ESTREIA – “ABANDONADOS”, um filme do realizador Francisco Manso Dili, Timor-Leste

“”, ̧

| :
̧̃ ́ –
Já tem planos para a próxima terça feira, dia 15 de novembro?
Timor-Leste foi o país naturalmente escolhido pelo realizador Francisco Manso para estrear o seu mais recente trabalho, que conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República Democrática de Timor-Leste, Dr. José Ramos-Horta.

“Abandonados” é uma história esquecida, de coragem, de sacrifício sobrehumano, ocorrida em Timor durante a II Guerra Mundial, com a invasão do Japão. Baseado em factos reais, este filme recorda a aliança inédita entre portugueses, timorenses e australianos, contra um inimigo comum.
O filme narra a situação dramática em que ficaram muitos desses homens e mulheres, esquecidos e abandonados em Timor e a luta persistente de um militar – o Tenente Pires, que contra todos os obstáculos e dificuldades, criados, aliás, pelo próprio governo de Salazar, tudo fez para salvar os seus companheiros, até ao seu sacrifício final.
̧̃:
May be an image of 1 person, beard and text
TUE, 15 NOV AT 08:00 UTC-01
ESTREIA – “ABANDONADOS”, um filme do realizador Francisco Manso – entrada livre!
Dili, Timor-Leste

Ricardo and Carla

Interested
1
Like

Comment
Send

0 comments

PARABÉNS LELOUCH

 

 

Feliz Aniversário, Claude Lelouch!
Claude Lelouch, o realizador francês de ” Um homem e uma mulher”, faz hoje 85 ANOS
Em 30 de outubro de 1937 nasceu Claude Lelouch, argumentista, produtor e cineasta francês. Dirigiu filmes como “L’Amour avec des Si” (1964), “Um Homem, Uma Mulher” (1966), “Viver por Viver” (1967), “Loin du Vietnam” (1967), “O Homem Que Eu Amo” (1969), “Um Homem Como Poucos” (1970), “L’Aventure C’est L’Aventure” (1972), “A Dama e o Gângster” (1973), “Toda uma Vida” (1974), “Le Bon et les Méchants” (1976), “Se Tivesse Que Refazer Tudo” (1976), “Outro Homem, Outra Mulher” (1977), “Roberto e Roberto” (1978), “Retratos da Vida” (1981), “Viva la Vie!” (1984), “Um Homem e Uma Mulher: 20 Anos Depois” (1986), “Itinerário de um Aventureiro” (1988), “Os Miseráveis” (1995), “Mulheres e Homens – Modo de Usar” (1996), “Hasards ou Coïncidences” (1998), “11 de Setembro” (2002), “Amantes e Infiéis”, (2002) “Crimes de Autor” (2007), “Esses Amores” (2010)
Chrys Chrystello
Like

Comment
Share