A DESCOBERTA DO ZAIRE

May be a black-and-white image
Estas inscrições, na margem esquerda do rio Zaire a 2 quilómetros da foz do rio M’Pozo (no sentido jusante) foram gravadas numa rocha por portugueses, ficando conhecida como Pedra de Yellala. Acredita-se, que tenha sido gravado nos finais de Novembro do ano de 1485, no decorrer de uma segunda viagem de exploração marítima (iniciada a Setembro do mesmo ano).
O escudo usado naquela época, a cruz de Cristo e os nomes de vários navegadores, deixaram para a posteridade a permanência da presença portuguesa naquele lugar. O escudo, os castelos, as quinas gravadas, revelam que são posteriores à reforma decretada por D. João II, em Março de 1485.
Na pedra podemos ler «Aqui chegaram os navios do esclarecido rei Dom João o Segundo de Portugal, Diogo Cão, Pedro Anes, Pedro da Costa, Álvaro Pires, Pêro Escolar A».
Rogério Mimoso Correia, Ed Prates and 3 others