Acordo histórico entre UE e EUA para reduzir dependência europeia do gás russo

O acordo foi anunciado pela presidente da Comissão Europeia e pelo Presidente dos Estados Unidos. São 15 mil milhões de metros cúbicos que passam a chegar da América. Ainda assim, longe do gás necessário para esmagar em definitivo a dependência da Rússia.

Source: Acordo histórico entre UE e EUA para reduzir dependência europeia do gás russo

EUA $$$ PARA A GUERRA

Congresso dos EUA aprova gastos de US$ 1,5 trilhão com US$ 13,6 bilhões de ajuda à Ucrânia
O Congresso dos Estados Unidos aprovou na noite de quinta-feira (10) projeto de lei que prevê gastos de US$ 1,5 trilhão para o ano fiscal, com US$ 13,6 bilhões de ajuda à Ucrânia.
“A lei bipartidária de gastos prova mais uma vez que membros dos dois partidos podem se juntar para entregar resultados ao povo americano”, disse a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki. “Ela vai reduzir custos para famílias e negócios, apoiar a recuperação econômica e fazer avançar a liderança americana no exterior.”
Al Drago – 12.jan.22/Reuters
Capitólio, em Washington
Capitólio, em Washington
Psaki afirmou que o presidente Joe Biden espera promulgar a lei e seu “apoio histórico ao povo ucraniano enquanto eles defendem seu país e a democracia”. Com apoio dos partidos Democrata e Republicano, depois de cinco meses de negociação, o texto deve ser sancionado pelo presidente Joe Biden.
A ajuda à Ucrânia prevista na lei comporta financiamento de munições e outros suprimentos militares, além de apoio humanitário.
O orçamento vai financiar o governo federal até setembro, quando termina o ano fiscal americano. Além da ajuda à Ucrânia, a lei garante verba a programas que são prioridade para os democratas, como a restituição de um programa contra a violência doméstica, e também aumenta o gasto militar em US$ 42 bilhões, para um total de US$ 782 bilhões -demanda dos republicanos.
Se a lei não fosse aprovada no Congresso até esta sexta-feira (11), agência federais do governo americano começariam a suspender seus programas considerados não essenciais. (Reuters e The New York Times)
May be an image of 1 person and monument
10
6 comments
1 share
Like

 

Comment
Share
6 comments

Most relevant

uso da base das lajes

Pela movimentação na base das lajes – e não só – estamos prestes a participar no conflito. A minha pergunta é:
– Com o combustível que aqui está armazenado, teremos capacidade para sobreviver a uma explosão?
– Certo é que não se pode nem deve abandonar a Ucrânia.
Acordo permite aos EUA utilizarem base das Lajes para operações militares da NATO
OBSERVADOR.PT
Acordo permite aos EUA utilizarem base das Lajes para operações militares da NATO
O Acordo Técnico estipula que os Estados Unidos da Am

EUA exploram trabalhadores na base das lajes

notifications

Trabalhadores portugueses ao serviço dos norte-americanos, na Base das Lajes, recebem abaixo do salário mínimo praticado nos Açores.
Existem trabalhadores a receber apenas 713€, ou seja menos 27,25€, do que, os 740,25, do salário mínimo na região
Lamentável!
May be an image of 1 person and sitting
Lamentavelmente existem trabalhadores portugueses, na Base das Lajes a ganhar abaixo do salário mínimo praticado região (740,25€), o que leva a que tenham de recorrer ao rendimento social de inserção, para sobreviver. É grave e ilegal que uma empresa pague abaixo do salário mínimo, mas é inadmissível, que as entidades portuguesas permitam que os norte-americanos o façam, no nosso território.
You and 13 others
30 comments
1 share
Sad

Comment
Share

30 comments

Top comments

  • Vitor Silva

    Author
    Temos a maior potencia mundial a utilizar uma infraestrutura na nossa região, não paga nada por isso, não cumpre as suas obrigações e não respeita os trabalhadores e com esses factos gravíssimos ninguém se indigna. Haja paciência.
    • Like

    • Reply
    • Share
    • 3 h
  • Francisco Silva

    E estes trabalhadores, trabalham directamente para os Americanos ?

    1

    • Like

    • Reply
    • Share
    • 7 h
View 6 more comments