″A montanha do Pico é um vulcão e é tão só o maior vulcão dos Açores e o terceiro do Atlântico Norte″

Depois de uma palestra no Centro de Interpretação dos Capelinhos, no Faial, organizada pela GlexSummit, em paralelo ao evento principal em São Miguel, o vulcanólogo João Carlos Nunes, diretor científico do INOVA e professor da Universidade dos Açores, conversou com o DN sobre as origens do arquipélago, todo ele nascido dos magmas que vieram de debaixo dos fundos oceânicos, há seis milhões de anos no caso de Santa Maria e 300 mil anos no do Pico, a mais jovem das nove ilhas.

Source: ″A montanha do Pico é um vulcão e é tão só o maior vulcão dos Açores e o terceiro do Atlântico Norte″

Vulcão de Santa Bárbara na Terceira com níveis de sismicidade acima do normal – Açoriano Oriental

O Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA) colocou o vulcão de Santa Bárbara, na Terceira, em alerta científico V2 (possível reativação do sistema), devido aos níveis de atividade microssísmica, mas “sem motivo para alarme”.

Source: Vulcão de Santa Bárbara na Terceira com níveis de sismicidade acima do normal – Açoriano Oriental

Tonga. Vapor de água libertado por erupção de vulcão poderia encher 58 mil piscinas olímpicas

Cinquenta e oito mil piscinas olímpicas. É este o espaço que a erupção do vulcão em Tonga, país da Oceânia, conseguiria encher com a quantidade de vapor de água que libertou desde 15 janeiro, quando teve início. Cientistas continuam a tentar decifrar o que provocou este fenómeno, cujas consequências são ainda incertas. Entre elas poderá estar um aumento temporário da temperatura terrestre e a destruição parcial da camada protetora de ozono.

Source: Tonga. Vapor de água libertado por erupção de vulcão poderia encher 58 mil piscinas olímpicas

PICO A FUMEGAR

 

Favourites 19 m
LINHAS DE GEOLOGIA
PICO
No Pico há 3 principais unidades vulcanológicas: os complexos vulcânicos das Lajes, Calheta do Nesquim e Madalena.
Do ponto de vista morfo-vulcânico, a ilha do Pico (2 351 m) compreende 3 zonas distintas: 1) um imponente estratovulcão que domina todo o sector ocidental da ilha, a Montanha do Pico; 2) um segundo edifício vulcânico central, do tipo vulcão em escudo, o vulcão do Topo e 3) uma extensa cordilheira vulcânica com 29 km de comprimento e orientação geral WNW-ESSE, o Planalto da Achada, que se desenvolve entre a zona central da ilha e o seu extremo oriental e que inclui cerca de 170 cones de escórias e escoadas lávicas associadas (Nunes, 1999 e França, 2000).
No cimo da montanha do Pico, encontra-se a cratera central do vulcão, o Pico Grande. No seu interior eleva-se um cone de lava de 70 metros conhecido por Pico Pequeno ou Piquinho, de onde saem fumarolas.
Com 448 Km2 de superfície, a Ilha do Pico é a segunda maior do arquipélago.
3 shares
Like

Comment
Share

Expresso | O que fazem biólogos, astronautas, vulcanólogos e exploradores numa sala nos Açores? Dizem-nos que há um universo para continuar a explorar

Terceira edição da Cimeira dos Exploradores decorre até quinta-feira em São Miguel. É lá que estes especialistas partilham experiências e explicam o que andam à procura. No fundo dos mares até aos confins do Universo

Source: Expresso | O que fazem biólogos, astronautas, vulcanólogos e exploradores numa sala nos Açores? Dizem-nos que há um universo para continuar a explorar