BLITZ – Morreu o lendário produtor Phil Spector, inventor do ‘wall of sound’, vítima de covid-19

O histórico produtor, inventor da técnica de gravação ‘wall of sound’, faleceu este sábado. Lançou as Ronettes, esteve ligado a álbuns dos Beatles e Ramones, colecionou êxitos e polémicas. Passou os últimos anos da vida na cadeia, cumprindo pena depois de alvejar mortalmente a atriz Lana Clarkson

Source: BLITZ – Morreu o lendário produtor Phil Spector, inventor do ‘wall of sound’, vítima de covid-19

Faleceu o empresário no Canadá David Nicodemio Tavares(Connexall) – Açoriano Oriental

Faleceu David Nicodemos Tavares, natural da freguesia das Feteiras, em Ponta Delgada, que conseguiu construir uma das maiores empresas de tecnologia no Canadá.

Source: Faleceu o empresário David Nicodemio Tavares – Açoriano Oriental

MORREU O MARIENSE ANTÓNIO DIAS CHAVES

badge icon
Admin

4h

Faleceu nos EUA o mariense António Chaves
Faleceu António Dias Chaves, que disse adeus, sem o saber, à comunidade portuguesa, nos 100 anos do Hudson Portuguese Club.
Sem que ninguém o imaginasse seria o último banho de multidão que ouviria a voz de António Dias Chaves.
Salão cheio e atento ao desenrolar do cerimonial.
Em palco, a figura de António Dias Chaves.
Só dizia o essencial. Os convidados e homenageados é que eram o fulcro das atenções.
Nunca foi exagerado naquilo a que se propunha.
As funções era falar dos convidados. Dos homenageados. Não de si próprio. Limitava-se ao mínimo, deixando o máximo para os que apresentava.
Até que um dia foi ele o apresentado. E para tal subiu ao palco, José Francisco Costa, professor, homem das letras e das artes.
Aconteceu no dia do lançamento do livro “Os Meus Impérios”, de António Dias Chaves.
Com todos os pormenores, rituais, corações, cânticos, cantares, cantorias, entoação de “falsetes”, “alumiações”, presença constante dos foliões, e suas “encontradas”, enfim, o retrato a cores do ambiente de festa intrinsecamente popular e de profunda dimensão religiosa”.
A propósito de memórias pessoais, registamos esta entrada do narrador, que diz assim: “Fui embalado ao som das alvoradas e dos falsetes das folias do Império Mariense, sendo o principal o Império da Trindade. Era a principal festa da nossa freguesia, o dia em que calçavam os novos sapatos e se vestia o melhor fato, muitas vezes acabado de ser confeccionado minutos antes da Missa de Coroação”.
Foi deste modo que José Francisco Costa ilustrou o lançamento do livro “Os Meus Impérios”, do já saudoso António Dias Chaves.
Deixou de se ouvir a voz do mestre de cerimónias das grandes iniciativas do Hudson Portuguese Club.
Foi o mestre de cerimónias da mais dignificante presença física nos EUA. Uma presença que soube elevar nas suas intervenções.
“Era um homem que sabia falar. Era um grande mestre de cerimónias. Dava-se com toda a gente. É uma grande perda para o Hudson Portuguese Club. Tinha conhecimentos para os contactos com os cônsules e o governo português e mesmo entidades americanas”, sublinhou o comendador e empresário António Frias.
António Dias Chaves era uma fonte de informação sobre Santa Maria e freguesia de Santo Espírito, terra da sua naturalidade.
Teve honras de apresentar o Bispo Eméritus de Angra, D. António de Sousa Braga, seu digníssimo conterrâneo nas suas visitas ao Hudson Portuguese Club.
Em todas as intervenções em que assumia, as funçõs de mestre de cerimónias, junto do Hudson Portuguese Club, nunca se esquecia de fazer uma cópia extra para nos facilitar o trabalho de reportagem para o Portuguese Times.
“O livro “Os Meus Impérios” imortaliza os Açores, imortaliza as nossas tradições e eleva bem alto o nome de Portugal”, foram palavras de João Pedro Fins do Lago, cônsul de Portugal em Boston.
Entre os numerosos amigos tinha mais um que disse: “Lamento o seu desaparecimento. Substituir António Dias Chaves junto do Hudson Portuguese Club vai ser muito difícil. Sabia o que dizer em palco rodeado das mais diversas individualidades. Uma grande perda”, disse Silvino Cabral.
António Dias Chaves faleceu aos 71 anos a 31 de dezembro de 2020 no Umass Memorial Marlborough Hospital depois de uma breve e corajosa luta contra o Covid-19.
Em 6 de outubro de 2020 viu falecer o seu irmão, Abílio Chaves.
Deixa sua esposa Zélia, de um matrimónio de 41 anos. Um filho Derek e sua namorada Maura Silva de Berlin, Mass.. Deixa ainda os irmãos José Armando e esposa Colette, em Avondale, AZ;
Jorge e esposa Maria, em Hudson; José António e esposa Maria em Marlborough. Sobrevivem-lhe também as irmãs Rosa Paulino, Alda e Zita em Hudson, Elvira, casada com Abílio Chaves.
Deixa ainda os afilhados: Angela Doherty, Anthony Paulino, Carlos Sousa, Jessica Afonso e Kelly Hurd. Vários sobrinhos e sobrinhas.
Chaves frequentou o Seminário Menor de Ponta Delgada e o Seminário Episcopal de Angra.
Veio para os EUA em 1967. Era certificado em gestão de agências públicas do estado de Massachusetts pela University of Massachusetts Donahue Institute e pela Florence Heller Graduate School at Brandeis University.
Foi agente de seguros, professor bilingue, agente de viagens, operador turístico e funcionário público no Gabinete de Refugiados e Imigrantes no Departamento de Saúde Pública e Secretaria do Ambiente em Massachusetts.
Foi também recrutador e avaliador de candidatos no Departamento Federal de Segurança Nacional.
Foi veterano do exército norte americano, onde prestou serviço durante a guerra do Vietname até 1972. Foi vereador e presidente da junta da Câmara Municipal de Hudson, tendo sido o segundo imigrante português a ocupar este cargo no estado de Massachusetts.
É co-fundador de várias organizações comunitárias e foi por vários anos, presidente da assembleia geral do Clube Português de Hudson.
Em 1973 fundou o programa de rádio “Portugal 73”, que se manteve no ar até Dezembro de 2019.
António Dias Chaves trouxe das origens e manteve nos EUA os fortes laços de união que devem ser a base da família. Reunia os primos que orientava pela árvore genealógica como forma de descobrirem as origens.
“Chaves 5 years” era o encontro que António Chaves organizava que reunia os familiares espalhados pelos EUA, Canadá e Portugal. Com os irmãos organizava férias anuais “Brother Week”.
Já na sua posição de aposentado, ocupava os tempos livres como consultor de serviços de imigração, comunicações e traduções. No ano de 2004 foi agraciado pelo Presidente da República Portuguesa, como Comendador da Ordem de Mérito.
As cerimónias fúnebres a cargo da Tighe Hamilton Funeral Home em Hudson, foram privadas, dado a situação de covid-19. Foi celebrada missa de corpo presente na igreja de São Miguel em Hudson, às 9:00 da manhã de quinta-feira, 7 de janeiro de 2021.
Logo que a situação normalize será celebrado um memorial em homenagem a António Dias Chaves.
Por Augusto Pessoa
Exclusivo Portuguese Times/Diário dos Açores
Image may contain: 1 person
Roberto Medeiros, Humberto Victor Moura and 73 others
36 comments
Like

Comment
Share

Comments

View 33 more comments

…Hoje dia 10 de Janeiro e’ mais um dia para agradecer a Deus pelo Milagre da Vida que Ele nos ofereceu. Com muita ou pouca saude , estamos vivos, enquanto tantos irmaos nossos nao conseguiram sobreviver, por causa desse invisivel inimigo da Pandemia COVID-19 que nos esta’ infetando atrave’z do mundo inteiro… A Bencao que Deus nos da’ em cada dia de Vida, e’ para que vivemos em Paz e Amor, sempre numa boa harmonia familiar e com todos. Devemos fazer tudo para que na…

See more

6

2 comments

1 share

Like

Comment
Share

Comments

Morreu o escultor João Cutileiro – TSF

João Cutileiro, um dos maiores escultores contemporâneos portugueses, é autor de obras espalhadas por todo o país.

Source: Morreu o escultor João Cutileiro – TSF

morre Carlos do Carmo

Morreu o fadista Carlos do Carmo
O cantor, de 81 anos, morreu na manhá desta sexta-feira, no hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde tinha dado entrada ontem com um aneurisma
A noticia foi confirmada ao Expresso por fonte próxima do cantor.
(Em atualização)
Carlos do Carmo - Lisboa Menina e Moça | Gala | The Voice Portugal
YOUTUBE.COM
Carlos do Carmo – Lisboa Menina e Moça | Gala | The Voice Portugal
Carlos do Carmo foi convidado de honra da 2.ª gala do The Voice Portugal. Com a calma que o caracteriza (e ao Fado que canta) ainda teve tempo para dar umas …
25
8 comments
4 shares
Like

 

Comment
Share

Comments

View 6 more comments

Faleceu poetisa faialense Otília Frayão

Faleceu, no passado domingo, a poetisa faialense Otília Frayão (1927-2020), de há muito radicada em Espanha. Os seus poemas, de nítida inspiração simbolista, exprimem sonho de viagem, desejo de aventura, aspiração de fuga, e mereceram honras de estudo e de antologia por parte de Pedro da Silveira e Ruy Galvão de Carvalho. Poetou ainda em inglês e castelhano.
Infelizmente não foi pela poesia que ficou conhecida, mas por um episódio que mudaria para sempre a sua existência: nos inícios de Janeiro de 1951, então com 23 anos de idade, Otília, insatisfeita com a vida cinzenta e opressiva da ilha, fugiu no iate “Temptress” com um navegador solitário inglês. A épica aventura seria amplamente noticiada em jornais e revistas de todos os quadrantes e, mais tarde, lembrada por conhecidas personalidades do mundo náutico e literário.
Para esta faialense, irmã de Mário Frayão (1928-2020), foi o mar que se abriu como um caminho para a Liberdade e para o Mundo, pois que a errância foi a sua maneira de perseguir a Felicidade e o Sonho.
Faleceu poetisa faialense Otília Frayão
RADIOPICO.COM
Faleceu poetisa faialense Otília Frayão
Faleceu, no passado domingo, a poetisa faialense Otília Frayão (1927-2020), de h&aacut… Mais
You, Pedro Tradewind Salgueiro, Isabel Pinheiro Magalhaes and 5 others
3 shares
Like

Comment
Share

morreu pierre cardin

Muere el diseñador Pierre Cardin
LAVANGUARDIA.COM
Muere el diseñador Pierre Cardin
El diseñador francés Pierre Cardin ha fallecido este martes a los 98 años, según ha informado la familia a la agencia AFP. Cardin nació en 1922 en San Biagio di
Like

Comment
Share

Faleceu Teófilo Vaz diretor de informação do Jornal Nordeste e Rádio Brigantia

Faleceu Teófilo Vaz director de informação do Jornal Nordeste e Rádio Brigantia
DIARIODETRASOSMONTES.COM
Faleceu Teófilo Vaz director de informação do Jornal Nordeste e Rádio Brigantia
Teófilo Vaz tinha 65 anos e acabou por morrer, est

Visão | Morreu cantora cabo-verdiana Celina Pereira

Celina Pereira morreu hoje em Lisboa, onde residia, vítima de doença, confirmou à agência Lusa o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas de Cabo Verde, Abraão Vicente.

Source: Visão | Morreu cantora cabo-verdiana Celina Pereira

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

RSS
Follow by Email
Twitter
YouTube
LinkedIn
%d bloggers like this: