POEMA DE EDUARDO BETTENCOURT PINTO

Se abraçares os pinheiros bravos
com as palavras mais inocentes,
encontrarás ainda a criança
e a sombra das suas mãos.
in CÂNTICO SOBRE UMA GOTA de ÁGUA
[Sexta-feira, 16 de Setembro na Livraria Solmar em Ponta Delgada, às 18:30]
Apresentação: Henrique Levy.
ESTEJAM CONNOSCO!
May be a close-up of 1 person
Vilca Merizio, Perpétua Santos Silva and 139 others
51 comments
5 shares
Like

Comment
Share
51 comments
Most relevant

poema do dia com sangue açoriano

CANTIGA PARA NÃO MORRER
Quando você for se embora,
moça branca como a neve,
me leve.
Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve,
me leve no coração.
Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.
E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.
(Ferreira Gullar)
May be an image of 1 person, standing, footwear and outdoors
11
2 comments
Like

 

Comment
Share