_52063]
· 2016: é criada a 25 de Novembro a petição “Pela Recuperação e Preservação do Forte de São João Baptista, na Ilha de Santa Maria”. [https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=ForteSJoaoBaptistaSM]
· 2016: a 9 de Dezembro a Petição contava já com 300 assinaturas e foi enviada para a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores.
· 2017: em Janeiro, resultante da avaliação do LNEC e de um requerimento [http://tiny.cc/0pd8bz] do deputado do PPM, o Governo Regional mandou «escorar a torre e vedar o acesso à mesma» [http://tiny.cc/fqd8bz].
· 2017: a Comissão de Assuntos Sociais da ALRA solicita os seguintes pareceres:
Universidade dos Açores [http://base.alra.pt:82/peticao_abaixo/pe82.pdf];
Junta de Freguesia de Almagreira [http://base.alra.pt:82/peticao_abaixo/pe76.pdf];
Instituto Histórico da Ilha Terceira [http://base.alra.pt:82/peticao_abaixo/pe80.pdf];
Centro de Estudos de Arqueologia Moderna e Contemporânea (Arqueólogo Dr. Élvio Sousa) [http://base.alra.pt:82/peticao_abaixo/pe77.pdf];
Conselho de Ilha de Santa Maria [http://base.alra.pt:82/peticao_abaixo/pe81.pdf];
Doutor Carlos Luís Cruz (Historiador especialista em fortificações) [].
· 2017: em Março realizaram-se as audições da 1ª peticionária, da CMVP, e do Secretário Regional da Educação e Cultura, que em conjunto com os pareceres anteriores resultou no seguinte parecer: [http://base.alra.pt:82/Peticao_Abaixo/XIpare3186.pdf].
· 2017: na visita estatutária a Santa Maria em Agosto, o Governo defende que a tutela do “Castelo” deveria transitar para a CMVP [https://youtu.be/l9t-DLHW3AY?t=2550].
· 2018: em Fevereiro, a petição foi discutida em ALRA [https://video.alra.pt/Asset/Details/278cfcfa-856f-46c6-bf2a-9da39259b651].
· 2019: em Agosto, um grupo de jovens procedeu à limpeza do local e improvisou um espaço de lazer. A polícia marítima foi mandatada a retirar os jovens e o material improvisado [http://tiny.cc/qle8bz].
Nota breve: o Forte de São Brás encontra-se desde 1992 ao abrigo de um decreto legislativo regional [shorturl.at/horwS], sendo considerado património protegido e com apoios directos do Governo Regional. Porque não pode o Forte de São João Baptista ser alvo de um decreto semelhante?
Assine a petição. Chegando às 1000 assinaturas, a petição será obrigatoriamente publicada no Diário da Assembleia da República, e se chegarmos às 4000 assinaturas a petição será agendada para apreciação em Plenário da Assembleia da República.

Continuar a ler património açoriano a morrer em santa maria

Please follow and like us:
error