moçambique

sem imagens? Versão web

https://revistaxonguila.cmail20.com/t/ViewEmail/t/B64C65D3ECACD4712540EF23F30FEDED/DA41CF8666525E0973767151F2435ACA?alternativeLink=False

Publicação mensal • Abril/April 2022 • Ed. 46 • Ano 05 • xonguila.co.mz

Com canto e dança
O TUFO DA MAFALALA CRUZA GERAÇÕES

Singing and dancing
THE TUFO DA MAFALALA CROSSES GENERATIONS

Dança de origem árabe, o tufo entra em Moçambique e difunde-se pela zona norte do país, sobretudo nas províncias de Nampula e Cabo Delgado, assim reza a história. Seu nome deriva provavelmente da designação dos instrumentos musicais que os árabes utilizavam, “ad-duff”. Em português, essa palavra tornou-se “adufe” ou “adufo”, e, depois, passou a “tufo”.

The story goes that tufo, a dance of Arab origin, entered Mozambique and spread throughout the north of the country, especially in the provinces of Nampula and Cabo Delgado. Its name probably derives from the designation of the musical instruments that the Arabs used, “ad-duff”. In Portuguese, this word became “adufe” or “adufo”, and later “tufo”.

Saiba mais

 

 

 

Xonguila

Edição Nº46

Brindamos o público com uma edição especial em que se destaca a presença de mulheres moçambicanas, a sua participação e relevância em diversas áreas, resultado de grandes esforços para derrubar barreiras económicas e sociais. Às nossas mães, filhas, irmãs, companheiras, esposas, amigas, a cada mulher batalhadora, a nossa homenagem

Leia a edição

 

 

Chude Mondlane

 

Os seus olhos contam histórias de vida enquanto lhe saem da boca melodias que embalam a alma e convidam a uma viagem no tempo. Passado e presente comunicam-se pela voz de uma mulher que cantou Moçambique por onde passou. Chude Mondlane é uma mistura de artes e “mundos”. Dança e música juntam-se numa mulher que deixou a sua marca em grandes palcos pelo planeta.

Her eyes tell life stories while melodies come out of her mouth, lulling the soul and inviting you to travel back in time. Past and present speak through the voice of a woman who sang Mozambique wherever she went. Chude Mondlane is a blend of arts and “worlds”. Dance and music come together in a woman who left her mark on big stages around the planet.

 

Saiba mais

 

 

 

Sem limites: a incrível história de Mariana

A BAILARINA
IMPROVÁVEL

Um trágico acidente, aos oitos anos de idade, deixou sem os membros inferiores Mariana Tembe, que, resiliente, desde cedo aprendeu a conviver com a fatalidade. Em 2006, desafiou a lógica habitual, decidindo formar-se em dança. Mas… como se dança sem pernas? Mariana, bailarina há 16 anos, explicou-o à Xonguila, a partir da Ilha da Madeira, Portugal.

Mariana Tembe, who lost her lower limbs after a tragic accident at the age of eight, is resilient and soon learnt how to live with that fatality. In 2006, she defied the usual logic by deciding to learn how to dance. But…how does one dance without legs? Mariana, who has been dancer for 16 years, explained it to Xonguila, calling in from Madeira Island, Portugal.

 

 

Saiba mais

 

Ana Bela dos Reis Borges
Quando a paixão pelo desporto faz esquecer a idade

When a passion for sport makes you forget about age

 

 

 

A jogadora de basquetebol eventualmente mais velha do mundo é de Moçambique, tem 59 anos e chama-se Ana Bela dos Reis Borges. Ana Bela é um exemplo de longevidade desportiva. Esta mãe, avó, empresária e atleta-presidente (Desportivo), provou que a idade é apenas um número, ao competir ao mais alto nível no último Campeonato Nacional de Basquetebol feminino disputado na cidade de Maputo (Liga Sasol 2022).

Potentially the oldest basketball player in the world, she is from Mozambique, 59 years old and her name is Ana Bela dos Reis Borges. Ana Bela is an example of sporting longevity. This mother, grandmother, businesswoman and athlete-president (at Desportivo) proved that age is just a number, by competing at the highest level in the last National Women’s Basketball Championship, which took place in Maputo city (Liga Sasol 2022).

 

Saiba mais

 

 

Absa Bank Moçambique

O Absa e a valorização dos seus recursos humanos
Absa Bank´s and the valorisation of its human resources

Saiba mais

 

O novo ouro de Manica
Manica’s new gold

Manica é a província de Moçambique que mais é conotada com a exploração do ouro, esse metal precioso e brilhante que consegue hipnotizar quem lhe toca, frequentemente personificando a ganância humana e o individualismo. Em contrapartida, começam a surgir na mesma província projectos que pretendem fomentar o empoderamento da mulher e o desenvolvimento das comunidades. Estamos a falar de plantações de café que estão a florescer ao redor de Manica e Sussundenga, de um novo “ouro” que pretende alterar o paradigma actual da agricultura de subsistência da maior parte da população da região

Throughout 2021 and within the scope of the Local Development Agreements (ADL), Sasol delivered to the communities of Govuro and Inhassoro several water supply infrastructures. Sasol rehabilitated 51 public standpipes and another 10 were built from scratch.

 

 

Saiba mais

 

 

 

Partilhar Tweet Partilhar
© 2021 Xonguila. Todos os direitos reservados.

Ficha Técnica:

Propriedade/Property: Veludo & Mentol, Sociedade Unipessoal Lda • Conselho de Administração/Administrative Council: Omar Diogo, Nuno Soares, Mariano Silva • Director: Nuno Soares • Gestão de Conteúdos Editoriais/Editorial Content Management: Nuno Soares, Mariano Silva • Copy-desk (português): Fátima Ribeiro • Colunistas/Writers: Eliana Silva, Mariano Silva, Nuno Soares, Jaime Álvaro, Precidónio Silvério, Aayat Irfan • Tradução (Português-Inglês)/Translation (Portuguese-English): M. Gabriela Carrilho Aragão • Fotografia/Photography: Mariano Silva • Design de Capa/Cover Design: Nuno Azevedo • Grafismo/Visuals: Omar Diogo • Infografia e Paginação/ Infographics and Pagination: Omar Diogo • Produtores Audiovisuais/Audiovisual Producers: Nuno Lopes, Ana Piedade, Mariano Silva • Gestão de Redes Sociais/ Social Media Management: Nuno Soares • Conteúdos de Marketing e Comunicação/ Marketing and Communication Contents: Omar Diogo, Nuno Azevedo • Gestão de Homepage e Edição Online/Homepage Management and Online Editing: Omar Diogo, Jorge Oliveira • Departamento Comercial/Commercial Department: Nuno Soares [email protected] • Impressão/Printing: Minerva Print • Distribuição/ Distribution: Flotsam Moçambique, Lda • ISSN: ISSN-0261-661 • Registo/Register: 02/Gabinfo-dec/2018 • Registo de Propriedade Industrial/Industrial Property Registration: 35065/2017 – 35066/2017 (15/01/2018)

https://xonguila.co.mz

Os artigos com assinatura reflectem a opinião dos autores e não necessariamente da revista. Toda a transcrição ou reprodução, parcial ou total, requer a autorização expressa da empresa titular da revista.
The articles reflect the authors opinion, and not necessarily the magazine opinion. All transcript or reproduction, partial or total, requires the authorization of the company that owns the magazine

Remover subscrição

 

GOVERNO REMODELADO EM MOÇAMBIQUE

Mozambican President Filipe Nyusi has sacked Prime Minister Carlos Agostinho do Rosário, replacing him with Adriano Afonso Maleian (foto), who was finance minister.
It comes as part of a major cabinet reshuffle – seen as an attempt by Mr Nyusi to deal with allegations of government mismanagement and corrupt practices.
Five sacked ministers – including Mr Rosário – have been given new posts in the cabinet. — BBC
May be an image of 1 person
Like

Comment
Share
0 comments