nova obra de EDUÍNO DE JESUS

“COMO TENUÍSSIMA ESPUMA DE LUZ”
A livraria Letras Lavadas anunciou, na sua divulgação de abril, o livro de @Eduíno de Jesus “COMO TENUÍSSIMA ESPUMA DE LUZ” (poética fragmentária) com desenhos de Artur Bual e o 3º livro da N9na Poesia, livro que já divulgámos aqui no dia da poesia.
Eduíno de Jesus, para além da sua projeção como homem de letras e poeta, é um dos “nossos”, no sentido em que esteve sempre presente na Casa dos Açores em Lisboa.
Estudou no Liceu Antero de Quental e foi um dos promotores da Associação dos Antigos Alunos daquele liceu. Foi professor do ensino secundário e da Faculdade de Letras de Lisboa e da Universidade Nova de Lisboa. Foi consultor de várias enciclopédias de cultura.
Deixamos aqui um dos poemas e esperamos que os leiam todos:
“COMO TENUÍSSIMA ESPUMA DE LUZ”
Como tenuíssima espuma
de luz: eco perdido
da primeira vibração,
algures, no imo
do infinito
Nada…
Ou:
como um fogo
ainda não e jamais
acendido:
frémido de nenhuma
coisa ou alma,
digamos…
_súbito
explode no interior
da Palavra,
irrompe indomável
em todas os sentidos
do Sentido:
e o corpo do poema
ergue-se
e s p l ê n d i d o !
(2000)
ESTA OBRA SERÁ APRESENTADA EM JUNHO NO 34º COLÓQUIO DA LUSOFONIA EM PONTA DELGADA https://coloquios.lusofonias.net/XXXIV/MENU.htm
You, Conceição Mendonça, Pedro Paulo Camara and 9 others
6 shares
Like

Comment
Share

Publicado por

CHRYS CHRYSTELLO

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção da AICL

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

RSS
Follow by Email
Twitter
YouTube
LinkedIn