Os 70 anos da décima Ilha

José Soares

 

Os 70 anos da décima Ilha

 

 

Foi a 13 de maio de 1953 que o navio «Satúrnia» aportou a Halifax, na província atlântica de Nova Escócia, no Canadá. Nascia assim a décima Ilha açoriana que hoje é formada por quase meio milhão de emigrantes espalhados do Atlântico ao Pacífico, naquele que é o segundo país maior do mundo a seguir à Rússia.

Na página do Portal Diplomático, podemos ler:

“Foi em janeiro de 1952 que os países inauguraram oficialmente missões diplomáticas em ambas as capitais, tendo sido nesse ano acreditados o Embaixador William Turgeon como chefe da legação canadiana em Lisboa e, por seu turno, Gonçalo Luís Maravilhas Caldeira Coelho como Encarregado de negócios interino, assumindo a gerência da legação portuguesa em Otava. No entanto, a sua amizade e \os contactos oficiais têm raízes mais longínquas: a presença consular portuguesa no Canadá remonta ao início do século XIX, e os registos históricos notam a existência oficial de consulados portugueses no Canadá em 1945, data em que foi igualmente inaugurado o primeiro Consulado-Geral canadiano em Lisboa. Dois anos mais tarde, Portugal nomearia o seu primeiro Cônsul-Geral em Montreal.”

‘Durante estes 70 anos, Portugal e o Canadá uniram esforços para desenvolver um relacionamento sólido e abrangente nos domínios político, económico e cultural. Este ano será mais uma ocasião para ambos projetarem o futuro da sua relação, reafirmando a vontade de fortalecer laços de amizade alicerçados numa vincada afinidade entre os dois povos.’

E para dar início a essas comemorações, realizaram-se no passado dia 19, na Biblioteca Pública de Ponta Delgada e dia 20 em Angra do Heroísmo, duas sessões inaugurais, promovidas pela Direção Regional das Comunidades, Governo Regional dos Açores, onde passamos a citar:

“As referidas sessões públicas destinam-se a conhecer as importantes comunidades açorianas radicadas nas províncias canadianas de Ontário e Quebeque, na perspetiva da comunicação social, tendo como oradores convidados Nellie Pedro, diretora do programa televisivo “Gente da Nossa TV”, em Toronto e Norberto Aguiar, editor do jornal “LusoPresse” e do programa “LusaqTV”, em Montreal.”

Lembrar e comemorar datas como a do desembarque de um punhado de homens em Halifax, a 13 de maio de 1953, são ações de memória intrínsecas ao ser humano que nos permitem refletir criticamente sobre o passado e, são ao mesmo tempo, fonte de muitas lições para futuras gerações.

Na sessão em Ponta Delgada no dia 19, compareceram muito poucas pessoas – cerca de vinte – onde, aliás e pelo tamanho da sala escolhida, fazia prever fraca assistência. A Diáspora continua a ser o trauma que os residentes nas Ilhas querem apagar da memória, por razões que serão do foro psicanalítico. O menosprezo dos residentes nos Açores pela sua emigração é flagrante nas diversas manifestações culturais sobre o assunto.

Um assunto a que os estudiosos se deviam interessar…

 

70 anos da Emigração Açoriana

HOJE NA BIBLIOTECA PÚBLICA DE PONTA DELGADA
A primeira de duas sessões comemorativas dos 70 anos da Emigração Açoriana para o Canadá tem hoje lugar, pelas 18h00, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada.
Matthew Correia (em substituição de Nellie Pedro que não poderá estar presente por razões particulares) e Norberto Aguiar são os oradores convidados, numa iniciativa que terá a condução e moderação do Diretor Regional das Comunidades, José Andrade, e que pretende caraterizar, na perspetiva da comunicação social. a situação atual das duas maiores comunidades açorianas do Canadá.
TODAY AT THE PUBLIC LIBRARY OF PONTA DELGADA
The first of two commemorative sessions for the 70th anniversary of Azorean Emigration to Canada will take place today at 6 p.m. at the Public Library and Regional Archive of Ponta Delgada.
Matthew Correia (replacing Nellie Pedro who cannot be present for private reasons) and Norberto Aguiar are the guest speakers at an initiative that will be conducted and moderated by the Regional Director of Communities, José Andrade, and which aims to characterize, from the media’s perspective, the current situation of the two largest Azorean communities in Canada.
May be an image of text that says "GOVERNO DOS AÇORES 19 de janeiro Ponta Delgada Biblioteca Pública Arquivo Regional Ponta Delgada 20 de janeiro Angra do Heroísmo Biblioteca Pública Arquivo Reg gional Luís sdo Silva Ribeiro 18h00 Nellie Pedro Gente daNossaT Nossa Toronto Norberto Aguiar LusoPresse LusaqTV Montreal Emigração açoriana para CANADA Sessões Comemorativas"
All reactions:

Manuel Carvalho and 15 others

3 shares
Like

Comment
Share
0 comments

açorianos no rio grande do sul

Uma honra representar o Senhor Presidente do Governo dos Açores no Encontro Estadual de Raízes Açorianas, que encerra as comemorações dos 270 anos do povoamento açoriano do Estado do Rio Grande do Sul e dos 250 anos da fundação açoriana da sua capital, Porto Alegre.
Um orgulho associar o Governo dos Açores, como não podia deixar de ser, à celebração de um feito histórico do povo açoriano: um arquipélago com menos de 250 mil habitantes impulsionou a criação de um estado com mais de 11 milhões de habitantes.
Na maior cidade do mundo fundada por açorianos, Porto Alegre, mais de 200 pessoas reunem-se durante três dias para partilharem uma centena de comunicações em representação de dezenas de municípios de base açoriana no extremo sul do Brasil.
Este programa, tão intenso quanto interessante, celebra o passado com os olhos no futuro:
+9
You and 1 other
1 share
Like

Comment
Share
0 comments