O terror de um homem gay no Afeganistão: ″Estou a tentar sobreviver″

Ahmed, nome fictício, dado pela CNN, é o homem que encheu o WhatsApp desta cadeia de televisão e de ativistas dos direitos humanos sobre a sua luta pela sobrevivência num Afeganistão agora liderada pelos Talibã. Aos 32 anos, Ahmed experimentou o terror e o medo. Os dias tornaram-se meses, até que chegou a esperança: uma rota de fuga.

Source: O terror de um homem gay no Afeganistão: ″Estou a tentar sobreviver″

Publicado por

lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL