não vale A PENA COMPRAR CASA

For my Portuguese friends: Em Portugal e de um modo geral – fora situações especulativas ou de negócio – comprar uma casa para habitação própria é um mau negócio, devido à fiscalidade que se paga sobre a propriedade. Em 50 anos, em média, paga-se ao Estado impostos sobre a propriedade em valor igual a metade do valor da casa. (Link cortesia José Lucas Cardoso)

PS: A situação é mais grave ainda. Como refere Rui Ávila, “Para além disso, como brevemente exporei, a receita do Estado ao longo do processo de fabricação de uma casa é cerca de 40% do seu preço.”

About This Website

PUBLICO.PT
Associação de proprietários contabilizou os impostos cobrados, a longo prazo, por uma habitação e concluiu que o Estado recebe em impostos quase metade do custo inicial da…

ANA coloca acesso de viaturas e peões ao aeroporto de Ponta Delgada em consulta pública – Açoriano Oriental

A ANA colocou, esta sexta-feira, em consulta pública um diploma que regulamenta a circulação de viaturas e peões nos acessos aos terminais de passageiros do Aeroporto de Ponta Delgada, que tem vindo a registar um “crescente número” de “entidades”.

Source: ANA coloca acesso de viaturas e peões ao aeroporto de Ponta Delgada em consulta pública – Açoriano Oriental

Portugal acusado de tentar eliminar Espanha da primeira volta ao mundo

Um artigo do ABC acusa Portugal de tentar branquear a história nas comemorações dos 500 anos da circum-navegação de Fernão de Magalhães e na candidatura à UNESCO da Rota de Magalhães

Source: Portugal acusado de tentar eliminar Espanha da primeira volta ao mundo

Portugal no seu melhor: as 15 rotundas mais caricatas do país | VortexMag

Minhocas, relógios, números… tudo serve para decorar uma das imagens de marca de Portugal. Descubra as 15 rotundas mais caricatas do país.

Source: Portugal no seu melhor: as 15 rotundas mais caricatas do país | VortexMag

o meu amor transmontano in ChrónicAçores (DE TIMOR A MACAU, AUSTRÁLIA, BRASIL, BRAGANÇA ATÉ AOS AÇORES)

tras os montes CRÓNICA 58

 

in ChrónicAçores (DE TIMOR A MACAU, AUSTRÁLIA, BRASIL, BRAGANÇA ATÉ AOS AÇORES) http://www.scribd.com/doc/39955110

ISBN 978-9728-9855-47 Ed. Calendário de Letras http://www.calendario.pt/index.php?id=246&cat=203&pid=55

CRÓNICA 58. SAUDADES e MEMÓRIAS TRANSMONTANAS, setº 2008

58.1. VIAGENS INESQUECÍVEIS DE TEMPOS JUVENIS
58.2.1. A CASA DOS CONDES DE VIMIOSO
58.2.2. DO RATO DE CABRERA E OUTROS EM VIAS DE EXTINÇÃO
58.2. 3. EUCÍSIA (ALFÂNDEGA DA FÉ)
58.3. ALFÂNDEGA DA FÉ.
58.3.1. LENDAS E TRADIÇÕES
58.3.2. LENDA DOS CAVALEIROS DAS ESPORAS DOURADAS, OU DO TRIBUTO DAS DONZELAS.
58.3.3. LENDA DE FREI JOÃO HORTELÃO.
58.3.4. FREI JOÃO HORTELÃO (outra versão)
58.4. DO AZINHOSO AO SENDIM DA RIBEIRA
58.5. QUINTA DA BENDADA e SENDIM DA RIBEIRA
58.6. MOGADOURO