o golpe de fim de semana a tradutores

há muito tempo que já me haviam poupado ao chamado golpe de fim de semana ao tradutor, com um cliente desconhecido, difícil de verificar ou de credibilidade não verificada, que precisa urgente d euma tradução (nunca são pequenas) para o fim de semana….

hoje eram dez documentos para entregar na Imigração australiana até às 20 horas de domingo em Sydney….esta hora limite cheirou logo a esturro, fiz o orçamento acrescido das alcavalas de fim de semana e de urgência e enviei com a nota de que sendo cliente novo e desconhecido exigia prépagamento e assim posso continuar calmamente a usufruir do meu de fim de semana pois nem resposta tive…

será que os tradutores têm a palavra otário escrita na testa???

Sobre lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL
Esta entrada foi publicada em AICL no tag com as tags . ligação permanente.