pentágono confirma ovnis

 

Pentágono confirma autenticidade de fotos e vídeos de OVNIS

À semelhança do que aconteceu em 2020, o Pentágono volta a confirmar a autenticidade de fotos e vídeos de objetos não identificados. Imagens foram captadas por elementos da Marinha em 2019.

  • Ana Cristina Marques
    Texto

As imagens foram tiradas por elementos da Marinha, segundo confirmou Sue Gough, porta-voz do Pentágono, à CNN

STAFF/AFP via Getty Images

O Departamento de Defesa norte-americano confirmou que as fotografias e vídeos de 2019 sobre “fenómenos aéreos não identificados” (UPA, na sigla inglesa) — divulgados indevidamente devido a uma fuga de informação — são legítimos e remetem para imagens de objetos por explicar, escreve a CNN.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

As imagens foram captadas por elementos da Marinha, segundo confirmou Sue Gough, porta-voz do Pentágono, à publicação já citada, e partilhadas na semanada passada nos sites Mystery Wire e Extraordinary Beliefs, embora estivessem a circular online desde 2020. Nelas é possível ver objetos em forma de triângulo a piscar. A mesma porta-voz confirmou também que fotos de três objetos voadores não identificados (OVNIS), um deles em forma de uma esfera, foram também registadas por membros na Marinha.

“De maneira a evitar divulgar informações que possam ser úteis a potenciais adversários”, afirmou Sue Gough, o Departamento de Defesa não discute publicamente os detalhes destas observações. A task-force criada em agosto último para estudar objetos voadores não identificados observados pelas forças militares já incluiu estes “incidentes” nas investigações em curso.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Em 2020, o Pentágono divulgou três vídeos de encontros com OVNIS para “acabar com qualquer equívoco”. As imagens já tinham conquistado milhões de visualizações no YouTube, mas não havia confirmação oficial sobre a sua origem: os vídeos divulgados oficialmente pelo Pentágono foram gravados entre 2004 e 2015 e devido a uma fuga de informação já tinham sido amplamente divulgadas.

Um ano antes, vários pilotos da Marinha norte-americana dos Estados Unidos reconheciam publicamente que, entre o verão de 2014 e março de 2015, avistaram vários objetos não identificados enquanto realizavam manobras militares na costa leste dos EUA. Os pilotos reportaram o sucedido aos seus superiores e relataram que os objetos em causa não tinham motores visíveis e que voavam a velocidades hipersónicas, a mais de 9.000 metros de altura.

 

Enjoy this blog? Please spread the word :)