Brasil: um novo país aos olhos dos europeus

Brasil: um novo país aos olhos dos europeus

8:00, 5 de abril de 2012

Redação PEGN

Empreendedorismo Tags: , , ,

Por Fátima Rocha
Sempre fui uma pessoa muito patriota, amo o Brasil e tenho orgulho de ter nascido aqui, apesar de todos os problemas que o nosso país enfrenta. Quando viajo para o exterior, costumo reparar na forma com que os cidadãos brasileiros são tratados e me informar sobre a percepção do brasileiro de acordo com os estrangeiros.
Digo isso porque, faz exatos cinco anos, participo da Expo Franchising Paris, a maior feira de franquias do mundo. Em minha primeira participação, percorri toda a feira e me apresentei como brasileira em muitos estandes – eu e a minha mania de analisar a forma com que somos “analisados”. Confesso que me decepcionei um pouco com a percepção de que éramos apenas uma “mão de obra interessante”, que tínhamos samba no pé e, lógico, o melhor jogador de futebol do mundo: Ronaldo, o fenômeno.

Nas edições seguintes, a crise na Europa emergia, e o Brasil começou a aparecer mais no cenário internacional, especialmente no que diz respeito à geração de negócios. Pois bem, acabo de retornar dessa mesma feira e, como diz o ditado popular, nessa minha última visita eu “lavei minha alma”! Logo no primeiro dia, ainda no hotel, já notei que as coisas mudaram.
Fui recebida com muita atenção. Na recepção, passava um filme sobre o Brasil, com imagens das nossas paisagens, falando da natureza cercada de mares e montanhas e, incrivelmente, até mesmo das oportunidades de negócios que estão surgindo no país. Em poucos anos, os brasileiros passaram de “pedintes” a empresários aos olhos dos europeus, uma clara demonstração de que nosso país realmente está prosperando.
Na feira, tive a mesma percepção. O pavilhão brasileiro cresceu muito e ficou mais organizado, contando inclusive com uma recepcionista francesa que falava português com fluência. Atendi muitas pessoas com objetivos completamente diferentes, mas com algo em comum: todos estavam convictos da força do empreendedorismo brasileiro. Além disso, alguns chegaram a esboçar um desejo por trabalhar no Brasil ou representar alguma marca brasileira em outro país, tamanha a crença em nosso potencial.
Uma pessoa que atendi me despertou uma atenção especial: era uma francesa que iria morar na África do Sul e gostaria de levar uma marca brasileira para aquele país – uma mistura total de culturas. Não preciso compartilhar o tamanho do meu orgulho em perceber que, enfim, estamos evoluindo para nos tornarmos uma referência mundial em empreendedorismo, tecnologia e, por que não, no sistema de franchising.
Paris que se cuide. Se todas as previsões derem certo, não só “roubaremos” a admiração dos franceses como também teremos a maior feira de franquias do mundo no Brasil, a ABF Franchising Expo!
Fátima Rocha é formada em Direito e Ciências Contábeis e sócia e diretora executiva da MegaMatte. É também presidente da Seccional Rio de Janeiro da Associação Brasileira de Franchising.
Please follow and like us:
error