Información corporativa da CRTVG e das súas sociedades | A CRTVG explicou na Academia da Lingua Portuguesa os últimos avances na súa relación con Portugal | CRTVG

Fonte: Información corporativa da CRTVG e das súas sociedades | A CRTVG explicou na Academia da Lingua Portuguesa os últimos avances na súa relación con Portugal | CRTVG

BBC grava documentário ao largo da ilha do Pico (Som) A estação de televisão britânica vai gravar ao largo da ilha do Pico um programa sobre os predadores de baleias.

http://www.rtp.pt/acores/economia/bbc-grava-documentario-ao-largo-da-ilha-do-pico-som_47331

emprego – ONU procura falantes da língua portuguesa para Programa Jovens Profissionais

Candidatos devem ter 32 anos ou menos até o final de 2015 e ter fluência em inglês ou francês. Profissionais em administração, finanças, direito, informação pública, assuntos sociais e estatística podem candidatar-se.

Fonte: Conexão Lusófona – ONU procura falantes da língua portuguesa para Programa Jovens Profissionais

notícias angola

Bom dia!
As últimas notícias:
Huambo
Monte Sume passa a área militar
David Mendes, advogado de Kalupeteka, foi impedido de aceder ao local para recolher provas.
● AUTOMÓVEIS
Uma nova era para o mundo das pickups
Incorporando elementos de pick-up e SUV, o Renault Duster Oroch começa a ser vendido na América do Sul em Outubro. África é o mercado que se segue.
● EU ESCOLHO
“Um imperador que, no final da vida, se tornou jardineiro.”
Luís Pedro Fonseca é percussionista, fundador da banda Mutantes, fez bandas sonoras para animação fotográfica e desenho (2013), para teatro e a banda sonora da exposição “Down Town Now”, de Ihosvany.
Encontro
Governo convoca embaixadores para informar da rebelião
Corpo diplomático acreditado em Luanda ouviu a versão oficial sobre o caso dos 15 jovens activistas detidos no dia 20.
Finanças
Dívida pública colocada cai 84% em um mês
País pôs à venda USD 218,8 milhões em bilhetes e obrigações do Tesouro.
Moçambique
Novo Código Penal entra em vigor amanhã
Texto legal substitui o actual que datava de 1886 e inclui a despenalização do aborto até às 12 semanas.
Transferências
Ronaldinho vai jogar para a Turquia
Antalayaspor confirma contratação do craque brasileiro e deita por terra promessa do presidente Bento Kangamba.
Luanda
Artista brasileira mostra “Terras Convergentes”
Elisália Sarragosse apresenta 166 peças de cerâmica que estarão em exposição no Camões de 8 a 17 de Julho.
Ranking
Floyd Mayweather é a celebridade mais bem paga de 2015
Surpresa na lista da “Forbes”, Beyoncé que liderava a lista do ano passado ocupa agora o 29.º lugar.
Crónicas Angola, o país onde morrem mais crianças
Mankiko O Golpe do Pau do Funje
Se pretende deixar de receber a Newsletter do Rede Angola clique aqui.
alterar preferências | abrir no navegador
© 2013 Todos os direitos reservados a Rede Angola. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.

Curiosidades

 

por J. M. Soares de Barcelos

Por todo o lado, na linguagem popular de todo o País, se pronuncia “home” em vez de homem, sendo, aliás, sua forma antiga. Na Ilha das Flores diz-se: “Uei home!”: homessa! Hom’haja saúde!”, que quer dizer, não importa, podendo ser usado também como uma simples saudação; “Ora home!”: ora essa!; “Eh home!”: eh pá!; “Home e antão?”: e então, que tal?

Na Terceira chamava-se “home do monte” ao camponês, ao homem do campo. Influências do Alentejo.

Popularmente, como acabei de dizer, esta pronunciação é generalizada por toda a parte, como se nota na seguinte frase da ‘Brasileira de Prazins’ de Camilo Castelo Branco: “Ora um home sempre se atriga de casar com mulher de maus cretos” *.

Em S. Jorge aproveita-se esta desnasalização da palavra para rimar, no provérbio seguinte: “Aqui em casa deste home, quem não trabalha não come.”

 

(* ‘Creto’ é corruptela de crédito, em linguagem popular continental.)

 

Como dezia mei cumpadre José Arseno cando vei d’Amerca: Ora antão pra todos o que ei desejo é: “eva naice dei!”

 

→ cont.

 

Curiosidades

 

 

Por todo o lado, na linguagem popular de todo o País, se pronuncia “home” em vez de homem, sendo, aliás, sua forma antiga. Na Ilha das Flores diz-se: “Uei home!”: homessa! Hom’haja saúde!”, que quer dizer, não importa, podendo ser usado também como uma simples saudação; “Ora home!”: ora essa!; “Eh home!”: eh pá!; “Home e antão?”: e então, que tal?

Na Terceira chamava-se “home do monte” ao camponês, ao homem do campo. Influências do Alentejo.

Popularmente, como acabei de dizer, esta pronunciação é generalizada por toda a parte, como se nota na seguinte frase da ‘Brasileira de Prazins’ de Camilo Castelo Branco: “Ora um home sempre se atriga de casar com mulher de maus cretos” *.

Em S. Jorge aproveita-se esta desnasalização da palavra para rimar, no provérbio seguinte: “Aqui em casa deste home, quem não trabalha não come.”

 

(* ‘Creto’ é corruptela de crédito, em linguagem popular continental.)

 

Como dezia mei cumpadre José Arseno cando vei d’Amerca: Ora antão pra todos o que ei desejo é: “eva naice dei!”

 

→ cont.

 

Higiene: porque temos de tomar banho? – Observador

Os brasileiros são os que mais adoram o banho. Os chineses fogem dele. Os hábitos de higiene são essenciais nos tempos de hoje, mas não foi sempre assim.

Fonte: Higiene: porque temos de tomar banho? – Observador