A 10 de Março, foram transmitidas directrizes aos jornalistas da TDM, proibindo-os de divulgar informações contrárias às políticas da China e instando-os a aderir ao “princípio do patriotismo” e do “amor a Macau”.

Source: Demissões portuguesas na emissora pública de Macau após exigência de patriotismo | Liberdade de imprensa | PÚBLICO