dangers of a hi tech intelligent house

-0:19

489 Views
Imagens de Marca

Quais os perigos de uma casa inteligente?
Saiba mais aqui: https://www.imagensdemarca.pt/…/quais-os-perigos-de-uma-ca…/

Please follow and like us:
error

saúde e protetor solar

A minha dermatologista disse-me isto há mais de 15 anos…

APOST.COM
A maioria das pessoas acreditam que o sol é o principal responsável pelo desenvolvimento de câncer de pele. Mas a verdade é que o problema pode ser o protetor solar, e não o sol em si. Existem fato…
Please follow and like us:
error

cunhas, simpatias políticas e outras arbitrariedades

Governo dos Açores continua a não cumprir…

Como é bom ser contratado, 10 anos consecutivos, e ter um contrato que vai sendo respeitado ao sabor do vento, dos interesses, das mentalidades do momento!

Obrigações? Só existem de um lado!
Respeitar contratos? Direitos como os restantes contratos de funcionários públicos e privados???

Humilhação?

Essa palavra já nem se aplica à classe docente (contratada ou “efectiva”). Enxovalhamento, falta de respeito, ridicularizarão… são palavras que melhor caracterizam a forma de tratar a classe docente pelo governo da república e dos açores. (podem acrescentar outras).

E no entanto há determinados “cargos” que, findando, obrigam a um subsídio de reintegração!!!

O que foi feito de ti, meu/nosso Portugal?
Sim, sabemos, não és meu, nem és nosso… é só de alguns e para alguns!

Please follow and like us:
error

despedir a EDP era a solução para Portugal

For my Portuguese friends: Sempre defendi este tipo de soluções – tornar as cidades independentes de ‘utilities’ privadas de energia. Se aplicássemos este princípio em Portugal, estaríamos a contribuir para desmantelar uma das grandes fontes de ineficiência e corrupção no país, a EDP.

Please follow and like us:
error

justiça politizada à portuguesa (mais totalitarismo à vista)

 

For my Portuguese friends: Considero que este é um abuso inadmissível. Justificar esta medida com atrasos na obtenção de mandatos judiciais é tomar os cidadãos por parvos. Infelizmente é possível que o sejam, em grande medida.

Tornar a Justiça ineficiente e incompetente, até politizada, é um passo típico de uma governação socialista no pior sentido do termo. Os camaradas corruptos estarão sempre bem.

Um Estado autocrático e totalitário em formação… (Link cortesia Pedro Botelho Gomes)

JORNALECONOMICO.SAPO.PT
O Ministério Público vai passar a ter acesso direto à informação fiscal dos cidadãos, sem necessidade de obter autorização de um juiz e sem que exista um inquérito criminal instaurado.
Please follow and like us:
error

conversão religiosa rápida Embarcaram 30 Ateus, desembarcaram 30 cristãos

-0:30

14,169 Views
Fernando Comenale P. Motta

Embarcaram 30 Ateus, desembarcaram 30 cristãos

Please follow and like us:
error

jornal Milénio, um jornal luso-canadiano de grande difusão,

Caros e caras,

Bom dia de Toronto.
Se tiverem interesse, vejam o meu artigo (e o da Humberta Araujo) na p. 16 que surgiram no contexto de uma controvérsia atual.
Foi publicado em Toronto hoje no jornal Milénio, um jornal luso-canadiano de grande difusão, mas já foi enviado para vários jornais, especialmente os de Portugal insular. Estamos atentos deste lado às questões de civismo, de cidadania, e à apatia política.
Cumprimentos,
MJ
Please follow and like us:
error

ALTERAÇÃO DE CLIMA NOS AÇORES

Em 2009 efectuei um trabalho de pesquisa e recolha de notícias sobre a Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2009, também chamada Conferência de Copenhague ou Cimeira de Copenhaga (oficialmente United Nations Climate Change Conference ou COP15).
Comecei a interessar-me ainda mais pelo tema e, paralelamente, fui pesquisando notícias relacionadas com o impacto das alterações climáticas.
A essa data, nos meios de comunicação social, a referência a essa temática não era diária e, salvo algumas excepções, as notícias eram abordadas um pouco “pela rama”.
Se compararmos com o panorama actual, verificamos que as referências às alterações climáticas são diárias e transversais a todos os sectores da sociedade, ou seja, nada nem ninguém vai ficar imune aos efeitos que estas alterações estão a provocar, a uma velocidade muito maior do que aquela que desejávamos.
Parece-me que esta é a altura de levarmos tudo isto um bocadinho mais a sério. A descarbonização do planeta não é compatível, por exemplo, com novas licenças de exploração de petróleo e muitos dos nossos cómodos hábitos de vida também não.
Até que ponto estamos dispostos a sacrificar o nosso nível de vida, em termos de mobilidade, de alimentação, de vestuário, de opções de viagens, de consumismo de gadgets, etc, etc?
Até que ponto estaremos dispostos a receber um êxodo de refugiados climáticos quando milhares de pessoas ficarem sem terra ou sem produção de alimentos?
Até que ponto estamos mais protegidos aqui, no meio do Atlântico, ou quiçá mais expostos às fúrias do clima?
Talvez esta seja a hora de exigir aos governantes, às comunidades, aos nossos patrões, aos nossos vizinhos, à nossa família e a nós próprios uma maior consciência.
Obrigada à Professora Magda por todo o trabalho que tem desenvolvido nos últimos anos. É, sem dúvida, uma inspiração.

Please follow and like us:
error

CLIMATE CHANGE

Global warming is real and is accelerating; we may already passed an important tipping point.

FORBES.COM
NASA has released videos of bubbling lakes in the remote Arctic tundra, where warming continues to release greenhouse gases into the atmosphere at unprecedented rates.
Please follow and like us:
error

SR PRESIDENTE DAS LAJES DO PICO DEMITA-SE POR FAVOR TRIBUNA PORTUGUESA

http://www.portuguesetribune.com/index.php/news-archives/605-1st-september-2018-viewer (p. 2, top — editorial)

The Portuguese Tribune (Tribuna Portuguesa) is a twice-monthly tabloid newspaper serving the Luso-Californian communities.

= = = = = = = = = =

DEMITA-SE ROBERTO SILVA!
http://www.portuguesetribune.com/index.php/news-archives/605-1st-september-2018-viewer (p. 2, editorial)

Um luso-canadiano radicado na ilha do Pico fundou e é presidente de uma organização cultural e artística — a MiratectArts. Terry Costa tem colocado os Açores e especialmente a ilha montanha como destino artístico e cultural. O Azores Fringe Festival que já abrange eventos culturais nas nove ilhas açorianas vai para a sua sétima edição em 2019. Em Janeiro de 2019, a MiratecArts organiza o Montanha Pico Festival para “estimular iniciativas para enfrentar as ameaças. Melhorar a qualidade de vida e sustentar ambientes saudáveis nas regiões de mantanha do mundo” como salienta o programa. Este mês o 3o Festival Cordas World Music Festival traz músicos e artistas à ilha do Pico naquele que já é considerado como um dos Top 10 Best New Festivals do mundo pela Iberian Awards.

Terry Costa e a MiratecArts enfiaram um pedido à Câmara Municipal das Lajes do Pico para incluir o programa “Ilustrar Açores” na Semana dos Baleeiros oferecendo livros e um workshop gratuito a crianças e jovens do município. A resposta do presidente da Câmara Roberto Silva de 7 de Julho foi a seguine: “Bom dia. Depois do que este paneleirão fez com a história dos cães é que nem sequere merece resposta. A haver uma resposta deve ser. ‘Oficialmente o programa está fechado.’”

Este email enviado à equipa da presidência da Câmara Municipal das Lajes do Pico também chegou à MiratecArts que decidiu — e muito bem — enviar um comunicado a 20 de Agosto que saiu na comunicação social açoriana e nas redes. Explica Terry Costa que a “história dos cães” foi quando a MiratecArts rescindiu “o apoio da Câmara para um festival de artes a prol dos animais, há um ano atrás, quando a própria entidade [Câmara Municipal das Lajes do Pico] estava a maltratar os cães errante”.

Roberto Manuel Medeiros da Silva, de 52 anos, nasceu nas Lajes do Pico, Ilha do Pico a 11 de Outubro de 1965. É casado e tem dois filhos. Frequentou a Escola Secundária da Horta e é licenciado em Engenharia Agronomica (Agricultura e Pecuária) pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa. Foi professor de Escola Básica e Secundária da Calheta de São Jorge. É presidente da Câmara Municipal das Lajes do Pico desde 2009 (eleito pelo Partido Socialista) e é presidente da Associação de Municípios do Triângulo desde 2017.

A referência que fazemos ao Pico “outra vez” no título deste editorial é sobre um anterior editorial (“Já Não Vou ao Pico Porque o Pico Picou-me” da edição de 1 de Março de 2017) onde criticamos a atuação de uma turma do 8o ano da Escola Básica e Secundária Cardeal D. José da Costa Nunes da Madalena do Pico que maldisseram dos emigrantes açorianos. Até hoje esperamos resposta da direção daquela escola e uma desculpa pública à comunidade açoriana na Diáspora. Nesse mesmo editorial salientas que Roberto Silva, presidente da Câmara das Lajes do Pico, se tinha deslocado à Califórnia em Fevereiro de 2017 para com o pároco da Igreja de São João Batista e a presidente da Junta de Freguesia de São João levarem consigo $110 mil dólares em donativos, oferta da comunidade da Califórnia para restaurar a igreja local.

A expressão homofóbica de Roberto Silva não tem explicação e nao se pode aceitar especialmente de um governante. E ainda mais — ao encerrarmos esta edição deste jornal e já depois da notícia ser publicada nos órgãos de comunicação social nos Açores e pedidos de explicação de vários partidos com assento na Assembleia Legislativa Regional dos Açores — de Roberto Silva nem um pedido de desculpas. Segundo a comunicação social local, o autarca foi contactado pela agência Lusa tendo declarado por escrito não querer comentar o assunto. O que espera? Que com o passar do tempo as pessoas se esqueçam da sua homofobia?

E por isso, este presidente de Câmara — com “p” minúsculo — merece mesmo RUA! Demita-se Roberto Silva!

miguel ávila
[email protected]

= = = = = = = = = =

Please follow and like us:
error