(4) Mulher POEMA – Posts | Facebook

 

Pandemia de Poesia
Pena que a pandemia
Não é de poesia
E não nos infectaram com versos
E quadras
E palavras
Estrofes
Poemas
Com altas cargas de alegria…
Pena que a pandemia
Não é de harmonia
E sossego
Que pudéssemos nos isolar
Num abraço, num aconchego…
Pena que a pandemia
Não é de empatia
E as dores pudessem diminuir
Se partilhadas
Seriamos todos menos sós
E a solidão que é tão pandémica
Tão atroz
Seria erradicada
E as pessoas que andam neste mundo
Embrenhadas num vazio profundo
Saberiam na verdade
Que a maior felicidade
É serem amadas…
Sandra Fernandes
* Foto retidara da net
May be a cartoon
8
2 comments
1 share
Like

Comment
Share

Comments

Oldest

Source: (4) Mulher POEMA – Posts | Facebook

Publicado por

lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL