Richard Zimler: ″A memória do Holocausto tem de competir com a propaganda neonazi″ – DN

O escritor Richard Zimler alerta para o facto de a memória do Holocausto estar a desvanecer-se rapidamente. Foi um dos temas da sua recente intervenção no Dia da Memória do Holocausto em Colchester, intitulada O Lado Certo da História, que o DN reproduz.

Source: Richard Zimler: ″A memória do Holocausto tem de competir com a propaganda neonazi″ – DN

Please follow and like us:

EXPOSIÇÃO SOBRE OS JUDEUS DE BELMONTE

Image may contain: 1 person, sitting and indoor
Image may contain: 2 people, people sitting and indoor
Image may contain: 1 person, sitting, screen, office, table and indoor
Image may contain: 1 person, indoor
+14
Visit Belmonte added 17 new photos to the album Exposição Heranças e Vivências Judaicas em Portugal.

A exposição «Heranças e Vivências Judaicas em Portugal» tem como objetivo apresentar ao público em geral uma visão diacrónica das principais linhas, momentos e temáticas em que os sefarditas portugueses foram centrais na História de Portugal.

A inauguração, decorreu a 30 de janeiro na Sala de Exposições Junto à Estátua Pedro Álvares Cabral.

Está patente até 31 de julho de 2020, não deixe de visitar!

Please follow and like us:

Portugueses nos campos de concentração – PÚBLICO

A pergunta surgiu depois de uma visita a Auschwitz: seria possível que, de todos os prisioneiros que por ali passaram, de tantos países, nenhum fosse português? Em 2013, fomos à procura da resposta. Durante nove meses, vasculhámos arquivos, analisámos listas de transporte e registos de baptismo, percorremos Portugal e visitámos campos de concentração, bases de dados e familiares de vítimas em França, Alemanha e Polónia. A resposta está dada: houve muitos portugueses enviados para os campos de concentração nazis.

Source: Portugueses nos campos de concentração – PÚBLICO

Please follow and like us:

Auschwitz, foi há 75 anos.

“NÓS ESTAMOS DO LADO DE ISRAEL”

Ontem (23.01.2020) comemorou-se em Israel a libertação do campo de extermínio de Auschwitz, há 75 anos.

No evento estiveram, entre muitos outras personalidades internacionais, o presidente russo, o presidente francês, o Vice-presidente dos USA, e o presidente alemão.

O discurso do presidente alemão Frank-Walter Steinmeier em Israel pode considerar-se um discurso histórico.

Corajoso reafirmou: “a nossa responsabilidade alemã não passa”… “Esta Alemanha só fará justiça a si mesma se estiver à altura da sua responsabilidade histórica”. E especificou: “Nós combatemos o antissemitismo! Nós desafiamos o veneno do nacionalismo! Nós protegemos a vida judaica! Nós estamos do lado de Israel (Também poderia ser traduzido “Nós estamos ao lado de Israel)! Eu renovo esta promessa aqui no Yad Vashem perante os olhos do mundo.”

Este discurso foi acolhido com muito aplauso pela imprensa alemã.

Yad Vashem ( “monumento e nome” ) em Jerusalém é o memorial e museu mais importante para as vítimas judaicas dos nazistas.

António da Cunha Duarte Justo

In Pegadas do tempo, https://antonio-justo.eu/?p=5790

__.,.___

Enviado por: [email protected]

Please follow and like us:

A dívida de Portugal com os judeus começa a ser paga – DN

Faz 200 anos que a família Bensaúde começou a dar nas vistas nos Açores, judeus sefarditas oriundos de Marrocos que, possuidores de passaporte britânico, regressaram a Portugal, terra dos antepassados. Fizeram fortuna nos negócios, deram elites ao país, um dos seus descendentes, Jorge Sampaio, chegou a ser Presidente da República ainda não há muito tempo. Curiosamente, a reconciliação de Portugal com os judeus expulsos e perseguidos depois do édito de 1496 assinado por D. Manuel I foi feita não por Sampaio (de mãe e avó judias), mas pelo seu antecessor, Mário Soares, que em 1989 pediu perdão pelas atrocidades da Inquisição, a qual, sublinhe-se, só foi extinta em 1821, já Abraão, Elias e Salomão Bensaúde (dois irmãos e um primo) viviam por cá.

Source: A dívida de Portugal com os judeus começa a ser paga – DN

Please follow and like us: