SOBRE ESTE BLOGUE

o blogue https://blog.lusofonias.net/ que divulga muita coisa incluindo tudo o que é importante para a AICL, foi submetido a uma limpeza radical.

Tinha mais de 52 mil entradas desde dezembro 2010, (quando comecei a rever isto em setembro) muitas delas caducas ou sem ligações atuais e agora depois de 4 meses de trabalho está mais magro e mais útil com cerca de 9400 entradas apenas submetidas a 190 etiquetas identificadoras.

contém notícias de todo o mundo em PT, ING, FR, ESP desde humor e insólito a coisas sérias, sendo que muitas delas não constam dos jornais ou dos telejornais.
visite o blogue, não precisa registar-se e cada visita sua é a recompensa das horas diárias que lhe dedico.

Please follow and like us:
error

Moises Lemos Martins Museu Virtual da Lusofonia foi notícia.

Moises Lemos Martins

Ontem e hoje, dia de Natal, o Museu Virtual da Lusofonia foi notícia.

No programa “90 Segundos de Ciência”, um programa da RTP Play, que vai para o ar na Antena 1, falei deste Museu na Web.

O Museu Virtual da Lusofonia é um Museu que realiza uma circum-navegação tecnológica, ao serviço da cooperação académica em Ciências Sociais e Humanas e do interconhecimento entre os povos de língua portuguesa e suas diásporas.

See more

Um grupo de investigadores da Universidade do Minho está envolvido no desenvolvimento do Museu Virtual da Lusofonia, promovendo o diálogo intercultura

 

Please follow and like us:
error

PARABÉNS CAROLINA CORDEIRO Associada da AICL

Do discurso autobiográfico à inquietação insular na obra Um Deus à Beira da Loucura, de Daniel de Sá. Tese de mestrado defendida hoje e com muito sucesso.
Um obrigada à minha orientadora Prof. Dra. Isabel Seara e ao caríssimo Dr. Roberto Pereira Rodrigues pela presença e palavras; ao sr. José Valério pela ajuda e carinho, desde o início deste longo processo; e, um grande obrigada à família e aos amigos, pela paciência e pelo apoio inesgotável! Um bem haja a todos! Vamos à próxima aventura! 😉

Image may contain: 4 people, including Carolina Cordeiro, people smiling, people standing and indoor
Please follow and like us:
error

ÁLAMO OLIVEIRA EM REPRESENTAÇÃO AICL EM BRUXELAS

Caro Álamo,

Espero que tenha gostado de estar em Bruxelas e que a viagem de regresso à Terceira tenha corrido sem problemas.

Aqui ficam todas as fotografias que

tirámos enquanto cá esteve. Use à vontade. Em anexo seguem algumas selecionadas por mim.

hdr
hdr
hdr

Obrigado por tudo, mas, essencialmente, por ter tirado uma parte do seu tempo para partilhar connosco. Gostámos muito!

Caro Chrys,

Obrigado por ter escolhido o escritor Álamo Oliveira para vir a Bruxelas. Os eventos em que participou, na Universidade de Gent, na Universidade Livre de Bruxelas e na La Petite Portugaise, foram muito apreciados e valorizaram os escritores açorianos. Em todos os actos de promoção, os Colóquios da Lusofonia e a Direção Regional da Cultura do Governo dos Açores foram mencionados.

 

MAIS FOTOS AQUI

hdr
hdr
hdr
hdr
hdr
hdr
hdr
hdr

hdr
hdr
hdr
hdr
hdr
hdr
hdr
hdr
hdr

Abraços aos dois,

Frederico

EXPLICAÇÃO

Por proposta de Frederico Cardigos do Gabinete dos Açores em Bruxelas, no 30º colóquio da lusofonia na Madalena do Pico a AICL estudou a possibilidade de levar um grupo restrito de autores açorianos a Bruxelas para numa sessão de 2 dias, divulgar a literatura de matriz açoriana e alguma da sua obra (livros ou excertos já traduzidos noutras línguas). Continuar a ler ÁLAMO OLIVEIRA EM REPRESENTAÇÃO AICL EM BRUXELAS

Please follow and like us:
error

AICL E ÁLAMO OLIVEIRA EM BRUXELAS

evento na “La Petite Portuguaise”,

“O escritor açoriano Álamo Oliveira estará na próxima semana em Bruxelas! No dia 17 de outubro dissertará sobre a sua obra poética e estará também disponível para conversar com todos os que visitarem a livraria “La Petite Portugaise”, Chaussée de Wavre 214B, Bruxelas. Álamo Oliveira publicou cerca de 40 livros com poesia, romance, contos, teatro e ensaios. O seu romance Até Hoje Memórias de Cão, em 3ª edição, recebeu, em 1985, o prémio Maré Viva, da Câmara Municipal do Seixal. Em 1999, recebeu o prémio Almeida Garrett/Teatro com a peça A Solidão da Casa do Regalo. As suas obras foram traduzidas em várias línguas. Em Abril de 2002, o Portuguese Studies Program, da Universidade da Califórnia em Berkeley, convidou–o, na qualidade de escritor do semestre, para lecionar a sua própria obra aos estudantes de Língua Portuguesa, sendo o primeiro português a receber tal distinção. Em 2010, foram-lhe conferidas as seguintes distinções: Insígnia Autonómica de Reconhecimento do Governo Regional dos Açores e Grau de Comendador da Ordem de Mérito da Presidência da República. A presença do escritor açoriano Álamo Oliveira a Bruxelas é uma iniciativa dos Colóquios da Lusofonia com o apoio da Embaixada de Portugal no Reino da Bélgica, do Gabinete dos Açores em Bruxelas e da Câmara do Comércio Belgo-Portuguesa.”

Please follow and like us:
error