arte inconseguida

+9

A ignorância e a incultura intrínseca e embutida no ser humano, são realmente a fonte e a causa da sua própria destruição em termos gerais. O uso incorrecto das suas “capacidades”, o mau aproveitamento da matéria-prima em seu poder e a forte vontade em adquirir, possuir e usufruir de protagonismo sem olhar a princípios, meios, nem fins, com o intuito único e final de adquirir a todo o custo poder e glória, mesmo que para tal não haja a mínima razão ou conteúdo que justifique a conclusão, cada vez mais nos conduz ao abismo da mediocridade e da destruição. Se esta obra foi previamente apresentada em maquete ou em desenho em reunião com ata lavrada, à junta de freguesia da minha terra Ginetes e foi aceite como produto final, então que me desculpe a junta de freguesia por eu dizer e aconselhar que deveriam consultar quem realmente entende de arte e do seu significado, por outro lado, se ficou ao critério do artista, que do qual eu não sei nada, não faço ideia quem seja, nem a tal estou interessado e avaliando simplesmente o produto final, aconselho então o artista, a tirar um curso de escultura e do seu significado, talvez assim consiga entender, a avaliar e a resumir conscientemente com bases fidedignas no conhecimento e história da escultura, o que representa e qual o peso do seu eterno poder. Não sou escultor nem nada que se pareça, mas tenho dois olhos na cara, tenho sentimentos humanos, lógicos e artísticos e acima de tudo, tenho um cérebro que pensa, que avalia e que consegue fazer raciocinar a diferença das coisas, do bem e do mal, do aceitável e do ridículo e entre o lógico e a aberração ilógica. Sinceramente….Mas alguém acha esta obra interessante e com algum significado? Mas afinal perdemos totalmente o fia à meada? Será que não conseguimos distinguir mais, o bonito do feio etc.? Bom… se os buracos atrás da escultura são como me disseram (e digo disseram me, porque não tive a oportunidade de presenciar à inauguração nem ouvir o discurso justificativo de tal obra), são para simbolizar a larva da ferraria, minha mãe do céu, mais fácil, barato e eficaz, seria terem ido à própria Ferraria buscar uma pedra de larva verdadeira, isto é, não coberta e suportada em cimento à vista, como esta aqui está, com forma natural e esculpida pela própria natureza e aí no mesmo sitio a colocariam, teria tido muito mais valor e significado, do que esta peça esburacada, coberta de cimento tombada para trás e suportada por dois ferros à vista que não fazem o menor sentido, nem muito menos fazem parte qualquer de pedra vulcânica. Isto é simplesmente a minha opinião e o que eu acho em relação a este aborto, que virou monumento pelos vistos. Há um provérbio antigo que diz, a melhor forma de aprender é ouvir, façam-no por favor, ouçam os outros, peçam opiniões e aconselhem-se, será bem melhor do que deixarem que o vosso ego vos atrofie o cérebro e caia definitivamente no ridículo. Há que por cada macaco no seu galho e ter a humildade necessária para se ser humilde o quanto necessário. Tudo isto me faz concluir sinceramente, que vivemos tempos em que podemos voltar aos tempos, em que um individuo com um só olho, pode muito bem ser rei numa terra de cegos. Quando eu não sei pergunto, como tal, eu adorava pilotar um avião, mas o facto é que não o sei fazer. Como já disse, é apenas a minha opinião, não é dirigida a ninguém pessoalmente e não a confundam como crítica destrutiva ou coisa parecida, porque o intuito é exatamente o oposto.

All reactions:

Chrys Chrystello

LIMA DE FREITAs

A Emergência do Imaginal e a Palavra Perdida – JOSÉ CARLOS THIAGO DE OLIVEIRA
A Emergência do Imaginal
e a Palavra Perdida
A Alberto Castro Ferreira
I
“Hypothesis non fingo”
(…)
All reactions:

7

3 comments
7 shares
Like

Comment
Share

3 comments

restauro muito bem feito

Tecto da ermida do Convento da Caloura: restauro concluído.

Tecto da ermida de Nossa Senhora das Dores – Convento da Caloura – ilha de São Miguel – Açores – após a conclusão da intervenção 🤩
O nosso agradecimento a todos os colaboradores do ACROARTE que participaram neste trabalho, pelo esforço, persistência e profissionalismo com que levaram a cabo cada tarefa 😍
Ao nosso amigo e consultor Dr. Artur Goulart, pela tradução das frases Bíblicas que se encontram nas cartelas do tecto.😍
Aos proprietários desta joia, pela confiança depositada no nosso trabalho e pela paciência perante a morosidade de todo o processo de conservação e restauro 😍

All reactions:

Ana Monteiro, Clara Ganhão and 89 others

5 comments

3 shares

Like

Comment
Share
5 comments
Most relevant



Ana-Alice S. Pereira no seu portal: A BELEZA REDENTORA

Favourites
Escreve Ana-Alice S. Pereira no seu portal:
A BELEZA REDENTORA
Em 1951 Ninalee Craig era uma jovem estudante de arte em Florença quando o acaso de uma viagem do comboio a fez conhecer a fotógrafa Ruth Orkin.
Na foto que ficaria para a posteridade – An American Girl in Italy – a bela Ninalee desliza sobre o passeio num túnel aberto de desejo e concupiscência.
A foto foi pela primeira vez publicada na Cosmopolitan, ilustrando um artigo com conselhos sobre viagens – “When you travel alone..”
Muitos anos mais tarde, já em tempos de feminismo exacerbado, Ninalee Craig, perguntada se se tinha sentido intimidada com todos aqueles olhares masculinos, diria:
“I was having the time of my life. I was Beatrice walking through the streets of Florence. I felt that at any moment I might be discovered by Dante himself.”
Acho esta foto lindíssima. Porque é a foto de um mulher livre – vai formosa e segura – atravessando inteira e serena por entre os olhares de desejo desbragado que tocam, mas não ferem.
Eles, por seu lado, são igualmente livres, homens sem vergonha de serem machos, em êxtase antecipado diante do esplendor da mulher.
E há dois deles que eu acho muito engraçados: o de chapéu de chuva, encostado ao prédio, e o que está à frente na scooter. Fazem-me lembrar o dito de um conhecido meu – “Os olhos também comem e às vezes são mesmo a única coisa que come.”
Abaixo todos os radicalismos com que nos querem cortar a humanidade!
A beleza é sempre redentora.
May be an image of 13 people, people standing and outdoors
Roberto Y. Carreiro, António Cunha Duarte Justo and 93 others
9 comments
5 shares
Like

Comment
Share
9 comments
Most relevant

Um Homem Senta-Se Frente A Frente Com A Ex-Namorada, 30 Anos Depois. A Reacção…

No anos setenta, Marina Abramovic viveu um intensa história de amor com Ulay. Durante cinco anos eles viveram num furgão percorrendo o mundo. Quando acharam que a relação entre ambos já não devia continuar, resolveram percorrer

Source: Um Homem Senta-Se Frente A Frente Com A Ex-Namorada, 30 Anos Depois. A Reacção…Ainda Estou Em Lágrimas! – Tá Mesmo Brutal

cinema BATALHA, A ARTE QUE A PIDE ESCONDEU