FINALMENTE …Um deputado açoriano

Um deputado açoriano
Finalmente temos um deputado açoriano, na Assembleia da República de Portugal que tem a inteligência politica de tentar seduzir o eleitor açoriano e, ao mesmo tempo, defender os interesses específicos dos Açores.
Finalmente temos um deputado açoriano que não está no parlamento português para representar um partido português nos Açores, nem, somente, para salvaguardar o seu relacionamento com o seu patrão partidário.
Não sou militante de nenhum dos partidos portugueses nos Açores, não sou sequer simpatizante do partido social democrata português nos Açores, nem tão pouco sou amigo pessoal do deputado Paulo Moniz, mas tenho que admitir que o seu posicionamento na Assembleia da República de Portugal e o seu relacionamento com o eleitor açoriano, é algo que não se via na política açoriano há mais do que uma geração. As suas intervenções na dita assembleia e a sua constante presença na comunicação social açoriana são cativantes, mesmo sedutoras.
Espero sinceramente que este renovado estilo de representação politica dos Açores em Portugal, tenha repercussões positivas, não só para os Açores, mas também para o próprio deputado.
Nunca percebi o afastamento com que, e a ignorância em que, os políticos açorianos escolhem, e escolheram, manter os açorianos em relação aos constantes conflitos políticos, económico e culturais que separam a autonomia da sua plenitude e que a subjugam a uma cultura centralista, e ainda colonialista, portuguesa. Atuam como se esses conflitos fossem exclusivos da classe política, um problema entre partidos, e não de todo um povo açoriano. Assim sendo apresentam-se sempre enfraquecidos e diminuídos perante o centenário poder centralista e colonialista de Lisboa. Vão sós e sem o apoio e envolvimento do povo açoriano e isolam o regime autonómico nos escuros e apertados corredores da esfera política, onde muitas vezes se perdem. Deixam os açorianos sem se reverem nem na classe política, nem nas instituições políticas, nem neste regime autonómico, porque nada disto é nosso, nem por nós, nem para nós.
Um bem-haja ao deputado açoriano na Assembleia da República de Portugal, Paulo Moniz.
Base das Lajes. Paulo Moniz defende que os Açores devem ser parte decisiva de um novo Acordo - Tribuna das Ilhas
TRIBUNADASILHAS.PT
Base das Lajes. Paulo Moniz defende que os Açores devem ser parte decisiva de um novo Acordo – Tribuna das Ilhas
O deputado do PSD/Açores na Assembleia da República, Paulo Moniz, considerou hoje que os Açores “devem ser parte integrante das decisões a tomar na construção de um novo Acordo de Cooperação e Defesa…
You, Paulo Estêvão, Natália Susana Silva and 19 others
4 comments
10 shares
Like

Comment
Share