Palavra Encantada: Escritora Carolina Cordeiro | Susana C Júdice

Olá, cúmplices da escrita!   Porque promessas são para cumprir, hoje, o post do Palavra Encantada é dedicado a uma cúmplice da escrita, par

Source: Palavra Encantada: Escritora Carolina Cordeiro | Susana C Júdice

Palavra Encantada: Escritor Pedro Paulo Câmara | Susana C Júdice

Olá, cúmplices da escrita!   Hoje, o post do Palavra Encantada, é dedicado a um cúmplice da escrita que eu estimo muito, o escritor Pedro P

Source: Palavra Encantada: Escritor Pedro Paulo Câmara | Susana C Júdice

CARLOS ENES · NÃO RECUSE UM CONSELHO AMIGÁVEL

NÃO RECUSE UM CONSELHO AMIGÁVEL
A perda de rendimentos com o lay off levou-me a inventar uns biscates. Arrumador de carros foi chão que deu uvas; fingir de ceguinho já não amolece o coração de ninguém.
Decidi ser útil à sociedade. Comprei um aparelho de medir a febre na testa, umas luvas sofisticadas, uma máscara com um sorriso pendente, um boné que me confundisse com um respeitável agente de saúde e uma t-shirt com uma frase apaziguadora: – NÃO RECUSE UM CONSELHO AMIGÁVEL.
Fui até às praias do Estoril. Cumprimentei as tias, dei-lhes a mão na descida dos degraus, aconselhei-as a manter as distâncias, até ganhar confiança. Ao fim do terceiro dia, já me cumprimentavam com familiaridade. Decidi então passar ao ataque, botando um discurso científico:
– A madame já ouviu falar do efeito positivo dos raios ultravioletas no combate aos efeitos nocivos do COVID19?
– Pois já. Sabe que ainda ontem aconselhei a minha amiga Kikas a plantar mais violetas no jardim, à volta da piscina, para purificar o ambiente …
– Boa opção. Se me permitir vou então dar-lhe os últimos conselhos da DGS para que se proteja. Deite-se e vai ter que afastar os braços do corpo num ângulo de 70 graus. Isso mesmo. Agora vai ter que afastar as pernas com uma distância entre os joelhos de 50 cm. Com sua licença…
Agarrei delicadamente os tornozelos e fui afastando as pernas da Pitucha, que se ria com as cócegas que dizia sentir. No meio de gritinhos estridentes, abria as pernas suavemente sem qualquer constrangimento.
No dia seguinte, Pitucha,Kikas, Lili e sei lá quem mais, todas queriam a ajuda do simpático enfermeiro da Cruz Vermelha, com retribuições pecuniárias bem chorudas.
Perante o sucesso, decidi ir até à praia de nudistas, na Caparica. Se daqui a dois dias não der notícias nesta página, ou estarei no céu ou a ser assistido no Instituto de Socorros a Náufragos.
Cuidem-se e mantenham as distâncias entre os joelhos…

″Parece que nunca fomos cruzados, inquisidores, colonialistas, traficantes de escravos″ – DN

Tal como faz em 400 páginas o protagonista do novo romance de João de Melo, também o escritor questiona nesta entrevista a má convivência dos portugueses com a sua história: “Somos todos heróis, não perdemos nem fomos vencidos.” Uma revisão dos factos devastadora que chega às livrarias nesta terça-feira.

Source: ″Parece que nunca fomos cruzados, inquisidores, colonialistas, traficantes de escravos″ – DN

da nossa associada DIANA ZIMBRON

Uma enorme honra! Sigo atentamente o blog e hoje tive esta linda surpresa. Muito obrigada Susana Júdice

Olá, Cúmplices da Escrita! Hoje, dedico este post a uma cúmplice da escrita muito querida, Diana M. Zimbron.Conheci a Diana e parte do se

Adelaide Freitas’s novel Smiling in the Darkness is now available on Kindle

English translation* of Adelaide Freitas’s novel Smiling in the Darkness is now available on Kindle, as well as in soft-cover edition:
* Translation by Katharine F. Baker; Bobby J. Chamberlain, Ph.D.; Reinaldo F. Silva, Ph.D.; and, Emanuel Melo.