Meninas dão o pito aos rapazes e ficam a aguardar a gancha

Meninas dão o pito aos rapazes e ficam a aguardar a gancha
Hoje Domingo é dia 13 de Dezembro, dia de Santa Luzia.
Em Vila Real manda a tradição que as meninas de Vila Real ofereçam o pito aos rapazes. Mas eles ficam em dívida.
A 2 de Fevereiro , dia de São Brás , terão de dar-lhes a gancha . Uma tradição que começou por ser religiosa e que com o tempo ganhou cariz popular.
O pito é um doce, feito de massa quebrada em forma de quadrado cujos cantos são dobrados para dentro, guardando no seu interior doce de abóbora e canela.Tem o formato de uma espécie de penso antigo, que com pomada no meio se colocava na vista quando havia problemas” e a relação com Santa Luzia terá a ver com o facto de ela ser a “padroeira dos doentes com problemas de olhos”.
A gancha é açúcar e água. Assim simples. Um doce típico de Vila Real em forma de bengala, inspirado no báculo de São Brás, que foi bispo, e cuja associação não tem uma explicação muito bem definida. A gancha é só mesmo água e açúcar. Este vai numa panela ao lume e fica líquido, depois verte-se sobre uma banca de pedra e conforme vai arrefecendo é moldado .
S. Brás é o padroeiro das doenças da garganta porque, diz a lenda , quando um dia, uma criança estava engasgada com uma espinha na garganta e não havia maneira de lha tirarem. Então, São Brás usou uma espécie de gancha feita de açúcar e meteu-lha na boca. A criança colaborou porque a gancha era doce e conseguiu tirar-lhe a espinha. A partir daí ficou a tradição da gancha”.
Não há registos históricos de quando começou a tradição.
Mas esta tradição repete-se, ano após ano.
Uma troca que também já se estende a familiares e amigos, e que não dispensa uma boa dose de brejeirice.
Image may contain: food, text that says "Não se esqueça de dar o pito!!"
Fernando Paes Moreira-Bazooka and 2 others
4 comments
Like

Comment
Comments