a crise da CP

Mais Norte

23 hrs

Um comboio Alfa Pendular que, na tarde da última terça-feira, fazia a ligação entre Lisboa e Braga sofreu uma avaria considerada grave, que obrigou ao transbordo dos passageiros na estação de Campanhã, no Porto. Numa viagem em que chegam a ser atingidos os 220 quilómetros por hora, os rolamentos de um dos rodados griparam, fazendo com que o veio que liga as rodas de uma carruagem derretesse devido às altas temperaturas.

Apesar de testemunhas terem visto fumo à passagem do comboio por Aveiro, a avaria só foi descoberta quando, com este já parado na estação de Campanhã, passageiros e técnicos da EMEF perceberam que o veio estava incandescente.

A Comboios de Portugal refere que só fala após a conclusão do inquérito entretanto instaurado. Mas fontes contactadas pelo JN garantem que o caso, que teve lugar precisamente no dia em que decorreram 33 anos do acidente de Alcafache, o maior desastre ferroviário em Portugal, que causou mais de 200 mortos, poderia ter tido consequência dramáticas. E, em última instância, poderia ter provocado o descarrilamento do Alfa Pendular.

O Sindicato Nacional Democrático da Ferrovia (SINDEFER) defende até que “um dia não há milagre…”. “O incidente poderia ter tido consequências gravosas”, acrescenta Francisco Fortunato. Segundo este dirigente sindical, a falta de material circulante, aliada à falta de trabalhadores da EMEF, empresa responsável pela manutenção dos comboios, e à continuação da “oferta comercial” nos moldes de sempre, faz com que “estejam reunidos os ingredientes que tornam a situação explosiva”. “Um acidente pode sempre acontecer, mas é mais provável que ocorra na atual conjuntura. Os ciclos de manutenção do material circulante são cada vez mais largos”, justifica.

O presidente do SINDEFER alerta ainda que “a degradação da infraestrutura [linhas férreas] potencia a ocorrência de acidentes”. “Tenho a informação que o sistema de deteção de pontos quentes [usado para identificar eventuais avarias] da Linha do Norte foi desativado”, revela. Em resposta a esta questão, a Infraestruturas de Portugal, que tem a seu cargo a manutenção da linha férrea, alega que “o referido sistema é complementar/auxiliar de segurança e só é de instalação obrigatória em canais interoperáveis, nos quais o material circulante não disponha de instrumentação própria a bordo”.

JN.PT
Um comboio Alfa Pendular que, na tarde da última terça-feira, fazia a ligação entre Lisboa e Braga sofreu uma avaria considerada grave, que obrigou ao transbordo dos passageiros na estação de Campanhã, no Porto. Numa viagem em que chegam a ser atingidos os 220 quilómetros por hora, os rolame…

O GADO HUMANO JÁ TEM CHIP NA SUÉCIA

A colocação do microchip é um processo idêntico à colocação de um piercing e envolve uma seringa para se injetar o chip. Uma possível desvantagem, indica a AFP, é que alguns implantes podem causar infeções ou reações ao sistema imunitário do corpo.

Comments
Anabela Teixeira E vai chegar cá, já esteve mais longe. Mas a mim não me põe nenhum, prefiro a morte!
2

Manage

Reply10h

1 Reply
Fabio Fa Há uns anos riam-se todos quando se falava nessa possibilidade… chamavam-nos malucos. 😂
3

Manage

Reply3h

Nuno Ferreira Prefiro um tiro na cabeça !

Manage

Reply15m

Os maiores erros do Google Earth – Estes erros do Google Earth deixam qualquer um desorientado – SAPO Viagens

Tenha atenção da próxima vez que recorrer ao Google Earth para se orientar numa viagem.

Source: Os maiores erros do Google Earth – Estes erros do Google Earth deixam qualquer um desorientado – SAPO Viagens

dangers of a hi tech intelligent house

-0:19

489 Views
Imagens de Marca

Quais os perigos de uma casa inteligente?
Saiba mais aqui: https://www.imagensdemarca.pt/…/quais-os-perigos-de-uma-ca…/

deixe de usar cortinas, use areia

-1:27

25,212,184 Views
Álvaro Ramírez + Arquitectos

VENTANAS… Arena, un sustituto para las “cortinas”.

Windows… Sand, a substitute for “curtains”.

arroz plástico já fabricado em Angola

Teixeira Bastos shared a video.
7 hrs

ARROZ DE PLÁSTICO

Fábrica de arroz de plástico já em Luanda, cidade da China/Viana.
Partilhem pessoal, querem nos matar os familiares e amigos, somos humanos, não comemos plásticos. Chega de abusos🙅‍♂️

See More

-1:15

63,255 Views
Ninguém

Fábrica de arroz de plástico já em Luanda, cidade da China 🇨🇳/Viana.

Partilhem pessoal, querem nos matar os familiares e amigos, somos humanos, não comemos plásticos.😡 chega de abusos🙅‍♂️

Identifiquem os amigos e familiares e salvem vidas.

Por que especialistas recomendam embrulhar chaves automáticas do carro em papel alumínio? – BBC News Brasil

Estratégia é uma das possíveis precauções contra tipo de roubo que tem se tornado cada vez mais frequente.

Source: Por que especialistas recomendam embrulhar chaves automáticas do carro em papel alumínio? – BBC News Brasil

Porto Espacial de Santa Maria [IN]Viabilidades

Paulo Ramalho shared a post.
5 mins

E se nos concentrássemos todos no desenvolvimento sustentável de Santa Maria, em vez de andar às sobras dos foguetes dos outros? Mais uma opinião sobre este assunto.

RUMOSONHO.BLOGSPOT.COM
-O tema de conversa e discussão do momento em Santa Maria é o investimento de 200 Milhões de €uros num Porto Espacial no lugar das Piedade…

foguetões na Malbusca?

Alexandra Pacheco shared a post to the group: Info: Santa Maria (Açores).

A palavra a quem sabe do assunto!

Image may contain: cloud, sky, mountain and outdoor
Desmistificando o Lançamento de Veículos Espaciais – Foguetões

21 hrs

Veio recentemente a público, curiosamente no jornal Público [1], uma notícia de que a Portuguesa Deimos Engenharia estaria a colaborar com a Britânica Orbex no desenvolvimento de um novo lançador, o Prime [2].

Entretanto, decorreu no passado dia 24 de Julho, entre as 17 e as 18 horas, uma reunião aberta ao público com o Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia em Santa Maria.

Apesar de muito preliminar, a informação divulgada é bastante animadora e vai de encontro ao que saiu no Público [1].

De forma sumária:
• As instalações serão construídas em Santa Maria, não estando previsto haver estruturas noutras ilhas;
• O perímetro de segurança está previsto ser de cerca de 750 a 1000 metros;
• Não vai haver impacto nas estradas, mas é possível que se tenha de proceder a melhoramentos em alguns pontos;
• A fase de maior ruído dura cerca de 10 segundos;
• O impacto no ambiente é praticamente nulo, face ao tipo de combustível a ser utilizado;
• Spaceport de reduzidas dimensões, à semelhança do que acontece na Nova Zelândia.

O detalhe mais importante, nesta fase, é que o Prime utiliza combustíveis limpos se bem que há, para já, alguma informação contraditória; algumas fontes apontavam o gás natural líquido (LNG) mas outras apontam o propeno [3].

A nível ambiental a diferença é pouca:

CH4 [Metano ou gás natural líquido (LNG)] + 2 O2 [Oxigénio] → CO2 [Dióxido de Carbono] + 2 H2O [Água] + Energia

C3H8 [Propeno] + 5 O2 [Oxigénio] → 3 CO2 [Dióxido de Carbono] + 4 H2O [Água] + Energia

O único poluente resultante é o dióxido de carbono, mas este não é tóxico (aliás, neste preciso momento, o caro leitor está a produzir dióxido de carbono de cada vez que expira).

Para o leitor ter alguma perspectiva a indústria aeroespacial, como um todo, apenas contribui com 2% de todas as emissões de dióxido de carbono a nível mundial.

Por comparação um carro comum além de produzir dióxido de carbono também emite, entre outros, os seguintes elementos:
•Óxidos de azoto (NOx);
•Monóxido de carbono (NOx);
•Fuligem.

O monóxido de carbono, em particular, é altamente tóxico e constitui a principal causa de envenenamento por via aérea em muitos países [4].

Posto isto a questão ambiental passa a ser, praticamente, uma não questão:

O caro leitor polui mais e “envenena” mais o ar da nossa ilha, e já agora do nosso planeta, de cada vez que liga o seu carro do que um veículo destes quando é lançado !

Assim sendo, existem outras questões fundamentais sobre as quais falarei mais tarde, mas para já estamos no bom caminho !

Imagem © Orbex.

[1]https://www.publico.pt/…/ilha-de-santa-maria-confirmada-com…
[2]http://www.elecnor-deimos.com/partnership-with-orbex/
[3]https://spacenews.com/orbex-stakes-claim-to-european-small…/
[4]https://www.sciencedirect.com/…/arti…/pii/S0300483X02003876…

deste futurismo até gosto

-2:50

This transport device drives over traffic
FACEBOOK WATCH
1,090,096 Views
What the Future

17 hrs

Taking public transportation to the next level.