cadeia de ponta delgada por osvaldo cabral

Image may contain: Osvaldo José Vieira Cabral, smiling, possible text that says 'Editorial Osvaldo Cabral osvaldo.cabral@diariodosacores.p'
Pierre Sousa Lima to Açores Global

A cadeia

O processo de construção de uma nova cadeia em S. Miguel passou de nebuloso a anedota.
Com os atrasos e adiamentos de projectos prometidos para os Açores, por parte do Governo da República (como se viu agora com a Universidade e o gás natural), cedo se percebeu que a cadeia era para ficar, também, para as calendas gregas.
Um governo que tem pautado o seu mandato pela austeridade e contenção no investimento público, porque terá escolhido um terreno cheio de bagacina por remover, encarecendo mais o projecto?
O processo é tão nebuloso que se encontra embrulhado no tribunal e nunca mais vamos ter nova cadeia que substitua a actual, sem condições e classificada como um atentado aos direitos humanos.
Em vez de se corrigir o erro, o parlamento regional decidiu, esta semana, manter tudo como está, com os votos apenas do PS.
Assim vai a região da bagacina.

Oposição

O maior partido da oposição promete uma nova vida a partir de hoje.
Com um novo líder, consagrado quase por unanimidade, é tempo do PSD-Açores mostrar do que é capaz e em que é que será melhor do que o actual governo, desgastado de 23 anos de poder.
Em menos de dez meses vai ter que trabalhar muito para ser alternativa, o que seria um fenómeno político se assim acontecesse.
Se conseguir uma caminhada de credibilidade, coisa rara nos últimos anos na oposição, já será meio caminho andado para reconquistar a confiança dos açorianos.
É que a região nunca precisou tanto de uma oposição forte como agora.

(Osvaldo Cabral – Diário dos Açores de 19/01/2020)

Comments
  • Maria Das Neves Baptista Um governo que não sabe escutar, que não é capaz de reconhecer os erros e de emendá-los, é desgoverno. E infelizmente vem aí mais bagacina. Que lástima! Já parece sina.
Please follow and like us:
error

SIC Notícias | Isabel dos Santos perde processo contra Ana Gomes

Tribunal de Sintra rejeitou a ação cível da empresária e filha do ex-Presidente de Angola contra a ex-eurodeputada.

Source: SIC Notícias | Isabel dos Santos perde processo contra Ana Gomes

Please follow and like us:
error

injustiça em portugal 2 pesos 2 medidas (juizes serão mais que professores e médicos???

Rui Cruz and 2 others shared a link.
Suspeita vai para o Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo e fica a aguardar julgamento em prisão preventiva

Suspeita vai para o Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo e fica a aguardar julgamento em prisão preventiva
  • Rui Cruz

    IOL

    Para uns é de uma maneira para outros de outra. Como se diz um peso e duas medidas.

    Comments
    Write a comment…
  • ESTA É A JUSTIÇA EM PORTUGALUma Juiza leva um soco, uma Procuradora leva uns arranhões, a agressora leva prisão preventiva. Uma médica é agredida a murro e quase ficava sem um olho, uma professora é espancada e tem de ser suturada, polícias são barbaramente agredidos e nem termo de identidade e residência é atribuido aos agressores …dois pesos e duas medidas é esta a forma de actuar da justiça portuguesa, será que são mais graves agressões físicas a juizes e magistrados do que a qualquer outro cidadão no cumprimento das suas funções??? A dor e sofrimento é maior para juizes e magistrados do que para os restantes cidadãos??!! Que raio de Estado de Direito é este que trata uns com previlegios e outros abaixo de cão???!! Isto é absolutamente execrável, vergonhoso e inadmissível…

Please follow and like us:
error

Antigo comandante da PSP nos Açores julgado quinta-feira por alegado abuso de poder – Açoriano Oriental

O Tribunal Judicial de Ponta Delgada inicia na quinta-feira o julgamento do antigo comandante regional da PSP dos Açores José Poças Correia, que está indiciado pelo crime de abuso de poder numa transferência de uma agente delegada sindical.

Source: Antigo comandante da PSP nos Açores julgado quinta-feira por alegado abuso de poder – Açoriano Oriental

Please follow and like us:
error

Pai do jovem cabo-verdiano morto em Bragança ”indignado” com atuação das autoridades

João Stattmiller shared a link to the group: Açores Global.

2 hrs

Com toda a razão… E devíamos estar todos indignados também. É vergonhoso o tratamento policial e mediático que foi dado a este caso, a manipulação a que se assiste também nas redes sociais pelos discípulos do deputado da vergonha no parlamento português que teve a desfaçatez de votar contra um voto de pesar pela morte deste rapaz. Nós também somos ilhéus e muitos dos nossos filhos têm de abandonar as ilhas para estudar no continente. E se fosse o seu filho? Andam por aqui uns fascistas a tentar desinformar as pessoas, e afirmar ainda mais o preconceito racista, tentando fazer crer que os culpados são ciganos. É falso. Espero sinceramente que os assassinos, que já se sabe quem são, sejam presos o quanto antes e já agora que o correio da manhã também publique em primeira página as fotos com o focinho de todos eles. Portugal não pode ser isto!

Ainda não existem resultados da investigação.

Please follow and like us:
error

a nova cadeia de PDL uma nova Santa Engrácia?

Pierre Sousa Lima shared a post to the group: Açores Global.
55 mins

Image may contain: sky and outdoor
Carmen Ventura

Antena 1 Açores – Bloco de Esquerda quer Governos da República e Regional a encontrarem um novo terreno para construir a cadeia de São Miguel.
O Bloco diz que é preciso aproveitar a sentença do Tribunal Administrativo de Ponta Delgada que anula a adjudicação da obra de retirada da bagacina ao consórcio Tecnovia- Marques.

“Há uma janela que se abre com a sentença do Tribunal Administrativo e Fiscal de Ponta Delgada que anula a adjudicação da obra da retirada de bagacina ao consórcio Tecnovia – Marques.
O Bloco de Esquerda diz que é uma janela que se abre para que seja encontrado um outro terreno para a construção da cadeia de Ponta Delgada.
É por isso que hoje, no Parlamento, dá entrada um projecto de Resolução para que os Governos da República e Regional encontrem um novo terreno, explica António Lima, coordenador do Bloco.
O processo de construção do novo estabelecimento Prisional de Ponta Delgada arrasta-se no tempo e nos tribunais.
Depois do Governo Regional ceder o terreno da mata das Feiticeiras, no concelho da Lagoa, veio a constatação de que era necessário extrair primeiro a bagacina, uma obra à volta de 3 milhões de euros e com um prazo de execução de cerca de dois anos.
O Bloco de Esquerda lembra que a construção de um novo estabelecimento prisional em São Miguel é uma questão de direitos humanos.
A proposta do Bloco de Esquerda tem carácter de urgência.
Se a maioria socialista considerar este um assunto urgente, a proposta é debatida e votada de imediato. Se assim não for, baixa a comissão parlamentar para análise, audições e emissão de parecer, num processo que demora meses até voltar ao Parlamento Regional. (CV)
https://www.rtp.pt/play/p1246/e450317/jornal-das-8-30

Please follow and like us:
error