de bradar aos céus da ecologia mesmo que digam o contrário

festival com dez mil pessoas nas sete cidades…

Estou parvo!
Parece que foi autorizado (não acredito) um festival denominado, “Atlantis Concert For Earth”, nos dias 22 e 23 de julho próximo na margem da Lagoa das Sete Cidades, prevendo a organização um movimento diário de 10.000 pessoas dia.
Todos sabemos, aliás, julgava que sabiam, o quão melindrosa é a mãe natureza em tão rico local, uma das “Sete Maravilhas de Portugal” e a joia da coroa na oferta turística de S. Miguel e dos Açores.
Ao longo destes 46 anos de autonomia, tem vindo os diversos Governos Regionais a investir muito dinheiro na preservação deste local, impedindo diversas atividades na área económica, turística e outras.
É, e muito bem, a caldeira do vulcão das Sete Cidades, zona de paisagem protegida e está integrada no Parque Natural da ilha de S. Miguel.
As suas lagoas são uma enorme reserva de água e, abastecem, grande parte do concelho de Ponta Delgada.
Como é possível autorizar este evento que, esperasse movimentar 10.000 pessoas dia, num local que deve ser cuidado com pinças, sem causar sérios prejuízos a esta frágil natureza e a tudo o que a envolve!
A ser verdade, estamos perante uma grande irresponsabilidade/incompetência de quem autorizou tal barbaridade!
Estamos a destruir a nossa galinha dos ovos de ouro! Vergonhoso!
Nota: Todos nós Micaelenses, recordamos alguns eventos, de muito menor dimensão, realizados naquela caldeira e seus resultados negativos na natureza e, na população que ali vive e precisa de repousar.
Haja tino!
(A foto foi tirada do Google)
Pode ser uma imagem de lago e natureza
Artur Neto and 33 others
11 comments
2 shares
Like

Comment
Share
11 comments
Most relevant

  • Ana Albuquerque Taveira

    Já é costume! Os que tem casas lá é que teem de fugir! Os primeiros havia cocaína ao copo do italiano, além de todas as outras! Soltem os cães !
    3
    • Like

    • Reply
    • 2 h
  • Ana Maria Coelho

    É o dinheiro que manda. Espero que o evento não se venha a realizar. 10 mil pessoas num local como esse e um crime ambiental. Quem manda só vê cifrões e quem vier atrás que d
    que feche a porta!!
    • Like

    • Reply
    • 2 h
  • Luisa Câmara

    Amigo não vale a pena.No entanto se for preciso outras coisas mais simples são proibidas e levamos multa é assim.
    2
    • Like

    • Reply
    • 2 h
    • Edited
  • Odete Botelho

    Muito vergonhoso, tudo por dinheiro e não pensaram que é um local a preservar
    • Like

    • Reply
    • 1 h
  • Ester Pontes

    E ainda dizem que protegem o ambiente? Onde está a Secretaria que trata disso? Dormindo…
    • Like

    • Reply
    • 1 h
  • José Carlos Soledade

    Ainda temos esperança que chova bem e bastante nevoeiro nos dias da festa
    • Like

    • Reply
    • 1 h
  • Ló Rego Costa

    Também já ouvi falar… quem é que autoriza isto???
    • Like

    • Reply
    • 1 h
  • Gilberto Silva

    Quem autoriza um evento destes?
  • Luís Silva Melo

    Não é inédito.
  • Jose Vieira Medeiros

    Secretaria do ambiente, câmara municipal, que teem a dizer sobre isto??