0 365 DE CAROLINA CORDEIRO

O meu 3.6.5. Ou um dia de cada vez, na voz do Mário Sousa.
3.6.5. Ou Um dia de Cada Vez - Livro Letras Lavadas
LETRASLAVADAS.PT
3.6.5. Ou Um dia de Cada Vez – Livro Letras Lavadas
3.6.5. Ou Um dia de Cada Vez é um diário ficcional onde um ano é maior e mais do que apenas um conjunto de dias; onde a expressão da vida aparece em forma singular.
You, Sérgio Rezendes, Pedro Almeida Maia and 3 others

MAYONE DIAS POR VAMBERTO FREITAS

Boa tarde. Vai aqui um passo do meu próximo “BorderCrossings” em Memória e Homenagem ao grande Professor e Escritor Eduardo Mayone Dias, recentemente falecido, e durante boa parte da sua carreira foi um distinto docente da Universidade da Califórnia, em Los Angeles. Foi um dos meus mentores, e era amigo da sua casa. Trata-se aqui de um prefácio ao seu livro “Miscelânea LUSAlândesa”, publicado em Lisboa em 1997. Foi uma grande honra para mim, e esta é a melhor maneira que encontrei de lhe dizer adeus e até um dia.
____
Parte de uma obra-espelho (claro) de todo um povo, “Miscelânea LUSAlândesa” aí está para lembrar e ensinar a todos, levemente, a quem queira saber que de um Portugal geograficamente reduzido saiu um povo heterogéneo e deveras interessantíssimo quando colocado nos mais longínquos e estranhos recantos ou centros dos mundo. Traz-nos, é certo, apenas uma pequena parcela do mundo lusíada, e uma que nunca teve (até aos anos mais recentes) um lugar digno na História “oficial” da Nação. Mas os factos e a reavaliação da nossa realidade nacional vão-se impondo com esforços como este. É que os acima de três milhões de portugueses diaspóricos, de que os da Califórnia e de muita outra América orgulhosamente fazem parte. Não poderão permanecer para sempre simples e ocasional apêndice da retórica governamental.
______
May be an image of 1 person, sitting and indoor
Darrell Kastin, Carlos Melo Bento and 13 others
Like

Comment
Share
0 comments