o PAPUA QUE COMEU MICHAEL ROCKFELLER

Ponha a mão no ar quem acha que foi uma intolerável violência colonial interferir nas ancestrais tradições gastronómicas do nobre povo papua (em vez de os convidar para o MasterChef), ou que o uso dado ao jovem Rockefeller foi uma louvável ação anti-imperialista que deve ser celebrada na toponímia.

Image may contain: 1 person, beard and outdoor
Carla Reis

1973, Papua-Nova Guiné

Chefe Ajam da tribo Dani, matou e comeu Michael Rockefeller, 23 anos, herdeiro da fortuna Rockfeller.

Publicado por

lusofonias.net

Chrys Chrystello jornalista, tradutor e presidente da direção e da comissão executiva da AICL