EUA POLÍCIA DO MUNDO

EUA – O POLÍCIA DO MUNDO
May be an illustration
O AUTO-ESTATUTO DECRETADO PELOS EUA DE SEREM «POLÍCIA DO MUNDO» COMEÇOU HÁ 117 ANOS
A política imperial iniciada, há quase 200 anos, pelos recém-constituídos Estados Unidos da América, com a chamada «Doutrina Monroe» formulada, a 2 de Dezembro de 1823, pelo então Chefe de Estado James Monroe, teve o seu desenvolvimento, a 6 de Dezembro de 1904, com o «Corolário Roosevelt (Roosevelt Corollary) que legalizou o intervencionismo norte-americano na América Latina com o estatuto de «poder de polícia internacional».
Na mensagem de 2 de Dezembro de 1823 ao Congresso, James Monroe justificava a acção dos EUA, em nome dos «direitos e interesses dos Estados Unidos» contra a Europa, com um argumentário anti-colonial, no «Corolário Roosevelt», criado pelo então Presidente Theodore Roosevelt a 6 de Dezembro de 1904, justificava a acção de agir como «polícia internacional» se os Estados latino-americanos não conseguissem impor a ordem interna de acordo com os interesses de Washington.
Foi com os propósitos de «Nação Civilizada», estatuto auto-intitulado por Theodore Roosevelt para os EUA, modelo este que seria referência para os outros Estados da América, que o poder dirigente norte-americano se auto-erigiu em «polícia do mundo» para obstar qualquer quebra de «laços da sociedade civilizada» nos outros países.
Foi com esta missão civilizadora que os Presidentes dos EUA intervieram nos anos seguintes em Cuba (1906-1910), Nicarágua (1909-1911, 1912-1925 e 1926-1933), Haiti (1915-1934) e República Dominicana (1916-1924).
12
6 shares
Like

Comment
Share
1 comment

Publicado por

lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL

error

Enjoy this blog? Please spread the word :)

RSS
Follow by Email
Twitter
YouTube
LinkedIn
%d bloggers like this: