Arquivo de etiquetas: Cultura Culture Multicultural

se a ignorância pagasse imposto não havia dívida nacional…As perguntas mais absurdas sobre os Açores (e as respostas …

Perguntar não ofende e ainda bem. Caso contrário, os funcionários dos postos de turismo dos Açores chegavam ao fim do dia magoadíssimos. Aqui estão algumas das

Source: As perguntas mais absurdas sobre os Açores (e as respostas que elas merecem)

Please follow and like us:
error

DIR REG CULTURA ABERTAS AS CANDIDATURAS

Cultura Açores

6 hrs

⚠️ABERTAS AS CANDIDATURAS⚠️

A Direção Regional da Cultura promove, anualmente, prémios Culturais nas mais diversas áreas.
Em 2019 são contempladas as áreas de Escultura, Cinema Audiovisual e Fotografia.

Conheça todos os trâmites em:

⚠️FOTOGRAFIA- CHRISTIANO JÚNIOR
Regulamento:
http://www.culturacores.azores.gov.pt/…/…/20151026105834.pdf

Boletim de Inscrição: http://www.culturacores.azores.gov.pt/…/…/20151029152612.pdf

⚠️ESCULTURA – CANTO DA MAIA
Regulamento: http://www.culturacores.azores.gov.pt/…/…/20151026105721.pdf

Boletim de Inscrição: http://www.culturacores.azores.gov.pt/…/…/20151029152558.pdf

⚠️CINEMA AUDIOVISUAL – AYRES D´AGUIAR
Regulamento:
http://www.culturacores.azores.gov.pt/…/…/20151026105644.pdf

Boletim de Inscrição:
http://www.culturacores.azores.gov.pt/…/l…/2015102610551.pdf

CULTURACORES.AZORES.GOV.PT
Please follow and like us:
error

o valor da cultura no PIB

A CONTRIBUIÇÃO DO SETOR CULTURAL PARA O PIB

No momento em que se discutem formas de mobilização das pessoas para a luta, e todas elas são boas, a propósito da absurda política do Estado face à cultura e seus criadores e produtores, será bom lembrar os números económicos que o setor da cultura gera relativamente ao PIB:
Em 2010, Augusto Mateus, antigo ministro da Economia, publicou um relatório em que considerava que o “sector cultural e criativo havia originado, no ano de 2006, um valor acrescentado bruto (VAB) de 3.691 milhões de euros, empregando cerca de 127 mil pessoas, isto é, foi responsável por 2,6% do emprego e por 2,8% da riqueza criada em Portugal”. No mesmo ano, a indústria têxtil e de vestuário tinha gerado 1,9% e o setor da alimentação e bebidas 2,2%. Entre 2000 e 2006, o emprego total cresceu 0,4%, enquanto nos sectores ligados à Cultura a variação foi de 4,5%. Cinco anos depois, o INE calcula que as famílias portuguesas gastavam em 2011 uma média de 1.073 euros em cultura, equivalente a 5,3% dos gastos totais dos agregados familiares.

Não serão estes dados, elementos bastantes para que se olhe o setor cultural com olhos de ver? Não será já chegado o momento dos criadores e produtores culturais deixarem de jogar o papel de pedintes e exigirem ao estado que melhor trate esta galinha sua dos ovos de ouro?

Image may contain: 1 person, eyeglasses and closeup
Please follow and like us:
error

transmontanos com orgulho

mesmo sendo transmontano por adoção e herança genética

Ana Gil shared a video.

50 mins

-3:40

3,441,590 Views
Sou transmontano com Orgulho

TRAS-OS-MONTES
Se também és um verdadeiro transmontano tens de partilhar

Please follow and like us:
error