Arquivo de etiquetas: NORBERTO ÁVILA

Norberto Ávila · O MARIDO AUSENTE

O MARIDO AUSENTE
Comédia assincrónica | 1988

PENÉLOPE (levanta-se, abrupta.) – Uma ideia me ocorre, meu caro Dr. Sotiris. Quem sabe se a sua vinda a este palácio não é puramente casual?… tão-pouco motivada pela simples curiosidade… científica?

SOTIRIS – Que deseja insinuar, Penélope, minha boa amiga?
PENÉLOPE – Quem sabe se isto não foi tramoia planeada por Telémaco? De conivência com a governanta, Euricleia, essa mosquinha-morta? Pretenderão eles que não me encontro em pleno uso das minhas faculdades mentais? Tentarão eles, assim, entregar-me aos seus cuidados… psiquátricos?
SOTIRIS – Eu sou apenas um neurologista…
PENÉLOPE – Os loucos têm muitos nomes… e os médicos que os tratam… também! (Afasta-se alguns passos,)

SOTIRIS (chegando-se a ela, com muito bons modos) – Então? Acalme-se. Abordemos o problema…

PENÉLOPE – O problema? Que problema? Eu não tenho nenhum problema.
SOTIRIS – Suspeito que não é tranquila a sua existência. E bem o poderia ser. Retome o seu lugar neste canapé, “chaise-longue” ou lá o que é, que bem parece arrancado a um antigo vaso de cerâmica. (E com estas palavras a vai conduzindo ao referido móvel.) Volte a deitar-se, alongando o corpo distraidamente.

(Penélope, de repente submissa, executa, conforme lhe é indicado.)
*****
Excerto do longo ato único. Leia mais em https://bit.ly/2OIBXrZ

Image may contain: text
Comments
Write a comment…
Please follow and like us:
error

NORBERTO ÁVILA E A SUA OBRA EM PRAGA

O CAFÉ CENTAURO (tríptico dramático de Norberto Ávila) OBJETO DE ESTUDO NA UNIVERSIDADE DE PRAGA

Na sequência do que aqui já foi referido, um grupo de estudantes de Português da Universidade Carolina de Praga, orientado pela atriz e professora Sofia Sousa e com o patrocínio do Instituto Camões, dedicou grande parte do seu tempo e entusiasmo ao estudo linguístico desta obra, daí resultando mesmo um espetáculo. Em 2ª edição, o texto integra o IV volume da coletânea ALGUM TEATRO

See more

Image may contain: one or more people, people standing and indoor
Please follow and like us:
error

NORBERTO ÁVILA O MAIOR DRAMATURGO CONTEMPORÂNEO AÇORIANO

ENTREVISTA DE NORBERTO ÁVILA À RTP AÇORES

Em 2009, por ocasião da celebração dos seus 50 anos de carreira, Norberto Ávila, em entrevista à RTP-Açores, na Ilha de São Jorge, recorda “os escritos e os lugares que o fizeram crescer enquanto escritor e dramaturgo”.

Assista à entrevista em https://bit.ly/2JTeMYK

Image may contain: Norberto Ávila
Please follow and like us:
error

NORBERTO ÁVILA NA REP CHECA

CAFÉ CENTAURO em Curso de Teatro em Português na República Checa

A peça de Norberto Ávila CAFÉ CENTAURO engloba um Curso de Teatro em Português que está a decorrer na Universidade Carolina, na República Checa. Neste curso, organizado pelo Centro de Língua Portuguesa/Camões em Praga e o Departamento de Estudos Lusobrasileiros daquela universidade, os participantes têm a oportunidade de desenvolver técnicas de voz e de expressão corporal para palco e de aprender a trabalhar um guião teatral. No final, os formandos vão dar vida aos personagens da peça do autor açoriano, numa apresentação ao público.

Foto: Universidade Carolina, em Praga, República Checa.

Conheça a obra do autor em www.norberto-avila.eu

Image may contain: sky, cloud and outdoor
Please follow and like us:
error

ÁLAMO SOBRE NORBERTO ÁVILA

Recordamos o testemunho do escritor Álamo de Oliveira sobre o papel de Norberto Ávila na consolidação da ideia de literatura açoriana.

VIDEOS.SAPO.PT
O escritor açoriano Álamo de Oliveira sublinha o papel do dramaturgo Norberto Ávila – hoje homenageado na Calheta de S. Jorge – para…
Please follow and like us:
error

os 12 Mandamentos Norberto Ávila

News Feed

“Este é o texto de Norberto Ávila que mais surpreenderá quanto a irreverência e até quanto à forma de expor o conflito. A sua capacidade de oficinar uma peça de teatro toca, agora, o próprio refinamento. Sobretudo no segundo ato, esse saber oficinal atinge quase a vertigem. Ritmo e velocidade constituem o necessário contraponto a um primeiro ato, porventura mais estático, mas a proporcionar ao ator a forma de resistir a momentos de intensa exposição. As virtualidades do text

See More

Image may contain: cloud
Please follow and like us:
error