Açores avançam com comissão para criar disciplina de história, geografia e cultura da região

O Governo açoriano criou uma comissão científica e pedagógica com vista à criação da disciplina de História, Geografia e Cultura dos Açores que, no entanto, não deve funcionar já no ano letivo de 2014/2015.

 

A comissão científica e pedagógica integra cinco professores universitários e será “responsável pela produção das orientações curriculares e metodológicas da nova disciplina, em articulação com os currículos em vigor, nomeadamente o currículo regional, e disciplinas que compõem as matrizes curriculares dos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico”, segundo um despacho do secretário regional da Educação, Avelino Meneses, publicado hoje.

A criação da disciplina de História, Geografia e Cultura dos Açores foi aprovada em novembro pelo parlamento açoriano, por proposta do PPM, no âmbito do orçamento da região para 2014.

O objetivo é “promover a realização de aprendizagens e a aquisição de competências que permitam a plena perceção e conhecimento da especificidade histórica, geográfica, económica, social, cultural e político-administrativa da Região Autónoma dos Açores”, lembra o despacho hoje publicado.

Fonte da Secretaria Regional da Educação e Ciência admitiu hoje à agência Lusa que não deverão estar, porém, reunidas as condições para arrancar com a nova disciplina já em setembro, quando começa o ano letivo de 2014/2015.

Quando apresentou a proposta, no ano passado, o deputado do PPM no parlamento dos Açores, Paulo Estêvão, disse que o objetivo era fazer algo semelhante ao que acontece nas comunidades autónomas espanholas, em que os alunos têm, por exemplo, disciplinas específicas de história da Catalunha ou da Andaluzia.