O HORRENDO CRIME NO PICO, REFLEXÕES

Resíduos. Há uns tempos, que os Açores vem assistindo ah fixação de muitos estrangeiros. Veem reformados, cansados, encantados ou foragidos e desencantados da vida. Outros terão chegado à conclusão, que o fim merece repouso ou reflexão. Mas o que merece por razões várias, reflexão, é o caso do Pico – a possibilidade de poder ter vizinhança (que é suposto) levar a que se acabe com a vida de dois possíveis vizinhos. Nem cabe na cabeça de um ser normal, mas é um facto. A solução para este caso não pode já ser, e infelizmente, encontrada. Mas estudar futuras, vai ser.Recorde-se que o homem era agressivo e tinha um pequeno arsenal… em casa
You and 2 others
3 comments
1 share
Like

Comment
3 comments

O CRIME DO PICO, MULHER DETIDA

CRIMES DESTES TÃO INVULGARES NOS AÇORES CAUSAM SENTIMENTOS DE XENOFOBIA E OUTROS ISMOS

 

 

May be an image of nature
Mulher do alemão suspeito de ter morto e queimado dois homens no Pico foi detida esta manhã
A Polícia Judiciária anunciou que, através do Departamento de Investigação Criminal dos Açores, no cumprimento de mandados emitidos pelo Ministério Público na Secção de São Roque do Pico do DIAP da Comarca dos Açores, procedeu durante esta manhã, à detenção de uma mulher, no âmbito do Inquérito por crimes de homicídio, profanação de cadáver e de detenção de arma proibida, no qual o marido foi anteriormente detido e submetido à medida de coação de prisão preventiva.
Segundo informação disponibilizada, a investigação desenvolvida permitiu alcançar relevantes elementos probatórios de que os crimes de homicídio foram praticados junto da propriedade do referido casal, com recurso a arma de fogo, com subsequente ocultação e destruição dos corpos através de carbonização.
A Judiciária diz que importa sublinhar a estreita colaboração prestada pela Polícia de Segurança Pública na Ilha do Pico, que foi relevante para o esclarecimento dos factos.
A detida, com 53 anos de idade, será presente às autoridades judiciárias competentes, para aplicação das adequadas medidas de coação.
5
1 share
Like

 

Comment
Share
0 comments

lapsos imperdoáveis da visita da ministra da justiça aos açores

Breve nota de observação política
A Senhora Ministra da Justiça, na primeira visita aos Açores desde que exerce funções, escolheu não reunir com o Conselho Regional dos Açores da Ordem dos Advogados, ignorando a opinião dos Advogados açorianos sobre o funcionamento da justiça – nos tribunais e nos serviços do Estado sob a tutela do Ministério da Justiça.
A Senhora Ministra também não pediu nenhuma audiência ao Presidente do Governo Regional dos Açores, o que para além de protocolarmente inapropriado revela um significativo alheamento político de quem veio aos Açores repetir anúncios e promessas.
Não há uma segunda oportunidade para causar uma primeira boa impressão.
Carmen Ventura, Henrique Levy and 4 others
5 comments
Like

Comment
Share
5 comments
All comments

  • Marisa Pereira

    Posso ser mazinha? Aquela senhora pareceu-me muito poucochinho enquanto Ministra…. Já na minha terra uma ministra é uma mesinha de cabeceira ou como diz o brazuca: criado-mudo… 😉
  • Isabel Leitão

    Meu Amigo tenho um bom remédio… o que a Senhora fez é uma falta de Chá… e um pacotinho deste ingrediente dos Açores, (que é excelente), de certeza faria milagres com a advertência para o tomar com colher e nunca usar um garfo. Um bj grd…
  • Paulo Alves Dos Santos

    Que falta de educação e respeito protocolar. Foi fazer o quê ai? Enfim….
    • Like

    • Reply
    • 4 h
  • Manuel Pereira

    Ui! Tanta irritação. Calma pessoal a srª disse que vai voltar cá porque quer visitar todos os serviços dependentes do seu Ministério.
    • Like

    • Reply
    • 3 h
  • Joao Pedro Tavares Carreiro

    Vir aos Açores com bom tempo é canja e é aproveitar que é por conta do contribuinte. Ministro vem, ministra vai. Tudo fica como está. Boa viagem.
    • Like

    • Reply
    • 2 h

ah ah ah……Ministra da Justiça diz que nova cadeia em São Miguel é uma prioridade – Jornal Açores 9

A ministra da Justiça disse hoje que a construção de uma nova cadeia em São Miguel, é uma “prioridade” e avançou que a atual prisão de Ponta Delgada vai sofrer requalificações de 100 mil euros. Em declarações aos jornalistas, após visitar o estabelecimento prisional (EP) de Ponta Delgada, Catarina Sarmento e Castro reconheceu a necessidade […]

Source: Ministra da Justiça diz que nova cadeia em São Miguel é uma prioridade – Jornal Açores 9