Expresso | Em Cabul já só resta um português. E fica lá “até ser necessário”

Um bombeiro português continua no aeroporto da capital do Afeganistão, onde está a prestar apoio aos militares norte-americanos e aliados

Source: Expresso | Em Cabul já só resta um português. E fica lá “até ser necessário”