FAKE NEWS Uso prolongado de máscaras pode provocar hipoxia? – Polígrafo

Em mensagem viral nas redes sociais alerta-se para o perigo da utilização de máscara durante longos períodos de tempo. De acordo com o texto da publicação, respirar sob a máscara pode provocar hipoxia, ou seja, a redução do oxigénio no sangue e a intoxicação por dióxido de carbono. Verdade ou falsidade?

Source: Uso prolongado de máscaras pode provocar hipoxia? – Polígrafo

FAKE NEWS E COVID

Covid-19: Mais de 2.700 informações falsas detetadas por dia nas redes sociais na Europa

Bruxelas, 05 mai 2020 (Lusa) – A Comissão Europeia tem registado, diariamente, mais de 2.700 artigos com ‘fake news’ relacionadas com a covid-19 nas redes sociais, entre publicações falsas ou enganosas, divulgou hoje Bruxelas, alertando para a “elevada desinformação” na Europa sobre a pandemia.
“A Comissão identifica, diariamente, mais de 2.700 artigos com potencial desinformação relacionada com o novo coronavírus”, refere o executivo comunitário num relatório hoje divulgado sobre as ‘fake news’ (notícias falsas) em altura de pandemia.
Tendo por base os “milhões de ‘posts’ [publicações] falsos ou enganosos” reportados pelas plataformas ‘online’ à Comissão Europeia, a instituição observa no documento (datado de final de abril) que “existe um potencial muito grande de desinformação a florescer”.
“A desinformação relacionada com o novo coronavírus, desde a propagação de esquemas perigosos e de informações enganosas sobre os cuidados de saúde, até à fraude para os consumidores, é prejudicial tanto para a saúde pública, como para os consumidores”, realça o executivo comunitário.
E precisa: “Alegações falsas de que ‘não ajuda lavar as mãos’ ou de que ‘o novo coronavírus é apenas um perigo para os idosos’ podem pôr vidas em perigo”.
Bruxelas adianta que a União Europeia (UE) e os seus Estados-membros “estão determinados a combater as ações de quem tenta explorar a crise para pôr em risco a vida dos cidadãos ou que espalham propaganda e narrativas de ódio”.
Estes dados foram transmitidos ao executivo comunitário por plataformas digitais como a Google, Facebook, Twitter, Microsoft e Mozilla, que se comprometeram no final de 2018 a combater a desinformação nas suas páginas, através da assinatura de um código de conduta contra as ‘fake news’, um mecanismo voluntário de autorregulação que nos últimos meses tem sido centrado na desinformação sobre a covid-19.
Também num relatório hoje divulgado, de acompanhamento deste código de conduta e referente a 2019, o Grupo de Reguladores Europeus dos Serviços de Media Audiovisuais (ERGA) alerta para a necessidade de “proteger uma sociedade democrática que é ameaçada pela desinformação politicamente motivada”.
“A existência deste perigo é confirmada […] pela abundância de falsas notícias, orientadas pelo lucro e/ou por objetivos políticos, que acompanharam o recente surto e a resposta à covid-19 em todas as plataformas disponíveis na Europa”, acrescenta a ERGA no seu relatório.
Referindo que “é necessário considerar a revisão do código de conduta”, nomeadamente de forma a incluir neste mecanismo todas as plataformas digitais existentes na Europa, a ERGA pede ainda à Comissão Europeia “uma mudança da atual abordagem autorreguladora flexível para uma abordagem mais correguladora”.
Reagindo ao relatório, a vice-presidente do executivo comunitário para os Valores e a Transparência, Věra Jourová, destaca em comunicado o “primeiro impacto positivo” do contacto entre Bruxelas e as plataformas.
Porém, Věra Jourová admitiu haver “muito a fazer”, pelo que remeteu mais medidas para o Plano de Ação para a Democracia Europeia, que será divulgado pela Comissão, ainda sem data.
Recentemente, o combate à desinformação na UE esteve em foco numa polémica relacionada com alegada cedência do Serviço Europeu de Ação Externa (SEAE) a pressões da China.
A polémica surgiu com um artigo do jornal New York Times, na semana passada, segundo o qual o mais recente relatório do SEAE sobre ‘fake news’ foi alterado depois de pressões da China para que a linguagem fosse suavizada.
Negando esta cedência, a diplomacia europeia reagiu apontando a China como fonte de algumas das campanhas de desinformação promovidas no quadro da atual pandemia.

ANE (ACC) // EA
Lusa/Fim

Image may contain: possible text that says 'COVID-19 FAKE NEWS'

fake news louçã

Image may contain: 1 person, meme, text that says "Ora aqui está o que a direita diz sobre mim. Só que é falso. Não estou reformado e não recebo nem receberei um cêntimo de subvenção ADOREI O 25 DE ABRIL REFORMEI- ME AOS 55 ANOS E RECEBO DE SUBVENÇÃO TODOS OS MESES"
Francisco Louçã

Parece que esta mentira vem de um site chamado direita.política e é uma festa nas redes de extrema-direita. Só que é tudo falso. Nem estou reformado nem recebo nem receberei um cêntimo de subvenção. Podia ter recebido um “subsídio de reintegração” ao sair do parlamento e recusei. Mas quem põe a mentira a circular sabe bem qual é a verdade, não sabe?

fake news prémio nobel

Aníbal C. Pires
1f2 oothSponcrsrfforesd

Sem comentários

Em publicação nas redes sociais, adaptada a várias línguas (incluindo a portuguesa), destaca-se que o Prémio Nobel da Medicina de 2018, Tasuku Honjo, terá alegado que o novo coronavírus foi fabricado artificialmente num laboratório na China. “A China está a mentir e a verdade um dia será r…

FAKE NEWS O VÍDEO “Autópsia de um equívoco”DE ANDRÉ DIAS

Leonel Morgado
25 mins

Já recebi nos últimos dias mais de 10 vezes, a pedirem-me opinião – até colegas! – o vídeo-mentira do André Dias, que claramente é das fraudes/asneiras mais perniciosas que por aí anda. Honra lhe seja feita, tem um dom de persuadir comparável ao dos vendedores de banha da cobra mais eficientes.
Não, meus senhores e minhas senhoras, o vídeo da “Autópsia de um equívoco” não é nada “credível” como parece ser. É uma grande quantidade de asneiras, de incongruências, de dados verdadeiros mal interpretados ou interpretados ao jeito que lhe dão, misturados com mentiras das cabeludas.
Aqui está quem teve pachorra para estar a desmontá-lo.

Descobri que ao ECO interessa mais a economia que a vida das pessoas. Talvez tenha sido ingénuo em pensar o contrário, já que é um jornal económico digital. Mas o que desconhecia era a parcialidade…

SCIENCEPOLITICSBLOG.WORDPRESS.COM

É verdade que o Facebook só exibe as mensagens de 25 dos seus “amigos”? (COM VÍDEO) – Polígrafo

Estará o Facebook a limitar o número de publicações que aparecem no seu mural de notícias, para que veja apenas conteúdos de 25 “amigos” através de um novo algoritmo? A resposta é não.

Source: É verdade que o Facebook só exibe as mensagens de 25 dos seus “amigos”? (COM VÍDEO) – Polígrafo

fake fake fake….PAREM DE POSTAR ESTA MENSAGEM É FAKE

É verdade que o Facebook só exibe as mensagens de 25 dos seus “amigos”? (COM VÍDEO) – Polígrafo

 

FAKE AHEAD, FAKE EM FRENTE…

Olá pessoal acho que é verdade porque eu também notei que os like são sempre das mesmas pessoas
Bom dia… Eu também fiz isso
Queria saber, onde estavam todos os meus amigos? É triste ter 3081 amigos e apenas 25 estão autorizados a ver minhas mensagens. Eu ignorei esse post mais cedo porque eu não pensei que funcionasse.
Está a funcionar! Tenho um novo feed de notícias. Assistindo publicações de pessoas que não vejo há anos.
Essa é a forma de contornar o sistema que o Faceboo

See more

******************************************************
Este tipo de posts é treta. Não é por copiarem o mesmo texto que se vão “ligar” uns aos outros. O Facebook liga uma pessoa a outra de acordo com a amizade delas e com o quão relevante o Facebook acha que os posts de uma pessoa são para a outra.
Deste modo, é muito mais fácil “treinar” o algoritmo do Facebook interagindo com os posts das pessoas que realmente nos interessam (likes, comentários, mensagens privadas, etc.).
A melhor maneira de ver quem o Facebook acha mais importante para uma pessoa é escrever um @ nos comentários da app móvel (sem escrever nenhuma letra) e ver quem aparece nas sugestões. Essas serão as vossas pessoas mais próximas, segundo o Facebook, e portanto serão os posts delas que verão mais.
Beijinhos e abraços 😊