óbito fadista TERESA TAROUCA

Image may contain: text
Image may contain: 1 person, standing
Teresa Tarouca

1 hr

É com imensa tristeza que informo todos os fãs que faleceu, a Ilustre Senhora do fado, Teresa Tarouca, aos 77 anos de idade.
As minhas sinceras condolências à sua família e amigos.
🌹 🌺 🌹 🌺 🌹 😪

“A morte não é nada.
Eu somente passei
para o outro lado do Caminho.

Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês,
eu continuarei sendo.

Me dêem o nome
que vocês sempre me deram,
falem comigo
como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo
no mundo das criaturas,
eu estou vivendo
no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene
ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.

Rezem, sorriam, pensem em mim.
Rezem por mim.

Que meu nome seja pronunciado
como sempre foi,
sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra
ou tristeza.

A vida significa tudo
o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora
de seus pensamentos,
agora que estou apenas fora
de suas vistas?

Eu não estou longe,
apenas estou
do outro lado do Caminho…

Você que aí ficou, siga em frente,
a vida continua, linda e bela
como sempre foi.”

Santo Agostinho
🌹🌺🌹

O administrador e fundador da página,
Francisco Lavado

Please follow and like us:
error

MORREU O FOTÓGRAFO DOS BEATLES

 

 

Please follow and like us:
error

IN MEMORIAM GEORGE MONTEIRO

This morning’s crop of e-mail brought the terribly sad news of the sudden passing of George Monteiro. I have too many fond memories of George to choose from for this first, still-shocked tribute, so I’ll just share the most recent. This past summer, I spent a few weeks editing what may turn out to be George’s last book (though I wouldn’t be surprised if he had more in the pipelines, with other publishers — I’d never known a more prolific scholar). The editing was a labor of love and learning, and I’m very glad now I had the opportunity to help put the book together. I’m just sad we won’t be able to launch it with George present, as we’d planned to do.

Image may contain: text
Please follow and like us:
error

GEORGE MONTEIRO, (1932 – 2019)

GEORGE MONTEIRO,
(1932 – 2019)

Alguns exemplos de Camões e Pessoa na ensaística de George Monteiro (Cumberland, Rhode Island).
Dos poetas açorianos, traduziu os incluídos na antologia de 1983 (The sea within) e muito recentemente uma selecção de poemas de. Pedro da Silveira; sobre este, Monteiro deixou, aliás, vários ensaios publicados.

Image may contain: text
Image may contain: text
Image may contain: text
Image may contain: text
Please follow and like us:
error

morreu MARIE LAFORET

 

A cantora e atriz Marie Laforêt morreu no sábado em Genolier, Suíça, aos 80 anos, tendo participado em dezenas de filmes e vendido mais de 35 milhões de discos.

Marie Laforêt trabalhou com realizadores como Georges Lautner, Henri Verneuil ou Pierre Granier-Deferre, Michel Deville e Jean-Pierre Mocky.

O seu primeiro single foi lançado em 1963. Tratou-se de “Lesvendanges de l’amour”, escrito por Danyel Gérard, e foi um sucesso ao qual se seguiram “Ivan, Boris etmoi”, “Il a neigésurYesterday” (canção de homenagem aos Beatles), “Vienssurlamontagne”, “Marie douceur, Marie colère”, “Que calor la vida”.

Retour en vidéo sur six de ses chansons culte.

« Les vendanges de l’amour »

Marie Laforêt sort son premier 45 tours, écrit par Danyel Gérard, en 1963. Le succès est immédiat.

« Ivan, Boris et moi »

« Il a neigé sur Yesterday »

Ce titre de 1977 évoque la séparation des Beatles, faisant référence à nombre de leurs titres.

« Viens sur la montagne »

Ce titre, qui date de 1964, est l’un des premiers succès de Marie Laforêt.

« Mon amour, mon ami »

Cette chanson, parue en 1967, a notamment été reprise par l’actrice Virginie Ledoyen dans le film Huit femmes, de François Ozon.

« Marie douceur, Marie colère »

Lors de la dernière émission « Taratata », diffusée sur France 2 quelques jours avant la mort de Marie Laforêt, le chanteur Matthieu Chedid, alias -M-, entouré de Clara Luciani et du duo mexicain Rodrigo et Gabriela, ont repris l’une de ses chansons, Marie douceur, Marie colère, version française du titre Paint It, Black, du groupe de rock britannique The Rolling Stones.

Contribuer
https://youtu.be/i5QAQFdZgYU
https://youtu.be/Q2MuCaECvFQ
https://youtu.be/Tv-jsBFAR-U
Please follow and like us:
error

MORTE DE EX-MINISTRO TIMORENSE

RTP.PT
O ex-ministro da Defesa timorense Cirilo Cristóvão morreu no domingo, com 53 anos, num hospital de Bali, Indonésia, onde estava internado na sequência de um derrame cerebral, indicaram fontes familiares.
Please follow and like us:
error

“Só falta começarem a partir-me os vidros das janelas” | Harold Bloom (1930-2019) | PÚBLICO

O PÚBLICO entrevistou Harold Bloom em 2001, quando o crítico literário esteve em Portugal para participar no programa “O Futuro do Futuro”, promovido pela Porto 2001 – Capital Europeia da Cultura”. O autor de A Angústia da Influência (1973) e de O C

Source: “Só falta começarem a partir-me os vidros das janelas” | Harold Bloom (1930-2019) | PÚBLICO

Please follow and like us:
error