O modus operandi é conhecido. Seja de direita ou de esquerda. Na extrema-direita, tivemos o “tudo pela nação; nada contra a nação”. A China parece ter gostado da ideia. E, vai daí, quem não subscreva a voz do dono, arrisca-se a ter consequências. Já não existe o Gulag, mas deve ser uma coisa parecida. Amor a Macau? Mal qual amor? O amor tem muitos intervenientes. Por isso é que o MEC disse que ele era fodido…
May be an image of text that says "Macau Jornalistas portugueses demitem-se na rádio da TDM Orientações do governo proíbem informações contrárias às políticas da China e impõem fidelidade ao "amor a Macau" Política, 13"
18
2 comments
Like

Comment
Share
Comments
View 1 more comment
  • Alguns, ou muitos, continuam a considerar Macau como ‘português’…
    • Like

    • Reply
    • 16 h