GOVERNADORES GOESES DE TIMOR

Galeria dos Goeses Ilustres added a new photo to the album: GALERIA DOS GOESES ILUSTRES.Like Page
Yesterday at 6:44pm ·
GOVERNADORES GOESES DE TIMOR

Como vimos anteriormente (209), as ilhas de Timor, Solor, Flores, e respectivas dependências, fizeram parte do Estado Português da Índia, até por volta de 1844, altura em que foram separadas desta entidade.

Solor foi cedida aos Holandeses, Flores foi vendida também aos mesmos holandeses pelo governador local, num episódio infeliz e caricato, Macau passou a ter um governo próprio, e Timor ficou, ora na dependência de Macau, ora na de Goa, ou ainda da metrópole, isto até ser ter tornado numa província ultramarina, em 1863. E assim continuou até 1975.

Alguns foram os Governadores de Timor, que tiveram origem pessoal em Goa. Passamos a elencar.

CAETANO LEMOS DE MENDONÇA
De família luso-descendente, nobre da família real, nasce a 6 de agosto de 1739 em Naroa, Goa. Foi governador de Timor entre 1776 e 1779, então subordinado a Índia Portuguesa.
Foi acusado de ter causado um incêndio que destruiu os arquivos históricos de Dili, e de ter expropriado indevidamente dois timorenses e um português. Em 25 de abril de 1778 é condenado ao exílio em Moçambique, onde vem a morrer.

ANTÓNIO DE MENDONÇA CORTE-REAL
Nasceu na Ilha de Chorão, Goa, de famílias Luso-Descendentes há muito radicadas na Índia. Foi Capitão-Tenente da Marinha. Governador de Timor e Solor entre 1807 e 1810. Faleceu durante a viagem de regresso a Goa.

MANUEL JOAQUIM DE MATOS
Nasceu em Goa no ano de 1781, descendendo de famílias portuguesas ou luso-descendentes há muito radicadas na Índia. Fidalgo da Casa Real, Capitão Tenente da Real Marinha da Índia e Vereador do Senado de Goa (1812 e 1819). Governador de Macau (1829). Foi o 27º Governador de Timor. Morre em Dili, Timor, em 1832.

Dr.MIGUEL XAVIER DOS MÁRTIRES DIAS
De família inteiramente goesa, nasce em Sarzora, no ano de 1896. De 23 de março a 14 de junho de 1933 ocupa a função de Governador mas com o título de Encarregado de Governo. Falece nesse mesmo ano, e pouco mais sabemos acerca dele.

Sobre CHRYS CHRYSTELLO

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção da AICL
Esta entrada foi publicada em goa, lusofonia diversos, aicl, TIMOR história e memorias. ligação permanente.