TIMOR LOROSAE NAÇÃO – diário


Japão: A TRAGÉDIA DE FUKUSHIMA CONTINUA

Posted: 10 Aug 2013 02:06 PM PDT

Milhares de pessoas correm risco de sofrer de cancro na tiróide. E as fugas de água contaminada continuam. A cada dia, 300 toneladas entram no Oceano Pacífico.
Francisco Sarsfield Cabral – Rádio Renascença, opinião
Em Março de 2011, um sismo seguido de tsunami provocou fugas de água radioactiva na central nuclear japonesa de Fukushima. Mais de dois anos passados, a tragédia não acabou.

Cerca de dois mil trabalhadores da central estão em risco de sofrer de cancro na tiróide. O mesmo risco ameaça mais de dois terços das mulheres que vivem ou viviam nas imediações da central.

Pior ainda, da central de Fukushima continuam a sair fugas de água contaminada. São 300 toneladas de água radioactiva que entram por dia no Oceano Pacífico…

Em Janeiro, um peixe apanhado perto da central apresentava um nível de contaminação radioactiva 2.500 vezes superior ao limite legal. Naturalmente, que está condenada a actividade pesqueira em toda aquela zona.

E em zonas marítimas mais afastadas? Ninguém sabe ao certo, mas as perspectivas são preocupantes. A própria central de Fukushima continua a registar pequenos acidentes. As suas instalações só daqui a 40 anos ficarão totalmente desmanteladas. Entretanto, espalharão o perigo.

Percebe-se que o nuclear tenha recuado no mundo.

CHUVAS TORRENCIAIS NO JAPÃO DEIXAM SEIS MORTOS

Posted: 10 Aug 2013 01:59 PM PDT

Terra
Equipes de resgate japonesas encontraram quatro corpos neste sábado no local de um deslizamento de terra no norte do país, elevando o número total de mortos pelas chuvas que atingem o país a seis. Os corpos de um homem de 93 anos, de sua esposa de 88 anos e de seu filho de 61 anos foram encontrados perto de sua casa na remota Senboku, na cidade de Akita, disse a polícia local.
Cerca de 300 policiais e soldados ainda estavam procurando a esposa do filho, disse um porta-voz da polícia de Akita. A casa da família estava entre as oito construções atingidas por um deslizamento de terra provocado pelas chuvas torrenciais que assolaram a região na sexta-feira, disse o porta-voz. As equipes de resgate também encontraram o corpo de um homem de 58 anos nos escombros na mesma área.
Chuvas fortes atingiram o norte do Japão na sexta-feira e algumas áreas de Akita registraram um recorde de 108 milímetros de chuva em uma hora. A chuva causou deslizamentos de terra e cheias de rios em Akita e na cidade vizinha de Iwate.
Na sexta-feira, equipes de resgate em Iwate encontraram o corpo de uma mulher de 91 anos, cuja casa na cidade de Hanamaki foi atingida por um deslizamento de terra. Também na sexta-feira, a polícia de Iwate encontrou o corpo de um homem de 62 anos que acredita-se que tenha se afogado depois de cair em um rio.
Foto: Reuters
AMBIÇÕES NAVAIS DA CHINA CRIAM TENSÃO NA ÁSIA

Posted: 10 Aug 2013 01:55 PM PDT

A modernização da frota de guerra das Filipinas, ou do Japão, os litígios sobre a soberania de várias ilhas e as demonstrações navais chinesas ilustram, segundo os analistas, a pressão cada vez maior do governo de Pequim para satisfazer suas ambições oceânicas.
O embaixador da China em Tóquio foi convocado nesta quinta-feira pela Chancelaria japonesa, em função da presença prolongada de navios do governo chinês em águas territoriais de um arquipélago em disputa sob administração japonesa e reivindicado por Pequim.
Quatro embarcações da Guarda Costeira chinesa retornaram na quarta-feira para águas territoriais dessas ilhas, situadas no mar da China Oriental e reivindicadas por Pequim, onde continuavam presentes nesta quinta, informou a chancelaria japonesa.
Na China, o arquipélago é conhecido como Diaoyu, e no Japão, como Senkaku.
“A direção do Partido Comunista Chinês tenta marcar pontos políticos e estratégicos, graças às suas novas forças militares”, disse à AFP Rick Fisher, um especialista na esfera de influência chinesa na região.
No final de julho, o presidente Xi Jinping convocou uma mobilização nacional para que a China se transforme em uma grande potência marítima. Essa vontade cada vez mais firme vem preocupando os vizinhos.
Nos últimos dias, por exemplo, a situação parece ter se acelerado, com a compra por parte de Manila de navios de combate de Estados Unidos e França.
Na terça-feira, Tóquio apresentou ao público, pela primeira vez, seu futuro porta-helicópteros, o maior navio militar já construído para a Marinha nipônica desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Por seu tamanho imponente, poderá inclusive ser utilizado como porta-aeronaves polivalente e servir de plataforma de lançamento para caças de aterrissagem vertical.
Em relação à China, as autoridades anunciaram com orgulho, no início de agosto, que cinco de seus navios de guerra deram uma volta completa pelo Japão, passando pelos estreitos do Soya (ou La Pérouse) e de Miyako, no norte e no sul do arquipélago. Pequim interpretou essa circunvalação inédita como a confirmação de que é capaz de “fragmentar” a “primeira cadeia de ilhas” e desbloquear o acesso ao Pacífico.
“A China quer mostrar a seus países vizinhos que tem a intenção de defender seus interesses além de seus territórios marítimos (…) e que não se deterá frente aos fatos, como o último porta-aviões japonês”, explica o analista Jonathan Holslag, do Instituto de Estudos sobre China Contemporânea de Bruxelas (BICCS).
Os observadores afirmam que, nas disputas de soberania, Pequim já não teme desafiar o status quo em vigor, sobretudo, no Mar da China Meridional.
Depois de ter humilhado Manila no ano passado ao assumir o controle de Scarborough, um recife a 200 km das Filipinas, a China continua exercendo pressões diárias nessa zona marítima.
Recentemente, a imprensa chinesa publicou imagens de turistas chineses desembarcando nas ilhas Xisha (arquipélago de Paracelso), objeto de uma grande rivalidade geopolítica com o Vietnã.
Ao mesmo tempo, têm sido divulgadas em alguns blogs especializados imagens de uma estrutura construída em um estaleiro perto de Xangai. Para colaboradores da revista especializada britânica Jane’s, pode se tratar do segmento de um novo porta-aviões chinês. Caso se confirme, será o primeiro navio totalmente construído pela China.
Nas imagens, pode-se ver uma rampa que poderá servir para colocar um sistema de catapultas eletromagnéticas. Diferentemente das catapultas tradicionais, esse sistema permite lançar caça-bombardeiros pesados e mais bem equipados. Hoje, apenas dois países – França e Estados Unidos – dispõem dessa tecnologia.
Se Pequim conseguir fazer isso, será um “grande avanço”, opina Holslag. “Isso permitiria (aos chineses) aumentar em grande medida o número de saídas de seu porta-aviões”.
Ao que tudo indica, está-se diante de uma escalada na região. “Em resposta ao porta-aviões leve que o Japão chama de fragata, a China deve construir seus próprios e verdadeiros porta-aviões”, aconselhou esta semana o jornal chinês “Global Times”, conhecido por seu nacionalismo.
“Por enquanto, o Partido se contenta em travar com o Japão uma guerra virtual entre Guardas Costeiras”, avalia Fisher. “Ainda não houve troca de golpes, mas o confronto é real, e a China pressionará cada vez mais os navios japoneses”, alertou.
Olimpíadas de Maputo da CPLP ajudam a desmistificar “o quebra-cabeças” Matemática

Posted: 10 Aug 2013 01:51 PM PDT

PMA – MLL – Lusa
Dezasseis alunos de países lusófonos participaram esta semana, em Maputo, nas III Olimpíadas de Matemática da CPLP, destinadas a promover o gosto pela disciplina e a desmistificar a ideia de que a Matemática é um “quebra-cabeças”.
Os 16 alunos, menores de 18 anos e a frequentarem entre o 10.º e o 12.º anos, foram submetidos a provas de Matemática, na quarta e na quinta-feira, com vista a apurar-se a classificação final para alunos e países e a premiar os melhores com medalhas.
“Os alunos surpreendem, descobrem-se jovens com um talento espetacular, que descobrem caminhos e estratégias de resolução fantásticos”, disse à Lusa Ismael Cassamo, presidente das Olimpíadas de Matemática da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa).
Manuel João Horácio, 16 anos, um dos representantes de Portugal e aluno do Colégio Paulo VI, em Gondomar, acredita que a sua participação irá aprofundar a paixão pela Matemática e pelo desafio de resolver problemas novos na disciplina.
“Estar nesta e noutras olimpíadas ajuda-me a cultivar o meu espírito de matemática. É importante ter este espírito olímpico, que nos ajuda a escolher o que possamos fazer no futuro, que, no meu caso, em princípio, estará relacionado com a Matemática”, disse Manuel João Horácio.
Mostrar “a beleza” que é montar o “quebra-cabeças Matemática” é uma das principais motivações pela disciplina do aluno brasileiro Gabriel Toneati, do Colégio Etapa, em São Paulo.
“A matemática é um quebra-cabeças, mas, como qualquer quebra-cabeças, quando você monta, você vê como ele fica muito bonito”, diz Toeati, 15 anos, descrevendo a emoção de desafiar uma das disciplinas escolares mais temidas.
Totalista por ter participado nas três olimpíadas de Matemática da CPLP, a moçambicana Angel Lázaro, 17 anos, acredita que compensa superar as dificuldades colocadas pelos exercícios de Matemática.
“A Matemática não é assim um bicho-de-sete-cabeças; esforçando-nos, faz-nos sentir melhor”, disse.
Os resultados da competição deverão ser divulgados durante o fim de semana.
TOMARENSE LANÇA CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE EM TIMOR-LESTE

Posted: 10 Aug 2013 01:46 PM PDT

A campanha tem como objetivo principal abrir uma biblioteca no centro comunitário no suco de Suai Loro para promover a aprendizagem e o desenvolvimento da língua portuguesa, e proporcionar um maior contacto e o gosto pela leitura. Até 30 de setembro poderá fazer o seu donativo.
Tiago Franco, de 37 anos, partiu para Timor Leste há cerca de sete meses, e foi viver para o Suai, 175 quilómetros a sudoeste de Díli, onde trabalha numa cooperação portuguesa na área do ensino e promoção da língua portuguesa.
Confrontado com as necessidades da população, nomeadamente dos mais jovens que carecem de informação para o seu desenvolvimento, Tiago Franco decidiu desafiar os portugueses e timorenses a ajudarem a criar uma biblioteca no suco com a campanha ” 1 Biblioteca e Sorrisos para Timor Leste”. A campanha pretende recolher livros de histórias infantis e juvenis, dicionários e gramáticas de português, artigos escolares e material didático e brinquedos, que, além do centro comunitário de Suai Loro, vão ser distribuídos por zonas de maior isolamento e escolas. A campanha é desenvolvida em parceria com o Centro Comunitário de Suai Loro.
“Embora as crianças frequentem as escolas, aqueles estabelecimentos ainda não reúnem todas as condições necessárias para uma resposta adequada ao ensino”, explica Tiago Franco no seu blogue.
“Apesar dos momentos difíceis que Portugal atravessa há sempre tempo e disponibilidade para sermos solidários. Contamos com a vossa ajuda com a garantia que todos estes donativos serão entregues na presença da minha pessoa e retratados através de fotos a serem visualizadas no blogue da campanha!”, lança o apelo.
Os donativos podem ser entregues nas instituições referidas na caixa, ou enviadas por correio para: Tiago Franco, Morada: E.R. de Suai – Centro de Formação, Apartado 144 – Correios de Díli – Timor-Leste. No entanto cada encomenda (uma simples caixa de cartão) não poderá ultrapassar os 2Kg e o valor é de 3,00€.
Para mais informações visite o blogue de Tiago Franco: www.1biblioteca-sorrisos-suailoro.blogspot.pt
KOLIGASAUN PARTIDU POLITIKU NE’EBE MAK DIAK HODI ALKANZA SUSESU KOMUN

Posted: 10 Aug 2013 01:42 PM PDT

Tempo Semanal – Kwarta, 07 Agustu 2013
Husi: Karlito Nunes
Lalatak formasaun governu iha Timor-Leste hahu IV governu Konstituisional no presente V governu Konstitutional ho formula koligasaun partidaria, iha fenomena koligasaun politika nia laran ne’ebe sempre nia temperatura sai flutuativu. Hare ba natureza, skup , tipu no mekanismu koligasaun ne’ebe mak iha durante ne’e, hakerek nain hakarak sublina liu konaba koligasaun partidu politiku ne’ebe sai ona lalatak solusaun politika formasaun governu iha Timor-Leste.
Forma Koligasaun
Koligasaun hatudu uniaun ida entre partidu politiku rua ka liu, bai-bain ne’e hanesan natureza temporária, hodi hetan influénsia boot liu tan ou forsa duké bele hetan deit husi partidu politiku idaida nian. Koligasaun partidu politiku harí nia forsa husi objetivu komun no meta husi sira nia membru konstituinte nian.
Partidu politiku sira forma koligasaun partidaria ba razaun barak, maibe motivasaun prinsipal hodi forma kualker koligasaun partidu politiku ne’e hodi kontrolu poder no influénsia. Ezemplu, Bankada lejislador bele forma koligasaun votasaun ida hodi manan poder maioria husi votu iha parte balun husi lejislasaun. Forma mos koligasaun wainhira membru sira hein katak bele halo kombinasaun rekursu hodi realiza objetivu espesífiku ida.
Wainhira konstrui koligasaun partidu politiku ida, importante katak membru sira tenki iha objetivu klaru desde husi inísiu. Ho objetivu klaru bele ajuda koligasaun foti desizaun koletiva kona ba buat hotu, husi sira nebé mak tenki konvida para sai membru, para oinsá bele gasta rekursu koletivu sira ne’e.
Tipu Koligasaun Politika
KOLIGASAUN ENTRE PARTIDU RUA KA LIU – Durante eleisaun ida, partidu polítiku bele opta hodi servisu hamutuk para hetan benefísiu mázimu iha órgaun governu nian. Fahe fundu, informasaun no rekursu benefísiu ba partidu sira nebé sai membru.
KOLIGASAUN ENTRE REPREZENTANTE SIRA NEBÉ ELEITU – Dala ruma reprezentante sira nebé eleitu sei servisu hamutuk, ka pelu menus, sira la kontra malu, hodi fo benefísiu ba malu. Koligasaun bele forma husi membru bloku ida ho objetivu ukun hanesan iha hanoin.
KOLIGASAUN ENTRE PARTIDU POLÍTIKU SIRA NO ORGANIZASAUN SÍVIKA – Partidu polítiku ida bele adopta plataforma nebé espesialmente interesante ba organizasaun sivika ida ka liu. Organizasaun sira ne’e bele ajuda partidu hodi mobiliza apoiu ba nia ajenda polítika.
KOLIGASAUN ENTRE ORGANIZASAUN SÍVIKA SIRA –Organizasaun Sívika bele konkorda hodi tau hamutuk rekursu, informasaun no capital polítiku para bele afekta rezultadu husi eleisaun ida ka vota ba iha parte determinada iha lejislasaun.
Ajén & Desvantajén ba Koligasaun
Vantajén hodi harí ka partisipa iha Koligasaun Partidu Politiku ida
Liu husi kombinasaun forsa no rekursu sira, koligasaun dala barak bele hetan susesu wainhira esforsu individual nian ne’e falla. Partidu politiku membru sira iha koligasaun bele alarga sira nia baze apoiu. Formasaun koligasaun permiti para membru koligasaun sira konsentra ba ida-ida nia forsa kona ba objetivu espesífiku ida. Forsa husi membru ida bele sai hanesan frakeza husi membru seluk. Koligasaun bele taka sira nia frakeza tomak hodi halo esforsu nebé forte ba partidu politiku ida.
Koligasaun fahe ezperiénsia no abilidade iha grupu tomak. Membru ida-ida bele alarga sira nia abilidade baze no koñesimentu liu husi koperasaun iha koligasaun. Koligasaun hetan vantajén se aumenta númeru sira – ema barak liu tan hodi hasoru dezafiu, hanesan tempu ka osan. Kompozisaun diversifikada husi koligasaun ida bele servi hodi alarga apelu objetivu ida ba ema oi-oin husi orijin diferente.
Desvantajén hodi harí ka Partisipa iha Koligasaun partidu politiku ida.
Buka fatin ida nebé hanesan ho membru sel-seluk husi koligasaun para bele ejizi kompromisu husi membru ida-ida kona ba prioridade no prinsípiu sira. Ne’e importante katak benefísiu husi kompromisu ne’e importante liu duké prejuízu.
Wainhira halibur ho membru sira seluk iha koligasaun partidaria, membru individual mos bele asosiadu ho aspektu negativu husi grupu sira seluk.
Partisipa iha koligasaun ida mos bele halo membru individual ida bele lakon kontrolu kona ba foti desizaun estratéjika. Membru ida iha obrigasaun, liu-liu ba koligasaun.
Dezafiu sira
Wainhira forma koligasaun partidu politiku ida, ezisti obstákulu no dezafiu sira ba susesu, nebé presiza hare didiak. Sira ne’e bele inklui buat balun tuir mai ne’e:
KONSENTRA BA OBJETIVU SIRA – Husi inísiu formasaun koligasaun ida bele sai perigozu se organizasaun membru sira la hetan akordu kona ba objetivu komun.
MOTIVASAUN – Parseiru koligasaun, ho nível motivasaun diferente bele kauza deskontentamentu entre parseiru sira. Se parseiru hotu-hotu la maneja sira nia influénsia hodi asumi esforsu, nuné motivasaun jeral koligasaun nian bele sofre.
FOTI DESIZAUN – Koligasaun sira presiza harí órgaun foti desizaun nian, hodi determina oinsá bele foti desizaun sira, oinsá aloka rekursu sira no oinsá estratéjia sai prioridade.
REZOLUSAUN BA DISPUTA – Tenki ser iha métodu ida klaru para bele rezolve konflitu nebé halo parte iha estrutura koligasaun nian.
KONFIANSA – Parseiru hotu-hotu iha koligasaun presiza fiar katak kada parseiru servisu hela só ba koligasaun nia susesu no nia objetivu sira. Membru hotu-hotu presiza onestu no transparente iha sira nia negosiasaun iha koligasaun no iha sira nia relasaun, hodi koligasaun nia naran. Suspeita husi parte parseiru ida ka liu, mesmu la iha fundamentu, bele la viabiliza koligasaun.
LIGASAUN FRAKU – Ne’e normal katak koligasaun sei hetan “ligasaun fraku” ka liu tan entre organizasaun membru sira. Individu ka organizasaun balun la bele kontribui barak ba koligasaun nudar parseiru nebé forte. Ne’e importante katak tenki ser identifika pontu fraku sira husi inísiu no nebé bolu “ pontu fraku sira” la bele halo at tamba sira nia falta kapasidade desde inísiu .
Envéz nuné, koligasaun tenki konsentra ba pontu forte sira husi parseiru ida-ida no buka dalan ida hodi servisu besik frakeza individual sira.
KOMUNIKASAUN – Liña komunikasaun nebé los entre membru hotu-hotu husi koligasaun presiza estabelese.
KRÉDITU NO VIZIBILIDADE – Parseiru hotu-hotu presiza hetan rekoñesimentu ba sira nia kontribuisaun.
Harí Koligasaun Partidu Politiku
Wainhira harí koligasaun partidu politiku, pergunta ruma kona saida mak tenki responde hodi hahu? Fator saida mak ita boot presiza konsidera wainhira harí grupu forsa ida nebé efikásia liu?
Defini Objetivu Koligasaun Partidu Politiku
Prosesu harí koligasaun ida hahu ho identifikasaun husi objetivu nebé definidu lolos. Objetivu sei orienta fator hotu ba iha formasaun koligasaun.
Ho objetivu nebé mos iha ema ida-ida ka grupu nia hanoin bele avalia lolos nia oportunidade ba susesu, hanesan entidade mesak ida.
Identifikasaun objetivu bele ajuda partidu politiku ka organizasaun individual identifika sira nia forsa nebé iha para bele uza hodi hetan objetivu, no iha tempu hanesan, identifika sira nia pontu fraku nebé impede susesu.
Ikus liu, objetivu nebé definidu lolos sei ajuda hodi informa organizasaun individual nebé parseiru sira iha poténsia bele lori hodi ajuda hetan susesu objetivu nian.
LIA FUAN XAVI PARA KOLIGASAUN PARTIDU POLITIKU HETAN SUSESU.
1. BUKA MOTIVU KOMUN – Koligasaun tenki ser sempre konsentra ba motivu komun. Konsentrasaun ne’e tenki iha disponibilidade iha pontu sira nebé parseiru hotu-hotu konkorda, no tenki ser evita pontu sira nebé la iha akordu.
2.DEFINI OBJETIVU IDA KLARU – Buka motivu komun iha pontu akordu ida ka rua, Nebé bai-bain bele diriji koligasaun ida ba objetivu nebé klaru.
3.BENEFÍSIU HANESAN – Para membru individual sira iha motivasaun, membru hotu-hotu presiza fiar katak sira fo dadaun ona benefífiu ba koligasaun. Benefísiu husi susesu ba membru individual sira tenki ser hanesan wainhira iha posibilidade.
4.EVITA DESAKORDU – Membru sira husi koligasaun sei la sempre hetan akordu iha kestaun hotu- hotu. Tópiku no kestaun ruma sei la tau iha diskusaun hodi evita desakordu.
5.TENKI SER PREPARA BA NEGOSIASAUN – Koligasaun tenki ser iha vontade hodi halo negosiasaun iha prioridade nebé ki’ik hodi hetan meta nebé boot liu.
6.DEZENVOLVE KONFIANSA NO KOPERASAUN – Tenki ser iha sentimentu konfiansa no koperasaun entre organizasaun membru sira.
7.IHA RESPEITU BA MALU – Parseiru ida-ida tenki respeitu nesesidade, interese no valor husi parseiru seluk.
8.KRIA FUNSAUN NEBÉ DEFINIDU – Parseiru hotu-hotu iha koligasaun tenki ser iha funsaun no responsabilidade nebé klaru no definidu. Parseiru individual tenki komprende laos deit nia funsaun maibe komprende mos funsaun husi parseiru seluk.
9.IHA OBJETIVU KLARU – Meta ka objetivu husi koligasaun partidu politiku tenke ser produz rezultadu klaru. Realizasaun objetivu ne’e tenki ser hatudu momos.
Buka Parseiru Partidu Politiku sira
Identifika parseiru nebé iha poténsia ba koligasaun ne’e simples hanesan identifika ema sel-seluk nebé bele hetan benefísiu husi forma seluk wainhira halao objetivu. Se ita buka parseiru sira nebé hakarak fahe vitória, ita bele buka parseiru hodi fahe karga servisu no kustu hodi hetan vitória. Identifika parseiru nebé iha poténsia hamrik hodi hetan lukru husi realizasaun objetivu ida, ne’e importante hodi identifika ema sira nebé ita iha interese ba, nudar individu ka organizasaun individual ida nebé iha pontu komun ho parseiru poténsial seluk. Buat sira nebé iha komun ne’e bele inklui
PERGUNTA NEBÉ ORIENTADU – Koligasaun ne’e forma halehu pergunta espesífiku nebé iha interese ba nia membru konstituinte sira. Koligasaun sira iha kazu ne’e dala barak temporáriu sei ida ne’e nudar kestaun únika koligasaun nian ka bele sai permanente liu se koligasaun kobre kestaun iha área nebé lao dadaun. Ida ne’e mos importante hodi nota katak interese husi koligasaun ida dala barak kahur malu ho pontu sira nebé hanesan.
Hari hodi Hetan Forsa
Wainhira buka parseiru koligasaun partidu politiku sira, interese komun no motivasaun laos ne’e deit mak tau iha konsiderasaun. Koligasaun partidu politiku sei forte liu tan wainhira kahur hamutuk ho membru sira para bele uza sira nia forsa hodi kobre prioridade nebé presiza no taka frakeza individual. Koligasaun partidu politiku tenki ser hari ho estratéjia, ho nuné, kada parseiru bele lori forsa husi área la hanesan ba tabela servisu ne’ebe susesu. Forsa oin-oin husi organizasaun parseiru forma koligasaun partidu politiku.
Pergunta sira seluk hodi konsidera ba Koligasaun Partidu Politiku nian.
PERMANENTE KA TEMPORÁRIU – Koligasaun partidu politiku ne’e sei forma ho karákter temporáriu ka presiza iha akordu ida para sai permanente? Ida ne’e dala barak determina ho faktu se bele hetan objetivu iha tempu badak, ka se presiza kompromisu ida nebé naruk liu?
DOKUMENTASAUN FORMAL – Ne’e hanesan akordu formal, nota entendimentu, ka modelu dokumentu formal seluk ruma no lei seluk nebé presiza para justifika objetivu sira no limiti ba koligasaun? Akordu formal ida sei elabora para parseiru sira tama ka “Asina” ba koligasaun?
ANÚNSIU – Koligasaun buka anúnsiu no oinsá koligasaun partidu politiku aprezenta sira nia objetivu ba públiku? Iha estratéjia média ba koligasaun no se mak sei sai responsável ba implementasaun ne’e?
ORGANIZASAUN/PESOAL– Koligasaun partidu politiku husu eskritóriu no estrutura organizasaun ida? presiza halo kontratu espesífiku ho pesoal sira para servi koligasaun?
Mantein Koligasaun Partidu Politiku1.5
Formasaun koligasaun ida nebé forte no ho intensaun diak bele sai prejudikadu tamba falla ida para bele rekoñese no rezolve dezafiu sira. Tuir mai ne’e hanesan fator sira para mantein koligasaun.
MANTEIN KONFIANSA – Parseiru sira presiza komunika ba malu hodi hare didiak katak konfiansa no konviksaun nebé harí koligasaun ne’e sei mantein nafatin.
ENKONTRU BA SIRA NEBÉ FOTI DESIZAUN – Enkontru regular parseiru sira nebé foti desizaun ne’e presiza realiza hodi foti lalais desizaun estratéjika no resolve diferensa balun nebé bele mosu.
KOMUNIKASAUN INTERNA – Parseiru sira presiza mantein kanal komunikasaun hodi garante katak parte sira nebé iha interese iha pájina hanesan.
KOMUNIKASAUN EZTERNA– Parseiru hotu-hotu sei presiza hetan akordu kona ba prosedimentu para bele atende meiu komunikasaun no públiku.
Nudar partidu politiku ka membru parseiru, tenki hahu hateke ba pergunta polítika ho matan ida ba númeru husi parte interesadu nebé hetan impaktu husi kestaun sira ne’e. Kada setor polítika iha grupu interese nebé forma koligasaun ho potensial poder boot no iha influénsia. Rekoñese interese boot kona ba pergunta lorloron hanesan abilidade konsiénsia hodi partidu politiku ka membru parseiru koligasaun sira hetan susesu.
Susesu Diak!
Artigu ne’e opiniaun pesoal la refleta organisasaun ne’ebe hakerek nain halao nia kna’ar Kontaktu : [email protected]
PROMOVE BOAGOVERNASAUN – KOMBATE KORRUPSAUN DEPENDE KARAKTER SIDADAUN

Posted: 10 Aug 2013 02:13 AM PDT

Suara Timor Lorosae – August 7, 2013
DILI – Atu promove Boagovernasaun no Kombate Korrupsaun Iha institusaun estadu no Governu, depende ba kareter sidadaun idak-idak nebe Asumu kargu husi Diretur too iha Sekretariu Estadu nomos Ministru iha kada Ministeriu inkliu entidade publiku. Direitur Nasional ba Governasaun Diak, Provedoria Direitus Humanus no Justisa (PDHJ) Ambrosio Graciano Soreas katak PDHJ atu promove boagovernasaun ba iha entedades publiku sira, atu bele kompriende governasaun diak. Ita koalia kona ba hamenus korupsaun no mos Boa Governasaun fila ba iha individu ida-idak ninia mentalidade, ita koalia kona ba korupsaun wainhiria oportunidade nebe mai, hau hanesan entidade publiku presiza iha hanoin atu labele komete iha aktu korupsaun, dehan Ambrosio ba Jornalista, Tersa (06/08) iha Salaun Seguransa Sivil Caicoli. Nia esplika tan katak halo knar hanesan entidade publiku presiza iha hanoin atu halo servisu diak, hodi bele redus korrupsaun iha Timor Leste, liu husi promove governasaun nebe mak diak tan ne’e mak PDHJ fahe informasaun ba institusaun estadu hotu. Informasaun kompletu iha STL Jornal no STL Web, edisaun Kuarta (7/8). Timotio Gusmão
HATUDU DIGNIDADE NASAUN, FETO TL LABELE HALO ABORTU

Posted: 10 Aug 2013 02:07 AM PDT

Suara Timor Lorosae– August 7, 2013
DILI – Atu hatudu Dignidade Nasaun Timor Leste nebe Povu maioria Sarani katoliku, Feto timor oan labele halo abortu ba bebe nebe iha isin, tamba labarik iha direitu atu moris no Abortu kontra dutrina Igreja no mos lei iha Nasaun Timor leste. Tuir Bispu Dioseze Dili Dom Alberto Ricardo husu ba Feto timor oan nebe mak halo abortu labarik iha isin, tan ne’e timor oan tenki hatudu ba mundu Timor Leste iha Dignidade no mos valor, intelegente konfederasaun inkliu prinsipiu moral. Ita tenki hatudu ba Mundu Timor iha Dignidade, Valor prinsipiu morais nian iha tan nee’e Abortu nee’e bandu tamba labarik iha direitu atu moris ita labela hasai sira nia direitu tamba ita povu timor Leste Maioria Sarani katolika, dehan Dom Alberto ba jornalista Segunda (05/08/2013) iha Siminariu Maloa. Dom Alberto esplika tan katak kuandu halo abortu provokadu ou ho laran sala tamba hasai ema nia umanidade, tan ne’e igreja la aseita atu halo abortu nomos soe bebe hafoin partus nebe dala barak halo husi feto sira. Informasaun kompletu iha STL Jornal no STL Web, edisaun Kuarta (7/8). Timotio Gusmão
Please follow and like us:
error