SATA CONDENADA A PAGAR A PILOTO

O advogado do piloto despedido pela SATA em 2015, após criticar no Facebook um administrador da companhia aérea, classificou de “inédita” a decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), que considerou ilícito o afastamento do trabalhador.

Sobre AICL lusofonias.net

Chrys Chrystello presidente da direção e da comissão executiva da AICL
Esta entrada foi publicada em AICL no tag com as tags . ligação permanente.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.