portugueses felizes

via Luisa Stoop

PORTUGUESES, POVO FELIZ…

Segundo um estudo do Prof. José Colmeia vindo recentemente a público, os portugueses já podem ser felizes porque têm quem trate, por eles, das suas coisas e, por isso, não têm de se preocupar ou incomodar com elas, nem têm de dizer mal de si próprios por aquilo que fariam com elas.

Os portugueses podem agora apreciar e gozar “il dolce far niente” pois, de facto:

– Da sua banca tratam os espanhóis.

– Da sua eletricidade tratam os chineses.

– Dos seus combustíveis tratam os angolanos.

– Da sua TAP tratam os brasileiros.

– Dos seus aeroportos e espaço aéreo tratam os franceses

– Do seu correio tratam os ingleses, franceses, alemães e noruegueses.

– Das suas comunicações tratam os angolanos e os franceses.

– Da sua moeda trata o Banco Central Europeu.

– Da sua economia trata o Eurogrupo.

– Do seu governo trata a Comissão da União Europeia.

O Estudo mostra também que os portugueses estão muito felizes por terem tantos amigos estrangeiros a tratar das suas coisas e que nunca irão perdoar ao PM António Costa não ter deixado:

– Os mexicanos tratar do Metro de Lisboa e da Carris;

– Os franceses tratar do Metro do Porto;

– Os espanhóis tratar dos Transportes Coletivos do Porto,

porque tal significaria mais descanso e mais tranquilidade que os portugueses teriam quanto ao tratamento das suas coisas. Foi um ato imperdoável não os deixar tratar dessas coisas, aliviando-os desse incómodo.

O estudo do Prof. Colmeia assinala ainda que os poucos portugueses que ainda tratam das poucas coisas portuguesas que restam para eles tratarem fazem um esforço para se parecerem com os amigos estrangeiros e, para isso, têm vindo a fixar residência na Holanda!

Sobre AICL lusofonias.net

Chrys Chrystello presidente da direção e da comissão executiva da AICL
Esta entrada foi publicada em AICL no tag com as tags . ligação permanente.

Deixe um comentário