Castelo da Marruça (Parada, Alfândega da Fé)

Manuel Gouveia

updated his cover photo.

tSp2ohfnhsorefd

“No termo de Alfândega da Fé (…) Parada. – No sítio chamado Marruça, também dito Castelo da Marruça, há restos de fortificações, muros, fossos, etc., que dizem ser dos mouros. Faz parte, ou, melhor, está incorporado nestes muros um rochedo, no qual, há anos, uns operários encontraram um longo buraco que inadvertidamente entupiram. Perto, fica a Fraga do Crato, metida em espesso carrascal, interessante por apresentar a forma de capela e por o povo lhe ligar a lenda de tesouros encantados. No Castelo da Marruça aproveitaram os rochedos naturais para defesa, completando a parte onde faltava por muros. É quase inacessível, a não ser por um lado, no qual reforçaram o sistema defensivo por outro muro um pouco afastado do recinto e por uma larga faixa de pedras de mais de metro, enterradas com a ponta aguçada para cima (…).”
In ALVES, Francisco M. – Memórias Arqueológico-Históricas do Distrito de Bragança, vol. IX, Porto, 1934, p. 149.
Image may contain: mountain, sky, outdoor and nature
12
4 comments
Like

Comment
Share
Comments
View 2 more comments
  • Tenho a coleção das “memórias Arqueológicas”, desde 2000,que serviram de base a genealogia familiar materna, dos Morais e Pimentel… Abraço.
    1
    • Like

    • Reply
    • 1 h
    • Ainda não percebi bem a relação direta da obra do Abade de Baçal com a genealogia da família.
      • Like

      • Reply
      • 21 m